A candidatura Campos e os planos de Freire

De O Globo

Aposta governista

Panorama Político, por Ilimar Franco

Aliados do governador Eduardo Campos (PSB-PE) estão preocupados com o tom de suas críticas ao governo Dilma. Um deles cita pesquisa recente, em Pernambuco, onde Eduardo teria apenas 12 pontos percentuais à frente de Dilma. Reunidos anteontem, PT e PMDB concluíram que a candidatura Eduardo Campos não vai decolar.

PPS: “A história se repete…” 

O projeto do presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), desde que o PCB fechou suas portas, em 1991, é o de construir um grande partido democrático de esquerda no país. A candidatura de Ciro Gomes, em 2002, a criação do partido da Mobilização Democrática, com a fusão com o PMN, e a tentativa de aglutinar o PSB e José Serra fazem parte desse processo. O modelo que está sendo seguido é o do Partido Comunista Mexicano, que liquidado por seu líder, Arnoldo Verdugo, em 1981, passou por sucessivas fusões, e revisões programáticas, até virar o Partido da Revolução Democrática (PRD), que fez 32,4% dos votos nas eleições mexicanas de 2012.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador