Pezão corta salários de professores na semana em que R$ 300 mi são devolvidos ao RJ

Jornal GGN – Circula nas redes uma mensagem de professores da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) que pede ajuda para “esclarecer” a crise instaurada na instituição e que não encontra nenhuma saída no final do túnel em função do desinteresse do governo Pezão.

Segundo o informe, os professores negam que estejam em greve cinco meses, mas admite que a reitoria está adiando o início das aulas por “falta de condições”. O texto ainda diz que os profissionais estão sem o salário de fevereiro, sem o décimo terceiro e repudiam o corte de 30% no salário de professores anunciados pelo governo Pezão, na mesma semana em que cerca de R$ 300 milhões são devolvidos aos cofres públicos.

Abaixo, o texto na íntegra.

– Nós professores da UERJ não estamos em greve e nem paralisados há 5 meses.
– O governo não repassa a verba para manutenção e custeio da UERJ
– A reitoria está adiando o início das aulas por falta de condições;
– Estamos sem salário de fevereiro e décimo terceiro;
– Estudantes sem bolsas e funcionários sem salários ;
– A UERJ está sem trabalhadores de limpeza e de manutenção por falta de salários desde  fevereiro e não existe previsão de nova licitação para a contratação ;
– Pezão faz anúncio sobre redução de 30% dos salários de professores na mesma semana em que cerca de 300 milhões de reais (desviados pela corrupção do governo onde ele foi vice) são devolvidos ao estado;
– Pezão não quis reduzir os supersalários dos Secretários, mas joga nos trabalhadores da UERJ a conta da crise;
– Não recebemos aumento salarial há doze anos! A única forma de reajuste que existe para a nossa categoria é por meio dos triênios (5% a cada três anos, índice muitíssimo mais baixo que a inflação!) e através de ascensão em plano de carreira que corresponde a índices de produtividade acadêmica e tempo de serviço.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 comentários

  1. Pezao está perdido, sem
    Pezao está perdido, sem bússola. A medida é idiota além de ilegal. Cortar salários que ele já não paga parece piada do Groucho Marx.

  2. Talvez por ter estudado na

    Talvez por ter estudado na UERJ, quando a universidade era muito bem conservada, venho acompanhando as matérias que são publicadas nas televisões sobre o descaso geral com essa Instituição. 

    Já faz um bom tempo, um ano mais ou menos, que vi uma imagem terrível de muito mato grande se desenvolvendo em torno dos prédios que compõem a UERJ, com vários sacos de lixos jogados nesse mato, enquanto as moscas se proliferavam. Na ocasião, já se dizia que aquil era o resultado da falta de pagamento para os servidores encaregados da limpeza. 

    Nos últimos meses, outras reportagens, sempre apresentando a feiúra em que se transforma toda a estrutura dos prédios. Os banheiros com infiltrações, torneiras quebradas, vazando água; corredores desfigurados pela sujeira; ou o desprezo pelos equipamentos vários em algumas dependências. 

    O que os professores estão requerendo é direito deles, pois ninguém se dispõe a trabalhar sem receber salário, e é isto que vem acontecendo a nós todos, funinários do Estado do RJ, até mesmo a nós, aposentados, que não vimos a cor do 13º e a cada mês ficamos sem data prevista para recebimento dos salários do mês. 

    Acho que fui muito ingênua ao acreditar que o Rio de Janeiro estava em condições de prover aqueles grandes eventos, como Copa do Mundo e Olimpíadas. Jamais podeia imaginar que em seguida veríamos o Estado atingir uma situação tão degradante. 

    O fato é que o Governo do RJ foi tomado por uma quadrilha de ladrões dos cofres públicos, e nós, os funcionários, estamos pagando altíssima essa conta. 

    Sou a favor dos professores, e de todos que estão a reinvindicar seus direitos. Pezão não tem moral  nenhuma para querer tirar mais dinheiro dessa gente. Ele é tão envolvido em maracutaias quanto Cabral, amigo do peito. 

  3. Contradições envolvendo a Uerj
    QUEREMOS A UERJ DE VOLTA! E você pode nos ajudar! O governador Pezão sequestra sonhos dos estudantes e a dedicação extrema dos servidores, quando DESCUMPRE a Lei e não repassa verbas de manutenção e limpeza e não paga salários e bolsas de servidores e estudantes.Mas o povo do Rio já sabe: esta não é a única lei que Pezão DESCUMPRE!Pezão quer auditoria na UERJ, mas NÃO teve as contas de seu governo aprovadas, na Alerj.Pezão quer cortar salários de professores e técnicos, mas VETOU a Lei que o obrigava a reduzir o salário do próprio governador e dos secretários. Pezão tem secretário que custa em torno de milhão aos cofres públicos.Pezão FECHOU bibliotecas públicas, Restaurantes populares, MAS recriou Secretaria para empregar uma aliada de Eduardo Cunha. Depois, pressionado, mudou de ideia.PEZÃO E DORNELLES TIVERAM SEUS MANDATOS CASSADOS PELO TRE-RJ e governam apenas enquanto seus recursos não são julgados pelo TSE.Precisamos dar um BASTA!Pezão não tem mais legitimidade para governar!AJUDE-NOS! COMPARTILHE estas informações a familiares e amigos. PARTICIPE da agenda de mobilizações.Precisamos pressionar: QUEREMOS A UERJ DE VOLTA, com dignidade e respeito!Uerj fica! Pezão sai!Movimento #UerjResiste

  4. A crise é do Pezão

    O governador diz que vai cortar salários, o que todos sabem que é ilegal, para esconder que está dando um calote na Uerj, nos servidores, e que ele mesmo está sob suspeita de corrupção e ameaçado por uma CPI das Isenções Fiscais já aprovada na Alerj. Pezão não tem legitimidade para continuar sendo governador do Rio!

  5. crise do governo Pezão

    O Governador Pezão foi caçado pelo TRE-RJ por abuso de poder econômico em sua campanha. A relação entre doação de campanha e concessão de isenção fiscal já foi comprovada pelo TRE e pelo TCE do Rio de Janeiro. Então, é FORA PEZÃO e FICA A UERJ.

  6. Destruição é marca do governo Pezão/PMDB

    Um grande absurdo o desmonte que o governo Pezão/PMDB estão impondo à população fluminense e em especial a uerj. Quero cpi das isenções fiscais, dos escândalos a que esse governo está envolvido. A uerj não está funcionando por pura falta de recursos públicos, recursos esses que deveriam vir de nossos impostos. E agora o governador resolve cortar salários para fazer as pessoas voltarem a trabalhar e estudar em um lugar que não tem a mínima condição de segurança e limpeza, por falta de pagamento dos serviços e servidores, além das bolsas! Governo Pezão é calamidade! Fora Pezão!

  7. UERJ fica, Pezão sai

    O que você faria se seu patrão:

    1) mudasse a data do seu pagamento sem te consultar?

    2) não pagasse seu 13º? 

    3) não pagasse suas férias?

    4) mesmo mudando a data do pagamento, o atrasasse sistematicamente, chegando a quase dois meses de atraso?

    5) não te proporcionasse condições mínimas de higiene e segurança em seu local de trabalho?

    6) obrigasse você a subir 24 lances de escadas para trabalhar todos aos dias por falta de dinheiro para manutenção dos elevadores?

    7) quisesse cortar 30% do seu salário para pagar aos fornecedores dele?

    8) inviabilizasse a execução da sua principal atividade de trabalho e ainda afirmasse que você não a executa por estar em greve?

    É assim que o Pezão trata os servidores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro! 

    QUEREMOS A UERJ DE VOLTA!!!!!!

    #Uerjresiste

     

  8. UERJ fica, Pezão sai!

    O que você faria se seu patrão:

    1) mudasse a data do teu pagamento sem te consultar?

    2) não pagasse seu 13º? 

    3) não pagasse suas férias?

    4) mesmo mudando a data do pagamento, o atrasasse sistematicamente, chegando a quase dois meses de atraso?

    5) não te proporcionasse condições mínimas de higiene e segurança em seu local de trabalho?

    6) obrigasse você a subir 24 lances de escadas para trabalhar todos aos dias por falta de dinheiro para manutenção dos elevadores?

    7) quisesse cortar 30% do seu salário para pagar aos fornecedores dele?

    8) inviabilizasse a execução da sua principal atividade de trabalho e ainda afirmasse que você não a executa por estar em greve?

    É assim que o Pezão trata os servidores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro! 

    QUEREMOS A UERJ DE VOLTA!!!!!

    #Uerjresiste

     

  9. O desmonte dá UERJ e do Brasil
    Eu já estudei nessa egrégia universidade, tive o prazer de ter contato com todos os tipos de pensamento.
    Hoje vejo com muita tristeza e raiva tudo o que acontece com a UERJ, isso é um reflexo do que acontece hoje em nosso país…
    Esse o Golpe Brando de 2016, mergulhou o Brasil em sombras espeças do Ódio, Ignorância e entreguismo…
    O Golpe todos nós sabemos, e como sempre, foi apoiado e financiado de fora, mais precisamente dos EUA…
    Os neoconservadores americanos, não admitiram que o Brasil pudesse se torna independente do império estadunidense,e portanto derrubaram o B dos BRICS…
    Hoje o Brasil, na figura do Temer Espião Golpista, está fazendo a entrega do patrimônio nacional a toque de caixa, aproveitando a alienação do povo Brasileiro e as mentiras dá grande mídia.
    Infelizmente o povo Brasileiro, na sua maioria, é analfabeto político e geopolítico, não tem nem ideia de que o Golpe perpetrado sobre a Dilma, não foi sobre o PT e sim sobre o Trabalhador e os mais pobres…
    Esse Golpe que visa acabar com a indústria nacional, entregar as nossas riquezas, também pretende acabar com o pensamento crítico, principalmente dos mais pobres, que pela primeira vez foram levados a faculdade em massa pelo sistema de cotas…
    Fui cotista com muito orgulho, graças aos conhecimentos através de bons professores que eu tive na UERJ, pude passar em um Concurso Publico, ser o primeiro dá minha família a fazer faculdade e viver uma vida mais digna

    Agradeço a UERJ, por ter tido a oportunidade de abrir a minha mente, fui salvo, aleluia rsss, ontem era coxinha hoje sou um ser pensante e é exatamente isso que esses golpista querem impedir, que mais pobres como eu tenham acesso a uma universidade pública e sejam molas propulsoras de mudanças de pensamento no seu meio, é que mostrem as suas comunidades e famílias que a Rede Globo é um lixo, paga e financiada de fora, que o nosso judiciário é golpista e corrupto…
    É exatamente isso que eles querem barrar, a revolução intelectual dos mais pobres, pobre entendo de política, história, economia, direito é um perigo para as classes mais altas, canalhas e mais podres dá nossa sociedade…
    Eles querem acabar com a educação no país, principalmente para os mais pobres serem sempre bons eleitores, bons telespectadores e uma mão de obra escrava e abundante…
    Canalhas
    Canalhas
    Canalhas

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome