Rússia ultrapassa a China em casos de COVID-19, e Brasil está logo atrás

Segundo informações da Reuters, a Rússia está em quarentena desde 25 de março. A medida vigora até 30 de abril, e poderá ser estendida até o começo de maio

Jornal GGN – A Rússia é agora o 9º país com mais casos confirmados de coronavírus no mundo, segundo informações do site Worldometer.com, que faz o acompanhamento diário. O País governado por Vladimir Putin bateu a casa dos 87,1 mil casos de COVID-19 e 794 mortes, ultrapassando a China, que ocupa o 10º no ranking com 82 mil casos e 4,6 mil mortes. O Brasil está em 11º na lista, com 63,3 mil casos confirmados e 4,2 mil mortes.

Segundo informações da Reuters, a Rússia está em quarentena desde 25 de março. A medida vigora até 30 de abril, e poderá ser estendida até o começo de maio. O governo sofre pressão para retomar diversas atividades industriais e pediu informações para começar a analisar a flexibilização do isolamento.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  GGN no Covid-19: em 30 dias, aumento de mais de 400% nos casos registrados

4 comentários

  1. “Ave VerdeSauvas, morituri te salutant”, Paródia romana.

    Nassif: ouvi dizer que a aversão dos VerdeSauvas contra os Kummunistas e Esquerdopatas é tanta que, diretamente da QuerênciaDeCruzAlta, veio ordens às casernas (e cercanias) pra executar o maior número possivel de aposentados pelo INSS, negros e pobres pelo Covid-18 (o número do Messias), pois acham que seria vergonhoso Pindorama, quintal do gringos que eles zelam com tanto afinco, ficar atras dos vermelhos e dos chinas. Vão até liberar testes, para maior e rápida precisão. A ordem já chegou ao gabinete do interventor na Saúde, que prometeu a façanha, até o fim do mes…

  2. Interessante notar dois fatos: o baixo número de mortos na Rússia e o alto número de testes, que nao consta na matéria mas já passou de dois milhões de testes. É muita coisa

    • Isso Helerson, na Rússia é 2o pais que mais realizou testes em números absolutos, atrás apenas dos EUA.
      Assim a subnotificação lá é deve ser baixa e, na prática, no Brasil deve ter mais casos que a Rússia.

  3. […] O neofascismo não é a repetição do fascismo dos anos 1930: é um fenômeno novo, com características do século 21. Por exemplo, não toma a forma de uma ditadura policial, respeita algumas formas democráticas: eleições, pluralismo partidário, liberdade de imprensa, existência de um Parlamento, etc. Naturalmente, trata, na medida do possível, de limitar ao máximo estas liberdades democráticas, com medidas autoritárias e repressivas. Tampouco se apoia em tropas de choque armadas, como o eram as SA alemãs ou o Fascio italiano.Leia também:  Rússia ultrapassa a China em casos de COVID-19, e Brasil está logo atrás […]

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome