Doria promete 15 milhões de doses da Coronavac no SUS até dezembro

Começo da distribuição da vacina depende dos resultados da última fase de ensaio clínico em humanos e da aprovação da Anvisa, ressalva o governador

Foto: Divulgação

Jornal GGN – Se a vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac mostrar-se eficaz e segura, e se a Anvisa aprová-la, 15 milhões de doses do imunizante contra o novo coronavírus – que será fabricado em São Paulo em parceria com o Instituto Butantan – estarão disponíveis para o SUS até dezembro. É o que promete o governador João Doria em entrevista veiculada pela CNN Brasil na terça (11).

“A partir de dezembro ficam prontas e haverá o primeiro lote já em dezembro, desde que tenhamos todas as etapas de testagem superadas e com sucesso, tenho que fazer essa ressalva, é para isso que existem”, disse. “Se tudo correr bem, em dezembro, mediante aprovação da Anvisa, nós já garantimos 15 milhões de doses para aplicação”, projetou o governador.

Doria ainda lembrou que o Butantan tentará dobrar a capacidade de produção. “Para isso, o governo tem o objetivo de arrecadar R$ 130 milhões em doações —dos quais R$ 96 milhões já foram garantidos.” Hoje, o instituto tem capacidade para produzir 120 milhões de doses.

Vacina russa

Sobre a vacina russa, Doria disse que recebeu oferta de um trader, mas negou. “Nós já tínhamos um entendimento formalizado desde maio com a Sinovac, não faria sentido avançar em uma segunda vacina”, disse. Ele disse que é preciso ter “atenção redobrada” com a Sputnik V, porque ainda não há conclusão sobre os testes.

Leia também:

Coronavírus: Indonésia pode produzir 250 milhões de vacinas da chinesa Sinovac

 

1 comentário

  1. Tempo dos falsos profetas e Dória é um deles. Já prometeu grandes negócios a investidores privados através de suas prometidas privatizações. Já prometeu o país da brutalidade, ao associar-se pelo movimento Bolso-Dória. Agora, quando a salvação virá através do portador de milagrosa vacina, ai está ele com suas promessas.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome