Cilada, por Wilson Ramos Filho

Lula deveria cometer o mesmo erro de Prestes? Deve “sair na foto” junto com quem destruiu as instituições, os direitos e o futuro da classe trabalhadora?

Cilada

por Wilson Ramos Filho (Xixo)

O #somos70% pretende construir um #somos70%antipetistas, para tirar a esquerda (PT, PSOL e PCdoB) do jogo e construir um “novo centro” isolando os bolsonaristas e os petistas. De fato, há 70% contra nós, somados os bolsonaristas a esse novo centrão. Ah, mas a esquerda já está fora do jogo, blábláblá. Se estivesse tão mal assim não fariam tanta questão de nossa adesão ao projeto deles.

Esse novo centrão, pela vida, antifascista, nos convoca para aderir ao menos pior (todos contra o bolsonarismo; #EleNão). É um ônibus que recoloca o PSDB, Ciro e Moro como alternativas civilizadas frente à barbárie. Tem um caráter ecumênico, do bem contra o mal. Quem se oporá à vida, à democracia, ao combate à corrupção, ao diálogo e à concertação social? Apenas os radicais! Os fascistas, genocidas e autoritários, e a “velha e anacrônica esquerda” com seu discurso de direitos e combate às desigualdades e ao preconceito! Primeiro, mais urgente, derrotar o fascismo. Depois, mais tarde, falaremos em direitos e desigualdades. E sem o “hegemonismo”. O PT não da mais, né?

Acho forçada a analogia às DiretasJá. Assimilo a proposta ônibus ao pós derrota do projeto Dante de Oliveira em 1984, às defesas que se faziam da participação no colégio eleitoral e do pacto social com Sarney. Talvez esteja errado, mas, para além de minha chatice, “me apita um treco aqui”.

Fui lembrado, por Luiz Carlos da Rocha, de uma foto histórica. Luis Carlos Prestes, secretário-geral do PCB, em novembro de 1947, ao lado de Getúlio Vargas que, anos antes, havia deportado Olga Benário, então companheira do líder comunista, para morrer em um campo de concentração nazista. Não estavam com cara de satisfeitos. Apesar disso, Prestes foi cobrado pelo resto de seus dias pela imagem que permitiu registrar em cumprimento de decisão de seu partido. Disciplinado, manchou sua biografia. O manifesto #juntos foi firmado pelo ex-coordenador da Lava-Jato e por outros procuradores do MPF que gostaram da frase “audaz combate à corrupção” nele inserida. Até o Moro quer assinar. Lula deveria cometer o mesmo erro de Prestes? Deve “sair na foto” junto com quem destruiu as instituições, os direitos e o futuro da classe trabalhadora? Dificilmente haverá consenso na resposta. Mas certamente a pergunta é pertinente.

Podemos até entrar nesse ônibus, depois de algumas negociações para incluir compromissos com a democracia material, para além da meramente formal. Sem isso, é cilada.

Wilson Ramos Filho (Xixo), doutor em direito, professor na UFPR, integra o Instituto Defesa da Classe Trabalhadora.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Cilada mesmo…
    ainda mais se considerarmos que Democracia e Fascismo sempre estiveram tête-à-tête no Brasil

    junte pessoas que passaram a viver da exploração dos trabalhadores, ou da não remuneração e garantias trabalhistas adequadas ou muito aquém do mínimo necessário, e vejam como querem o PT, esquerda em geral, apenas como um traidor que precisa ser eliminado

    e estão tentando isso desde que a esquerda chegou ao poder, não é de agora, portando afastem-se o máximo possível dos que sempre desejaram a sua derrota, Deixem que eles percam sozinhos, porque não vale a pena lutar por um país foi destruído por eles mesmos.

    Que se fodam juntos com os milicos, fascistas e os milicianos fardados, porque não dá mais para recuperar o Brasil

    • “porque não dá mais para recuperar o Brasil” Não seria isso também uma cilada?

      Não existe vida social sem acordos, a questão é quando e qual acordo fazer.

      Acordar rápido demais pode ser uma capitulação, radicalizar ao extremo uma perda de oportunidade.
      Há sempre um ponto de equilíbrio entre o momento e o conteúdo dos acordos. Mas eles são inevitáveis.

      • é que o pessoal está combatendo o inimigo errado…
        em zona de governantes de mente abissal jamais haverá equilíbrio, a não ser pelas vias da luta armada………………………………

        repare como Bolsonaro fala como Mussolini, mas o que ele realmente quer é que seus seguidores de palácio e de rua atuem como nazistas

        Contra o nazismo e o racismo todos se juntam, o mundo inteiro, mas contra o fascismo não. Não foi à toa que Trump carimbou todos como Antifas e esta onda veio estourar no Brasil como “Somos pela Democracia”

        na zona abissal a que me refiro não há apenas catástrofe econômica, há também a social de origem em conflitos, razão de ter recomendado que se mantenham distantes

        oportunidade quem quer é o Hitler, não o Mussolini

  2. Grande porcaria esse manifesto. Grande porcaria se Lula, Belatrano, Sicrano deixa de assiná-lo ou não. O andar de baixo nem sabe que essa porcaria existe, e mesmo que soubesse não gastaria seu tempo com isso, pois tem que ir todo dia trabalhar e correr risco imenso de contaminar e nem ter UTI se precisar. Enquanto Bolsonaro tiver 30 por cento, não tem STF, STE ou congresso que vá iniciar processo de impeachment. A pergunta de um trilhão de dólares e que ninguém sabe a resposta é= qual é a base bolsonarista que se dispõe a se jogar no abismo junto com Bolsonaro? Se esta for até 20 por cento, não tem via legal que tire Bolsonaro do poder – ainda mais considerado que parte dessa base é de gente que tem o direito legal de andar armado e usar a violência em nome do estado. E outra = se a esquerda promover manifestações no qual haja provocadores que acabem em confusão, isso é o pretexto que Bolsonaro quer pra implantar um estado de sítio e , pra espanto da esquerda que não vê Maquiavel, ter apoio do andar de baixo, pois o governo falaria que essa desordem pode acarretar em saques nas regiões periféricas.

  3. É a Pátria do Fatalismo e das Desculpas. Luiz Carlos Prestes, Cúmplice Ditatorial do Fascista Getúlio Vargas desde as primeiras horas do Golpe Civil Militar de Quartelada QuintoMundista de Baixa Patente, oriunda de Estábulos e Estrume dos Quartéis. Julio Prestes havia alertado sobre amotinados criminosos que poderiam levar a uma aventura ditatorial fascista. Pagamos caro por estes 90 anos. Agora sua única responsabilidade e participação foi uma inocente foto? O Brasil realmente é uma farsa, que dura quase 1 século. É surreal !! Conseguiu junto ao seu parceiro, tirar os olhos e interferência soviética de sua estratégia pessoal e milhões de dólares que havia recebido, que representava Olga Benário. Em contrapartida, o Ditador Getulio Vargas, se livrou desta Agente Soviética e ainda agradou seus parceiros de aventuras fascisto-nazistas Hitler e Mussolini. Além de Gaspar Dutra. Uma mão lava a outra. E como, todos em conjunto se ajudaram, o Fuher devolve a filha ao Cavaleiro da Esperança. Bonzinho este Hitler, não é mesmo?! Mas tudo coincidência. Sabemos. Como triste coincidência é esta foto. FILINTO MULLER lado a lado com Juscelino Kubscheck, nas trincheiras do Ditador Fascista, combatendo Tropas Paulistas em busca de Constituição e volta de Regime Democrático e Republicano, também é só coincidência?!! Leonel Brizola, Tancredo Neves, João Goulart serem Familiares do Ditador Fascista e pautarem a história política do Brasil nestes 90 anos, também é só coincidência. Pseudo Democratas e Socialistas. Sabemos. Familiar de Fascista é só uma triste foto. Fazer pacto com José Sarney por Eleições Indiretas foram circunstâncias obrigatórias e impositivas. Sabemos. MEC, OAB, UNE, Justiça do Trabalho, USP, Universidades Federais, Conselhos Corporativistas Patronais e Sindicalistas, Sindicalismo Pelego, Código Civil, Código Criminal serem obras de Décadas e de Governo Ditatorial e Fascista entre 1930/40 também é tudo coincidência. EITA!! País cheio de Coincidências. É a Pátria das Coincidências. Como a triste foto. Momento único registrado para a eternidade de como o Brasil construiu sua tragédia de 90 anos entre Canalhas e Canalhas. Mas sabemos, tudo coincidência. Pobre país rico. Mas de muito fácil explicação. ÉDER JOFRE

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome