Grampo em Dilma e Lula arranca risadas de plateia do filme da Lava Jato

Fotos: Theo Marques/Folhapress
 
 
Jornal GGN – Não foram só as imagens do triplex e da condução coercitiva de Lula que o filme da Lava Jato usou como forma de entretenimento. O grampo em Dilma e no ex-presidente, vazado à imprensa pelo juiz Sergio Moro, também é exposto na obra que será lançada na próxima semana. Segundo relatos da Folha, que participou da pré-estreia em Curitiba, os espectadores deram risada de como a conversa foi reproduzida no filme.
 
O episódio do vazamento do grampo foi um dos mais marcantes em toda a operação por gerar um debate na comunidade jurídica dos abusos cometidos por Sergio Moro. Apesar de ser repreendido pelo então ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, Moro não sofreu nenhuma sanção e tampouco se arrepende de ter violado um direito constitucional da presidência da República.
 
Segundo o jornal, o diretor do filme “Lava Jato – A Lei É Para Todos” afirmou que não se trata de um produto meramente político, mas de uma obra de “entretenimento” que pretende “promover o debate”.
 
O filme começa com o mesmo discurso dos membros da força-tarefa: de que não é uma operação política e que a corrupção não começou hoje. “A corrupção chegou ao Brasil com as primeiras caravelas. (…) Os fatos narrados nesse filme aconteceram entre abril de 1500 e março de 2016”, resume um letreiro em preto e branco, ainda nas primeiras cenas.
 
Moro, escoltado por pelo menos oito seguranças, chegou ao evento acompanhado da mulher Rosângela e do juiz carioca Marcelo Bretas. Disse que estava “ansioso” para ver o filme.
 
Também participaram do esquema os delegados Igor Romário de Paula, Marcio Anselmo, o superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Franco e a delegada Erika Marena.
 
“Eram 2.200 pessoas convidadas, e o ar condicionado começava a se fazer sentir novamente quando o juiz Sergio Moro passou pelo tapete vermelho, quinze minutos antes da sessão”, relatou o jornal.
 
Financiamento
 
Enquanto isso, o mistério sobre quem patrocinou o filme, orçado em R$ 16 milhões, continua.
 
O diretor Marcelo Antunez afirmou que os financiadores “pediram para manter seus nomes sob sigilo porque temem represálias ou simplesmente não querem ver seus nomes publicados na imprensa.”
 
“Os produtores disseram ter aberto mão de tentar incentivos fiscais porque poderia haver ‘um conflito ético'”, acrescentou a Folha.
 

61 comentários

  1. O filme não é só uma peça de

    O filme não é só uma peça de propaganda política no melhor estilo nazista, também é uma provocação. Um tapa na cara de vocês brasileiros dizendo “Nós podemos fazer o que quisermos contra as suas reputações e contra as suas vidas, e vocês não podem fazer nada contra”.

    Se uma coisa dessas fosse direcionada contra mim, o “juíz” Moro e os seus cúmplices já estariam servindo de comida para os peixes.

  2. NassfiProvavelmente a globo

    Mouro

    Provavelmente a globo e a Fiesp colocarão um telão na Paulista e convocarão os “brasileiros” com a camisa da CBF para assistirem o Filme! 

    Detalhe: irão……

    “Moro, o filho do brasil” !!!!

    Abração

     

    • pqp!!!

      é verdade …

      como não reparei nessa purpurinada toda.

      vermelha brilhante com fundo preto fosco?

      parece vela de despacho …

      u’a melancia pendurada numa jaqueira.

      típico emergente brasileiro.

    • Só eu que vejo o tempo todo

      Só eu que vejo o tempo todo um semblante debochado na autora daquele tal “Eu MORO com ele”?

    • Moro, o “pavão”.

      A necessidade de aparecer faz dessas coisas. Tenho uma sugestão pra ele aparecer mais ainda: Pendurar uma melancia no pescoço de enfiar um espanador colorido no c… Bandido travestido de juiz, eca, que nojo!

    • Moro, o “pavão”.

      A necessidade de aparecer faz dessas coisas. Tenho uma sugestão pra ele aparecer mais ainda: Pendurar uma melancia no pescoço de enfiar um espanador colorido no c… Bandido travestido de juiz, eca, que nojo!

  3. Quanto mais falam mais fica

    Quanto mais falam mais fica evidente as intenções pessoais envolvidas no golpe de estado!

    Se o pais fosse serio ja estariam pendurados como Mussolini

  4. “Conflito ético” em requerer

    “Conflito ético” em requerer um subsídio público? Anonimato no financiamento para evitar represárias?

    É… quem não deve, não teme.

    E desde quando ética combina com a Lava Jato? Além de ilegal a gravação foi ética? E a divulgação da gravação, foi o que?

    Putz, vai vendo a turma que a “coxinharada” aprovou… esses só cairão na real quando se derem conta de que o alvo do golpe das elites não era Lula nem Dilma nem o PT, que era mesmo a classe média. E não cairão na real por alguma epifania, algum “insight” e sim pela constatação material de que o próprio bolso está vazio, e que afinal nunca foram nada mais do que… classe média.

    • organização criminosa

      essa lava-jato fica nada a dever às lavanderias de chicago dos anos 1920.

      tanto os meios quanto os fins são similares: pilhar o estado.

  5. Busquei no dicionário algum

    Busquei no dicionário algum adjetivo para qualificar “ISSO e não encontrei. Pantomima, palhaçada, ridículo, patético, inacreditável, vergonhoso, deprimente, imoral, indecente, nojento…….estão muito aquém para qualificar essa “coisa”. Mesmo se utilizados conjuntamente.

    Noves fora os aspectos políticos, oportunistas e relativos à vaidade, há também os legais-institucionais. Agentes do Estado, servidores do povo, prepostos da Administração Pública, obrigatoriamente devem guardar recato. Mesmo porque tudo o que fazem é a mais irrestrita obrigação.

    A degradação parece não ter fim. Sem querer “jogar praga”, mas apenas uma projeção lógica: é bem capaz que daqui a pouco tempo(um, dois anos) veremos esses personagens em situaçao inversa. 

    Quem viver, verá.

    • A sentença de Guimarães Rosa
      A sentença de Guimarães Rosa – “Aquilo que é tem muita força.” – Em breve, tudo virá à luz, a questão é só “quanto tempo”….. E aí, todos estarão no fundo da lata de lixo da história….. Abraço!!!!

  6. bailão da ilha fiscal….

    Menino moro do estado agrícola do sul, precisa desfilar com oito leões de chácara como segurança no meio de plateia seleta de amigos!!!!!!

    O grande presidente Lula na multidão amparado pelo povo!!!!

    PQP este é o máximo que a casa grande tem no cardápio?

  7. Bastardos inglorios
    Uma ficção de operação tratada numa obra de ficção. Nessa hora da pré estréia me vem aquela cena no cinema de Bastardos Inglórios.

  8. Um evento que revela o país que somos
    Nonsense! as imagens dos sorrisos de Moro e Dellagnol, Moro ter chegado ostentando oito seguranças( a troco de que? quem decide isso, quem paga…?), o tipo de plateia que vai a um filme desses, o fato em si da realização do filme e seus propósitos, a parcela da sociedade que o assistirá…..
    .
    São coisas que explicam o país que ainda somos, a partir da VOZ de quem manda, de quem detém o PODER DE FATO!
    .
    O luxo dos trajes, o simbolismo dessa estreia, tudo grita com nitidez absoluta, o Brasil FRATURADO, odioso, selvagem, a existência das castas intocáveis, os que estão acima do bem e do mal, os que podem dispor da nação, suas riquezas, seu povo, como quiserem: não há limites, nem freios, nem escrúpulos! Nesse aspecto, é SINTOMÁTICO que a cena que arranque risos da plateia seja justamente um dos eventos mais emblemáticos da Lava Jato, a divulgação da gravação entre Dilma e Lula, que provocou a onda final de protestos, tornando-se o gatilho do GOLPE.
    .
    Não importava na ocasião, não importa hoje, o crime gravíssimo configurado. No país do NONSENSE ABSOLUTO, dependendo de quem o comete, contra quem, e por quais motivações, qualquer crime, qualquer violência ao Direito, à democracia, vira “ato de heroísmo” – gera condecorações, aplausos – com os devidos “puxões de orelha” de um ou outro ministro do STF, afirmando que “Moro se excedeu….” (sic….) – a “reprimenda” mais patética, talvez a nível mundial, já feita por uma Suprema Corte a um juiz de primeira instância, diante de um CRIME dessa envergadura….
    .
    Mas no país FRATURADO, onde havia uma presidência fraca, odiada por nossa elite e classe média, e havia um PODER DE FATO, a República de Curitiba, tudo o que deveria ter sido tratado com seriedade, dignidade, respeito à leis, virou DETALHE, bobagem, o script já fora escrito e definido, pela Globo, pelo “mercado”, por todos enfim que ansiavam pela deposição de Dilma, a entrega do país a quem se dispusesse a desmontá-lo, fatiá-lo e entregá-lo de bandeja, e por fim a destruição final de Lula. A cena de estreia do filme, é como “uma última bofetada” nos rostos dos que amam o Brasil e o desejavam civilizado, digno, sério, respeitável, como tentaram fazer – apesar de todos os seus erros… – Lula e Dilma.
    .
    “Lava-Jato – A Lei é para todos!” – eis o cínico nome do filme em questão. Eis a patética reação da plateia diante do crime maior do herói do filme: Moro! Eis um mundo-matrix criado para entreter uma sociedade que virou um rebanho humano tosco, banhado em preconceitos, fanatismos e ódio. É a celebração da farsa do país mais farsesco do planeta.
    .
    As imagens do post, a alegria dos procuradores, do juiz, dos delegados da polícia federal, essas cenas em si, são como um filme de Fellini, um conto surreal de Garcia Marques, é o absurdo se impondo a todo o resto, é como uma cusparada na face da dignidade esmagada de um país, um povo, uma nação.
    .
    Explica, miseravelmente, o país que somos, revelando com clareza ímpar, a guerra de classes, a guerra de quem detém o poder contra a nação espoliada.
    .
    Faz a gente se sentir constrangido, envergonhado, e o gosto amargo de humilhação na boca.

    • Gosto amargo da humilhação na boca…

      Ah! Eduardo!  Que comentário verdadeiro e emocionante!  A vergonha que sentimos por termos entre nós criaturas tão desgraçadamente, maléficas! De que ventres sairam essas espécies?

      Esse seu comentário é UM POST !!!!  Merece estar destacado para compartilhamentos, mesmo que a indignação nos acometa e nos leve às lágrimas!!!  Parabéns Eduardo!!!

      • Me dá uma tristeza,

        Me dá uma tristeza, Marly…… Um sentimento de vergonha – e impotência… – avassalador.  Tenho a esperança, ainda, que etejamos apenas “em catatonia”, minha amiga. Que em breve, a soma de tudo isso vai “entornar o caldo” – da nossa indignação.  Não há como guerrear contra eles, mas tomar as ruas e fazer manifestações “de verdade”, penso que um dia isso vai explodir, com ou sem as lideranças instituicionais.  Abraço!!!

    • Eduardo, peço licença para

      Eduardo, peço licença para comparilhar teu comentário e, me solidarizo com a dor que deve acometer todos nós nesses tempos insanos.

       

  9. Bem que podiam publicar o

    Bem que podiam publicar o nome dos tais 2.000 convidados.

    Bem que podiam fazer transparente quem pagou a viagem e os leões-de-chácara do desMoronado.

    Bem que podiam se apresentar os investidores, pois, está parecendo – isto sim – coisa de bandidos.

    Bem que podiam expor o cnj anoronhado, né dona carmencita, que nada faz para impedir a criminalidade desMoronada.

    Bem que podiam fechar o estapafúrdio stfezinho, mais casa da mãe-joana do que nunca.

    Bem que podiam ter convidado o desembarga-candycandy, aquele do irrepreensível.

    Bem que podiam ter vergonha na cara.

    Bando é muito pouco: mais de 2.000 convidados, já está mais para SS.

  10. Por que o juizeco fora da lei

    Por que o juizeco fora da lei e seus rapazes não vão ao polo naval de Rio Grande/RS onde 30.000 empregos viraram fumaça para testar seu prestígio?  

  11. SOBRE A LEVIANDADE DE moro E CIA

    SEGUNDO O JORNAL,

     

    O DIRETOR DO FILME “LAVA JATO – A LEI É PARA TODOS” AFIRMOU QUE

     

    NÃO SE TRATA DE UM PRODUTO MERAMENTE POLÍTICO,

     

    MAS DE UMA OBRA DE

     

    “ENTRETENIMENTO” 

    (!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)

     

    ENTRETENIMENTO??????????????

    MOSTRA O QUE A TUA MÃE FAZ, TODOS OS DIAS NA ZONA,

    OU COMPARTILHA COM O POVO, O VÍDEO DO BOIOLA DO TEU PAI COM OS COLEGUINHAS DELE…

     

    >>>>>ISSO SERÁ UM ENTRETERNIMENTO,

    VISTO QUE NEM TU, NEM TEUS PARENTES,  TÊM UM MILÉSIMO DA HONRA, DO CARÁTER, DA DIGNIDADE, DA DESCÊNCIA, DA MORAL DE LULA  E DE DILMA.

     

    TU E OS juízes,

     

    ESCÓREAS,

     

    SÃO, SEM DÚVIDA,

     

    FARINHA DO MESMO SACO

  12. Mas  o processo de Lula  já

    Mas  o processo de Lula  já acabou para essas manifestações cinematográficas?O grampo que é crime lesa Pátria,  gargalham em um sala de cinema?O Moro antes de gargalhar com seus aliados,já provou o que disse  o Advogaddo sobre as Penas dos Réus?Eleprecisa explicar ccomo uma sentença  de 79 anos vira 3!!!!!Miltância a próxima exibição desse filme estaremos lá!!!!

  13. Ridículo e Patético

    O escárnio descarado dos fascínoras.

    Risos de ódio aqui.

    Na plateia o riso das hienas.

    O mal que resulta em um bem:

    A ira contra os vendilhões traidores e os fascistas já é labareda.

     

     

     

  14. Brasil em transe

    Se alguém tiver alguma duvida do gosto pelos holofotes do pobre Sergio Moro  e seus dallagnos, não sobra mais nenhuma. Fico pensando qual cinesta poderia contar através de um filme o Brasil de hoje. Fellini, Orson Welles, Godard, Sgarzela, Joaquim Pedro de Andrade… Quem sabe Glauber Rocha colocaria novamente em tela esse Brasil em transe. 

  15. Tremendo escárnio contra todos os brasileiros…

    Antro de vigaristas da pior espécie.

    Traidores, arrogantes, prepotentes, covardes, mentirosos, sádicos… jagunços da casa-grande.

    É a imagem pronta e acabada da degeneração e da libertinagem do judiciário, do ministério público e da polícia federal.

  16. Os advogados do Lula deveriam
    Os advogados do Lula deveriam tentar barrar este filme na justiça. Afinal, a condenação ainda não transitou em julgado. Apenas na primeira instância.
    Pelos relatos, o personagem leva mesmo o nome de Lula. Considero inaceitável.
    Se conseguir barrar, fica o prejuizo para o patrocinador oculto.
    A chance de vitória é mínima, mas pelo menos fica registrada a contrariedade de Lula, sua indignação e fica o judiciário partidarizado, parcial cada vez mais exposto.
    Quem cala, consente.

    Pelo visto, o procurador denunciado submergiu. Não perderia mais uma oportunidade de aparecer.

  17. Culto à personalidade?

    Sou contra qualquer culto à personalidade, mas principalmente se tiver algumr financiamento público direto ou indireto. A matéria diz que não houve, mas como ter certeza??? Com a Lei de Acesso à Informação!!! Com a palavra o jornalista Luis Nassif.

  18. Confio na incompetência desses idiotas para fazerem um filme

    Nem todos os golpes do mundo dariam a esse bando de imbecis a capacidade de fazer um filme de qualidade.

    A Globo filmes e seus atores canastrões acostumados com novelinhas patéticas são o túmulo do cinema nacional… essa é a única vez que o baixo nível de qualidade foi útil para alguma coisa.

    Atuações teatrais novelescas… personagens caricaturais… roteiro simplista… melodramatização… trilha sonora horrível… 

    Se o golpe dependesse de algum talento nunca teriam chegado lá.

  19. o grampo é de chorar

    estamos no Brasil, cometemos pequenos delitos, nos omitimos em reuniões de condomínios, deixamo-nos roubar por quem está mais próximo, o síndico, às vezes junto com um pseudo conselho fiscal, não abrimos a boca pra não nos incomodar (tem até um dito popular que fala isso). Os abusos da Lava-Jato estão no nosso contexto, o MPF também. Seria outro país europeu-nórdico se fosse diferente.

    Em todo caso, acho que se deveria ver e apoiar mais os aspectos muito positivos da Lava-Jato e MPF.

  20. Ali, todos são FdP!
    Naquele

    Ali, todos são FdP!

    Naquele rebanho de merdas, nem os magarefes que faziam a seguraça do juizeco de merda, valem nada.

    Orlando

  21. O grande responsável por essa

    O grande responsável por essa pornochanchada, onde só o Estado de Direito Democrático foi enrrabado, é o STF que ajudou a rasgar a Constituição e as perrogativas inerentes à  Presidência da República. Quanto ao financiador concreto desse caça níqueis golpista, sinto cheiro do Jardim Botânico do Rio de Janeiro no ar, plim…plim…

     

  22. É uma pena que sejamos o país

    É uma pena que sejamos o país do deixa disso. Caso contrário, alguns cinemas poderiam ser incendiados, não?

  23. Ah, sim: não sou um profundo

    Ah, sim: não sou um profundo conhecedor de cinema, ainda mais do cinema alemão dos anos 30, mas imagino que produziram muitos filmes ridicularizando ou colocando os judeus como patetas ou vilões por lá naqueles tempos.

  24. Lava Jato – O Filme

    Filme trata da história da corrupção no Brasil de 1500 a 2016.

    Mas só vamos tratar do período Lula, OK?

  25. Seria uma hora boa para

    Seria uma hora boa para lembrar o Rio Centro, só que fazendo a coisa direito, com toda esta corja dentro do cinema, seria

    muito bom para o País se ver livre destes trastes.

  26. Hipocrisia Globobagens de Televisão

    De acordo com a Globobagens e seu elenco Coxinha que foi pra Rua contra uma Presidente HONESTA!!!
    A LEI É PARA TODOS! Menos pra o PSDB, DEM, filho de rico, filho de desembargadora.
    Opa!!!!!  É Preto, é Pobre, é Prostituta e á Petista!!! Ta preso!!! AFINAL A LEI É PARA TODOS OS  “P”s!
    É que esqueceram de terminar o nome do filme!!!

    • Confiamos em Lula planta no

      Confiamos em Lula planta no jardim (Brasil) desde 1979 com uma trajetória ímpar, limpa e honesta, portanto nos a maioria dos brasileiros confiamo e acreditamos no Luiz Inácio Lula da Silva que conduziu o Brasil desde 2003 a 2010 onde todo povo colheu belos dividendos (melhorou de vida) ou não analise e vais ver que com Lula o Brasil e seu povo cresceu! e mais quem tiver acusação comprovada de atos ilícitos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff apresente mas não vale diz que me disse e nem sonhos!

  27. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome