Mortos e desalojados com chuvas na Bahia, e Bolsonaro faz ato político

Com o cenário catastrófico, Jair Bolsonaro foi à região em ato político, sem enviar ajuda suficiente para a população afetada.

Foto: Prefeitura de Jucuruçu/Bahia no Facebook

Jornal GGN – As fortes chuvas no sul da Bahia, desde a semana passada, levaram a um total de 10 mortos, mais de 220 mil pessoas feridas e mais de 21 mil desalojadas até esta segunda-feira (13). Com o cenário catastrófico, Jair Bolsonaro foi à região em ato político, sem enviar ajuda suficiente para a população afetada.

As enchetes, que começaram na metade da semana passada e aumentaram nos últimos dias, alagou diversas áreas, principalmente no sul da Bahia, levando a um balanço da Defesa Civil do estado a contabilizar mais de 21 mil desalojamentos e 220 mil feridos, além de 10 mortos. Ainda, chegou a 51 o número de cidades que decretaram situação de emergência.

Bolsonaro esteve neste domingo (12) nas áreas afetadas. A visita presidencial, contudo, tornou-se um ato com apoiadores e discursos eleitorais. O mandatário chegou a atacar o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e as medidas de distanciamento social decretadas por prefeitos da região.

Mas como medidas efetivas para sanar a catástrofe, o mandatário somente enviou dois helicópteros para a entrega de mantimentos de milhares de pessoas, e liberou o FGTS (Fundo de Garantia e Tempo de Serviço) aos afetados. Em entrevista ao Uol, o governador caracterizou de “ridícula” a ajuda insuficiente do presidente e caracterizou a visita como “ato político de campanha”.

Ao lado de apoiadores, ainda, seguranças presidenciais agrediram jornalistas que estavam fazendo a cobertura da visita de Bolsonaro. A TV Bahia, afiliada da Rede Globo, noticiou sofrer agressões dos seguranças enquanto fazia a cobertura.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ze sergio/sorocabanoburaco

- 2021-12-13 20:19:50

Apoiadores são os milhares e milhares de Moradores da região que correram para ver e incentivar o Presidente da República que os representam. Fica difícil para a Imprensa Marron do Fake News, acostumada a inventar manchetes 'compradas', criar outra realidade, quando as cenas são tão evidentes. Enquanto isto o Governador da Bahia, comparsa do Chefe da Quadrilha, escondido, precisou tirar 2 fotos e 'dar no pé correndo'. Vem pra rua Lula !! Vem pra rua !! Vamos demonstrar nosso apoio e seu prestígio !! Vem pra rua !!!E traz Picolé e Calcinha juntos !!!!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador