Economia de Guerra

Uma visão realista de como será a recuperação da economia dos EUA

A lenta recuperação dos gastos de empresas e consumidores domésticos certamente será acompanhada pela lenta recuperação da demanda por produtos fabricados nos Estados Unidos em países atingidos pela Europa, Ásia e América do Sul. 

Comitê de crise diz que momento é de prudência e que Brasil seguirá protocolos...

Disse o porta-voz que, com coordenação da Casa Civil, os ministérios e secretarias se reuniram para fazer um balanço geral do momento e os passos a serem seguidos.

Antes de discurso, Abin alertou Bolsonaro de 5.571 mortos por coronavírus em duas semanas

Agência Brasileira de Inteligência (Abin) calculou que 5.571 brasileiros irão morrer nas próximas duas semanas por Covid-19, a doença do novo coronavírus

Porque a estratégia do idiota mor poderá destruir a economia, por Luis Nassif

Com a tragédia revelada, haverá inevitável instabilidade política, com polícia na rua, tentativa de estado de sítio, revolta contra o presidente que levou pessoas à morte. E, dali, para a instabilidade final dos mercados é um pulo.

Banco Central abre a torneira para manter liquidez bancária

Dados da própria autoridade monetária indicam que R$ 1,2 trilhão já foram liberados para sistema financeiro; valor representa 16,7% do PIB brasileiro

Contribuição para um Programa Emergencial para Enfrentamento da Quarentena com Renda Básica da Cidadania, por...

Há que apresentar um conjunto de medidas que, entrelaçadas, garantam justiça e paz social durante esse duro momento.

Brasil, Equador e Chile: conservadores da América Latina lideram casos de coronavírus

Como os três países que lideram o ranking de contágios e mortes por coronavírus na América Latina vêm reagindo à pandemia na saúde e economia

Manifesto para um programa de emergência para a superação da crise econômico-sanitária de 2020

Professores da UFRRJ se unem aos esforços intelectuais e políticos para sublinhar a gravidade e complexidade da crise atual

Uma depressão maior?, por Nouriel Roubini

A menos que a pandemia seja interrompida, as economias e os mercados ao redor do mundo continuarão em queda livre. Mas, mesmo que a pandemia esteja mais ou menos contida, o crescimento geral ainda não retornará até o final de 2020.

Coronavírus: Propostas para combater a crise, por Manoel Pires

Esse artigo apresenta algumas políticas que devem ser adotadas para ampliar as estruturas de saúde, repor renda das pessoas mais afetadas e estabilizar minimamente a economia

Republicanos acrescentam insulto à doença, por Paul Krugman

Ganância, germes e a arte de nenhum acordo

TV GGN: Países se preparam para o pico da epidemia

No site do GGN temos uma nova editoria chamada Economia de Guerra, que agrupa artigos, matérias, sugestões de leitores sobre as medidas adotadas ao redor do mundo para conter o avanço do coronavírus. Com Cíntia Alves.

Trump institui controle de preço contra especulação com coronavirus

EUA instituem controle de preço contra especulação com coronavirus Do Ecns.cn O presidente dos EUA, Donald Trump, assinou uma ordem executiva na segunda-feira proibindo a manipulação...

TV GGN – O início da economia de guerra no Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=bxqH2A8DXX0&t=42s  

O início da economia de guerra no Brasil, por Luis Nassif

O jornalista Luis Nassif comenta os principais fatos relacionados ao combate à pandemia do coronavírus

As políticas para o combate ao Covid-19: Experiência internacional e o Brasil

No Brasil, o governo anunciou uma série de medidas. Nessa confusão de anúncios, é importante evitar duplicidades na conta

Federal Reserve anuncia medidas para injeção de recursos no mercado

Autoridade monetária norte-americana volta a comprar títulos do Tesouro e dívida corporativa, o que não ocorria desde a crise financeira de 2008

Como a Espanha, que se aproxima do pico de COVID-19, está se preparando

Espanha é hoje o quarto país com maior número de casos confirmados de coronavírus e o segundo em situação dramática na Europa

Medidas econômicas por coronavírus levam a golpe de Estado, por Pedro Serrano

Enquanto banqueiros gerenciarão inimagináveis 650 bilhões de dinheiro público, desejam os saques e tumultos que virão para justificar o fechamento do regime

Na Venezuela, Maduro garante água, luz, gás e emprego até dezembro

Nicolás Maduro anunciou um decreto que proíbe as empresas de demitirem seus funcionários até dezembro deste ano e uma série de medidas protecionistas

Leia também

Últimas notícias