A polêmica festa de Kátia Abreu

Kátia Abreu com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves
 
Jornal GGN – A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, comemorou seus 54 anos, nesta terça-feira (02), em Brasília. A balada festa contou com a presença de nomes como Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, criminalista de José Dirceu, além de ministros do governo, do Tribunal de Contas, senadores da base e da oposição. As declarações de Gilmar, contudo, geraram constrangimento. 
 
O ministro chamou o ex-presidente Lula de “bêbado”, ao relatar que ele chegou embriagado, em São Paulo, para prestar solidariedade às vítimas do acidente da TAM, em outubro de 1996. A Kakay, Gilmar atacou: “Vocês se dizem de esquerda, mas são de direita, ricos e autoritários”. Como resposta conciliatora entre os presentes, o advogado arrancou risos: “Quando você fala que sou de direita, me coloca na companhia da ministra Kátia Abreu; quando diz que sou riquinho, fico ao lado do senador Eunício Oliveira; e, quando diz que sou autoritário, me deixa ao lado do senador Ronaldo Caiado. Estou muito bem acompanhado”.
 
Mas, entre outros, gerou também polêmicas os temas das dificuldades do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu de se defenderem das denúncias e a falta de “DNA” político da presidente Dilma Rousseff para aprovar as medidas anunciadas no Congresso. Quando Kakay questionou a ministra se não havia convidado o senador José Serra (PSDB-SP), ela respondeu que se soubesse que “o vinho era tão caro, não teria jogado no Serra”, ao fazer referência ao jantar de ceia de natal do último ano. As informações são do colunista Ilimar Franco e da repórter Maria Lima.
 
Por Ilimar Franco
 
 
 
Aos brados, o ministro Gilmar Mendes (STF) chamou o ex-presidente Lula de “bêbado”, anteontem, no aniversário da ministra Katia Abreu (Agricultura). Segundo seu relato, Lula chegou embriagado em São Paulo para prestar solidariedade às vítimas do acidente da TAM, em Congonhas, ocorrido outubro de 1996. A tragédia acabou com 99 mortos. Constrangimento geral.
 
Armado e desarmado
 
Lula não foi seu único alvo. Sobrou também para Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, advogado de José Dirceu, presente na festa. Gilmar atirou: “Vocês se dizem de esquerda, mas são de direita, ricos e autoritários”. Sua verve foi contestada por Kakay, que arrancou risos estrondosos dos convidados para a festa. O advogado retrucou na hora: “Quando você fala que sou de direita, me coloca na companhia da ministra Kátia Abreu; quando diz que sou riquinho, fico ao lado do senador Eunício Oliveira; e, quando diz que sou autoritário, me deixa ao lado do senador Ronaldo Caiado. E concluiu: “Estou muito bem acompanhado”.
 
Situação de Lula e Dirceu dominou aniversário de Kátia Abreu
 
 
Kátia Abreu com m deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ), a ex-ministra Eleonora Menicucci e as senadoras Gleisi Hoffman (PT-PR) e Fátima Bezerra (PT-RN)
 
Por Maria Lima
 
BRASÍLIA – Na badalada festa em que a ministra da Agricultura Kátia Abreu comemorou seus 54 anos, nesta terça-feira em Brasília, dois assuntos dominaram as rodas de conversas entre os convidados: as dificuldades cada vez maiores do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu se explicarem no emaranhado de denúncias, e a falta de “DNA” político da presidente Dilma Rousseff para conseguir aprovar as reformas e medidas anunciadas essa semana no Congresso. Entre os presentes ministros do governo, do Supremo Tribunal Federal, do Tribunal de Contas e senadores da base e oposição.
 
As maiores críticas partiram do ministro Gilmar Mendes , ao comentar o depoimento em que José Dirceu discorreu sobre valores e favores recebidos de empreiteiras e empresas envolvidas nas investigações da Operação Lava-jato. Segundo os presentes, Gilmar se disse impressionado com a naturalidade e a forma banal com que Dirceu falava de milhões como se fossem alguns reais, de forma “arrogante” pelo fato de , como ministro da Casa Civil, ter ascendência sobre autoridades e partidos.
 
Na conversa, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que defende vários políticos citados ou já investigados pela Lava-Jato, concordou que tanto Lula quanto Dirceu enfrentam grandes dificuldades para se defender.
 
— Os comentários de todos eram sobre as dificuldades que Lula está tendo para prestar esclarecimentos. A imagem de Zé Dirceu prestando depoimento na GloboNews , contristado, deu pena, foi uma auto-condenação. As pessoas estavam comentando até com uma certa compaixão — disse o ministro Gilmar Mendes ao GLOBO.
 
Ele era o centro de uma roda que se formou no final da festa com o presidente do Senado, Renan Calheiros; o ministro do TCU, Vital do Rego; a ministra Kátia Abreu e os senadores Eunício Oliveira (PMDB), Romero Jucá (PMDB), Tasso Jereissatti (PSDB), Ronaldo Caiado (Democratas) e Kakay . A anfitriã chegou a contratar uma banda de karaokê para cantar em dupla com Kakay, mas as conversas estavam tão animadas que a cantoria nem aconteceu.
 
Com Kátia em pé, acompanhando as conversas na roda, uma outra discussão se formou, desta vez sobre as dificuldades da presidente Dilma em aprovar no Congresso as reformas e CPMF. Na roda, alguns achavam que o movimento pró-impeachment tinha arrefecido, outros não.
 
— Dilma não vai conseguir aprovar nada, nem reformas da Previdência, nem CPMF. E vai continuar com essas estorinhas dela engabelando todo mundo — disse Caiado.
 
— Se passar a reforma da Previdência, até tem uma chance de aprovar a CPMF. Mas só passa se passar as reformas — avaliou Romero Jucá, que informou aos presentes que voltara a falar com a presidente Dilma e agora quer ajudar o Governo.
 
Segundo Kátia Abreu, Renan ficou de árbitro entre os senadores da oposição e da base, durante a discussão sobre Dilma. Kakay ficou defendendo as necessidades de aprovar as medidas e o Caiado e os outros senadores da oposição dizendo que não tinha ambiente. E Kátia falou sobre sua relação com a presidente Dilma no governo.
 
— Eu não escondo que sou de direita mesmo, que respeito os pontos de vista da presidente, mas comando o ministério da Agricultura de acordo com as minhas ideias, nunca mudei. E ela também respeita isso — disse Kátia na conversa.
 
Logo no início da festa Kakay provocou a ministra, sobre porque não tinha convidado o senador José Serra (PSDB-SP), com quem teve um entrevero no jantar natalino do Senado, no final do ano passado.
 
— Você está calma hoje? O Serra não vem não? — brincou Kakay.
 
— Se eu soubesse que o vinho do Eunício era tão caro, eu não teria jogado no Serra — respondeu a ministra, sobre o vinho italiano da região da Toscana, Tiagnello, que custa cerca de R$600,00 a garrafa.
 
 

61 comentários

  1. Essa tal de Kátia Abreu é de

    Essa tal de Kátia Abreu é de EXTREMA DIREITA. Escreveu um trilhão de artigos na F S P sobre seu pensamento.

      De repente,não mais do que repente, vira ministra esquerdista de Dilma..

            Ah, vá, !

          Fala sério !

    • Esquerdista?

      — Eu não escondo que sou de direita mesmo, que respeito os pontos de vista da presidente, mas comando o ministério da Agricultura de acordo com as minhas ideias, nunca mudei. E ela também respeita isso — disse Kátia na conversa.

      Opção da Dilma. Eu não sei se faria o mesmo. Mas o problema real não é ser de direita ou de esquerda, mas ser um idiota boçal como o Gilmar Mendes.

  2. Nazismo

    Concordo com o sr Gilmar; deu dó ver o j dirceu dar seu depoimento.  Dó de um reu massacrado e abatido como nos filmes mais reais que retratavam as vítimas do judiciário da alemanha nazista. E havia um juiz brasileiro a sua. frente acusador e arrogante. O doutor gilmar não viu isso? Ele não é pelo comprimento da constituição brasileira?Ele comunga com tamanha violação da dignidade de cidadão?

  3. Nazismo

    Concordo com o sr Gilmar; deu dó ver o j dirceu dar seu depoimento.  Dó de um reu massacrado e abatido como nos filmes mais reais que retratavam as vítimas do judiciário da alemanha nazista. E havia um juiz brasileiro a sua. frente acusador e arrogante. O doutor gilmar não viu isso? Ele não é pelo comprimento da constituição brasileira?Ele comunga com tamanha violação da dignidade de cidadão?

  4. Põe na conta do Abreu

    Tais festa$$$ coloridíssimas, cheias de charme, naturalmente que são pagas pela galera cá de baixo, da qual obviamente faço parte.

    Quem sabe um dia a gente podia por em prática o ato conclusivo daquela conhecida piada de buteco?

    O cara  chegou na padaria bem roskófe da esquina e pediu: ei, me vê aí um vinho tiagnello, daqueles mais baratim, ouviste?

    O atendente lhe entregou a garrafa e ele foi saindo.

    E o atendente, ei, ei, não vai pagar não? 

    E ele: – ponha na conta da Abreu. Se ela não pagar, nem eu.

     

  5. Eles se divertem…
    Eles (a elite) se divertem quanto o numero de desempregados não para de crescer devido a incompetencia de muitos deles.

    Os restantes vivem de taxa selic.

    Por vezes me dá vontade de berrar: trabalhadores do mundo inteiro, uni-vos e acabem este estado de coisas.

  6. Sabemos que…

    Dizem que o de bêbado é de ninguém.

    Ao ofender novamente o Molusco,

    Gilmar, essa grande … ostra,

    dá mais uma amostra

    de que, no lusco-fusco,

    o dele tem.

  7. Esse tipo de manifestação não

    Esse tipo de manifestação não serve para embasar um pedido de impedimento contra Gilmar no processo que corre no TSE contra a campanha do PT à presidência? Está mais do que óbvio que ele já deixou clara a sua posição e fez juízo de valor antecipado.

  8. Gente de elite é outra coisa

    Existem normas históricas de etiqueta que respeitam a oficialidade do inimigo ou adversário, principalmente em reuniões de etiqueta. Lá na rua, o pau quebra, mas, com champagne na mão, num salão nobre, trata-se de assuntos “entre cavalheiros”. São lideranças de partes diferentes do espectro político que brindam; se dão as mãos e, ainda, destratam o colega mais rústico (Lula), chamando-o de bebum. Lula é tratado como um “barrado no baile”.

    Brasil é assim, como nas antigas guerras “educadas”, com manual de etiqueta, onde os oficias brindam conjuntamente, depois que a patuleia de ambas as partes é dizimada em conflito. 

  9. Um verdadeiro (tu)canalha

    Gilmar Mendes não tem um mínimo de compostura. É evidente que ele estava bêbado, senão não iria ficar gritando impropérios em uma festa com políticos e imprensa.

    Trata-se de um sujeitinho ordinário sem condições de ser nem juiz de futebol de botão. Um verdadeiro (tu)canalha.

  10. Como é difícil…

    Gilmar Mendes e Caiado. Só faltou o Maluf e o Collor na festa de aniversário da ministra da Dilma, que “não esconde que é de direita mesmo”…

    Rapaz, como é difícil ser petista hoje… O último fecha a porta.

  11. Infelizmente, muito

    Infelizmente, muito infelizmente, devido ao seu comportamento incompatível com o elevado e importantíssimo cargo, o que fala o eminente ministro não é diferente de um prato cheio de bosta. Quem sabe bem sobre ele é o (de péssima lembrança) Barbosa.

  12. Falta compostura na cupula do

    Falta compostura na cupula do oficialismo brasileiro.

    Em épocas de profunda crise social não se dá festas de brilho porque o povo está em dificuldades.

    A festa passa a ser então um ESCARNIO E UM DEBOCHE a esse povo sofrido.

    De um jantar discreto SEM FOTOS E SEM MIDIA e ponto.

    Quem dá essas lições é a MONARQUIA INGLESA, que tem MIL ANOS DE EXPERIENCIA.

    • A Monarquia Inglesa ensina? Acho que não…

      Parece que a Monarquia Inglesa – nem mesmo em mil anos – aprendeu essa lição…

      03/06/2012 11p0 – Atualizado em 03/06/2012 11p7

      Críticos da ‘vida de luxo da realeza’ britânica protestam contra monarquia

      BBC colheu depoimentos de cidadãos que se opõem à monarquia.
      Reino Unido celebra feriado pelos 60 anos do reinado de Elizabeth II.

      Da BBC

      Enquanto muitos britânicos estão celebrando o jubileu de diamante da rainha Elizabeth 2ª em festas de rua e comemorações oficiais, outros estão aproveitando a ocasião para reforçar suas críticas à monarquia.

      Opositores da monarquia protestam em Londres. (Foto: Dominic Lipinski/PA/AP)

      O Reino Unido celebra, entre sábado e terça-feira, um feriado prolongado pelos 60 anos do reinado de Elizabeth II, com cerimônias que vão desde um monumental passeio de barcos pelo rio Tâmisa, neste domingo, até um show de música no palácio de Buckingham, na segunda-feira.

      Mas Londres e outras grandes cidades britânicas também estão sendo palco de pequenos protestos, organizados por pessoas que rejeitam o fato de o país ter uma chefe de Estado que não foi eleita pelo voto popular.

      Pesquisas de opinião mostram que as celebrações do jubileu elevaram a popularidade da família real. Ao mesmo tempo, muitos criticam as despesas com a festança – só o passeio de barco pelo rio Tâmisa custará o equivalente a R$ 30 milhões, que serão financiados de forma privada. Mas os gastos de segurança recairão sobre os bolsos dos contribuintes.

      A BBC News colheu o depoimento de alguns de alguns cidadãos comuns que não veem nada para comemorar neste jubileu.

      ‘Celebrar vida de luxo’

      ‘Não tenho nada pessoal contra a rainha. É mais uma questão moral de ter uma chefe de Estado não eleita em pleno século 21’, disse Greg Davies, de Slough (oeste de Londres), que participará de uma manifestação republicana neste domingo.

      Steve Gauge, de Caterham, sul de Londres, também vai protestar. ‘Farei um protesto antimonarquia perto da Tower Bridge (parte leste do rio Tâmisa) neste domingo. Já é tempo de termos um chefe de Estado eleito em vez desta farsa ridículas e cara’, disse.

      ‘Ao redor do mundo, as pessoas estão se levantando pela democracia. Um político tem que ser alguém eleito pelo povo, e ninguém escolheu a rainha.’

      Steve Hughes, morador do norte da Inglaterra, vai aproveitar o feriado para sair do país. ‘A ideia de celebrar a vida de luxo da rainha me faz passar mal’, disse ele.

      ‘Estava discutindo a monarquia (com amigos no pub) e muitos lembraram que essas celebrações estão acontecendo num momento de austeridade (na Grã-Bretanha), em que muitos estão perdendo seus empregos.’

      Os privilégios da realeza também incomodam Ian Stephenson, de Consett (norte inglês). ‘Não entendo porque uma pessoa pode ser colocada acima de outras’, disse.

      ‘O sentimento monarquista certamente existe em muitas pessoas, mas não para a maioria. Há uma maioria silenciosa que não liga para isso. E há alguns, como eu, que abominam essa palhaçada.’

       

      http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/06/criticos-da-vida-de-luxo-da-realeza-passam-longe-das-celebracoes-do-jubileu.html

      • http://www.royal.gov.uk/
        Abso

        http://www.royal.gov.uk/

        Absolutamente nada a ver. O movimento anti-monarquico no Reino Unido não tem nenhuma expressão politica.

        A Monarquia gasta 70 milhões de Libras por ano, menos que a 4ª Secretaria do Senado, infinitamente menos que a Presidencia da Republica do Brasil , uma quarta parte do que gasta a Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

        A Monarquia NÃO tem avião ou iate, todos trabalham, a agenda de todos os “”royals” é programada dois anos à frente e

        viajam para promover  venda de produtos e serviços do Reino Unido, ninguem encosta na rede.

  13. O Gilmar destila ódio conta o

    O Gilmar destila ódio conta o PT, Lula, Dirceu e o governo. Deveria ter postura e respeitar mais o presidente Lula. Ele se acha acima da verdade. Com relação ao Dirceu só na cabeça daqueles que condenam com antecipação de acharem que seu depoimento deu pena. Estava com uma aparência abatida, mas respondeu as perguntas com sensatez e confiança. Não vi nada de concreto para que jsutificasse sua prisão. Um chefe de (quadrilha?) pobre em relação aos seus delatores. Acho que existe por parte da mídia, uma parte do judiciário uma perseguição de ódio contra o PT, O Lula, o Dirceu e o governo. Tenho confiança em Deus e creio que um dia toda armação será desvendada. Tofo o poder tem o seu tempo limitado. Espero que minha geração que defendeu tanto a democracia lute para que ela não seja maculada e que o respeito a todo ser humano prevaleça sempre… 

  14. Que horror

    Deve ser uma frustração imensa para o Gilmar, ver o Lula e encarar-se no espelho todos os dias, daí o ódio todo. Mas de qualquer forma fica fácil a escolha. É preferível meio Lula bêbado a um Gilmar inteiro sóbrio. E nesse ocasião nem isso ele estava.

  15. Sabem por qual razao eu

    Sabem por qual razao eu  jamais vou em casa de evangelico?

    Porque eles tomam isso como permissao sua pra pregar no seu ouvido assim que voce entra porta adentro.

    Sabem por qual razao eu JAMAIS convidaria gilmar mentes pra uma festa, mesmo uma na qual nao se servisse vinho?

    Porque ele toma isso como permissao pra desandar a latir a respeito de tudo e de todos independente do forum.  Ele eh a presuncao em pessoa.

    Pensando bem, Katia tambem.  Ela o merece em suas festas.

  16. FESTA DE RICO, UM BARRACO SÓ

    As festas dessa senhora  Katia são sempre a maior baixaria. Acho que ficam todos bêbados e desandam a falar impropérios. Nem festas de pobres e humildes tem tanto barraco. Pobreza de espírito dos que pensam ser donos do país.

  17. Estivéssemos em Paris em 1792

    Estivéssemos em Paris em 1792 será que alguém sairia com o pescoço incólume desse convescote de boquirrotos fedorentos?

     

     

  18. Ninguem pensou

    Que o Brasil vive uma GRANDE crise, a maior de todos os tempos e a thurma embriagada com vinhos, provavelmente franceses? Eles são imunes à ela, pq são os que tem uma grande participação na mesma.

    Quanto à sra. Kátia Abreu, haveria  melhor escolha no governo de “coalisão” c/ o PMDB ? Pelo menos nunca ouvi nada em termos de corrupção em seu ministério.

    Mas convidar o gilmar mendes e o ronaldo caiado p/ a mesma festa, foi dimais da conta. Só faltou o aecim, como bem lembrou o Jair, e o FHC.Pq será ? Para não dizerem que tinha uma quadrilha lá?

    • DUVIDA CRUEL

      Tenho uma dúvida cruel, não sei se a função do Gilmar é defender a Constituição ou defender  o PSDB.

  19.  
    NO REGABOFE DA DONA

     

    NO REGABOFE DA DONA MINISTRA KÁTIA ABREU. POR MUITO POUCO O PAU NÃO COMEU.

     

    No regabofe  de  Dona Kátia Abreu. Embora não houvesse cenário para o mesmo fausto e brilho do baile da Ilha Fiscal. Faço alusão à festa  promovido pelo imperador D. Pedro II à beira do naufrágio da monarquia.

    O regabofe da ministra Kátia Abreu se comparado ao da Ilha Fiscal, não seria  mais que uma gafieira de malandros brancos, tentando  emular  a festança em que sua alteza D. Pedro II escorregou e foi ao chão.  Repete-se agora, como piada de mau gosto, o gesto desastrado e ridículo,dessa vez pelo Gilmar Mendes. Ambos, um de sua Alteza D. Pedro II. O outro,um mero desabafo de um falastrão ressentido com “O Cara,” o grandioso Lula. Ao cabo, o destempero do nefasto, resultou em enodoar a história do STF. Os dois,  protagonizaram, cada qual a seu tempo, ridículas situações  motivo de muitas galhofas e chacotas dos demais convivas, e do povo. Pasmos, ao tomar conhecimento da postura e do comportamento indecoroso dessa verdadeira escória. Diferem do populacho, apenas, por suas atividades. Enquanto o povo trabalhando e produzindo pra sustentar esses vadios. Os vadios se locupletando às custas do suor dos que trabalham. Não enxergam que Isso não se sustentará indefinidamente? Depois, vão maldizer da ferocidade popular.

    Dizem que o Imperador ao chegar, desequilibrou-se, levando um tombo. Em vez de ficar calado, disparou a fazer gracinha, ao exclamar: “o monarca escorregou, mas a monarquia não caiu!” Não sabia ele que, logo alí depois da esquina, a monarquia iria pro beleleu. O curioso disso tudo, é que, anos depois, outro falastrão de merda, ocupando indevidamente,  por completa falta de escrúpulos, função importante da República. O destrambelhado, não deixa passar oportunidade para desmoralizar, tanto o emprego que exerce de forma inescrupulosa, quanto ao País, que envergonha diante de outros povos  cujas autoridades do judiciário comportam-se com maior dignidade e civilidade.

    Mas, não vamos desanimar. Com esse tipo de elite indecente,  o povo em breve lhes aplicará um poderoso pé-na-bunda.

    Orlando

    • Mas, se tivessem metido o

      Mas, se tivessem metido o bafômetro no GM quando da sua cretinice contra o Lula, com certeza, o aparelho teria estourado.

  20. pindorâmicas

    Festa de rico. Tudo de barriga cheia, montado na grana e falando merda.

    Só quero saber é dos detalhes escabrosos, tipo: rolou uma suruba no apagar das luzes?

  21. A polêmica festa de Kátia Abreu

    Embora ela não “esteja nem aí”, nunca tolerei essa criatura. Havia um bando de petistas hipócritas na tal festa. Ela é mais um dos erros de Dilma. Só uma katia abreu poderia ser amiga de um nada, o sinistro giumal. Lamento a posição da Dilma.
    Esse cara já devia ter sofrido vários processos. Quem conhece a história do clã da criatura, sabe que ele não tem o menor nível. Zero a esquerda é muito. Vá de retrum…

     

  22. chama o ladrão…

    Representante da cúpula do judiciário…socorro! Como diz a música do Chico: chama o ladrão!

  23. Somos nós povo que pagamos

    Somos nós povo que pagamos estes bacanais !!!

    O que esperar de senadores e senadoras, de “ministro”  do supremos de advogados renomados  que participam de bacanal deste tipo?  O Brasil sendo atrapalhado por estes vermes que brincam com coisa séria, num momento em que todos deveriam estar centrados 

    Se o que pode vir a público já nos enoja, imaginem o que rola embaixo dos lençois. É uma promiscuidade total.

    Sem contar que  ainda tinha a presença de “aliados” do governo?? Pela expressão da Gleissi a coisa estava muito divertida.

    E não há noticia de que alguem se opôs as aberrações verbais destes virus.

    Que moral terá esta ameba do gilmar para julgar qualquer brasileiro, e seus pares o que fazem eo CNJ onde está ??

    O que estes ratos estão fazendo contra a Dilma, Lula 

    Um dia a corda rompe e estes vagabundos sem vergonhas vão pagar com lágrimas.

    Basta.

     Genaro

  24. Reunioes da Buuguesia

    As reunioes da burguesia sao sempre muito tristes

     

    José Emílio Guedes Lages- Belo Horizonte

  25. E pensar que essa imundície toda

    E pensar que essa imundície toda é paga com os nossos impostos.

    Que falta de classe, que baixaria!

    Na planície a arraia miúda bate palmas feito focas amestradas para o golpe jurídico midiático em curso.

    Ela nem se dá conta que a descarga vai ser em cima dela, pois o andar de cima, a mocada rentista de sempre nunca perde, seja o governo de esquerda ou de direita a grana rende e muito. E a tigrada achando que a caderneta de poupança é o seu sétimo céu!

    Lembro-me no primeiro Governo de Dilma quando ela afirmou que de agora em diante quem quisesse ganhar dinheiro que aplicasse em obras estruturantes no País ao invés do rentismo. Pensei na época: – a Casa Grande vai trucidá-la na primeira esquina e não é que eu estava certo?

    Cuidado paisano! A OMS avisa: o pig, também conhecido como porcus midiaticus, além da neurocerticocicose cerebral causa o encolhimento do teu cérebro e elimina o teu espírito crítico e questionador. Use-o com total moderação e, se possível, não use.

     

  26. festa da ministra Katia Abreu

          Esse tipo de informação fica mais apropriado para a revista Caras, já que a estatura moral da maioria dos participantes da festa não atingia o rodapé da decência.

          Gilmar Mendes, Ronaldo Caiado, e outros vermes de igaul calibre devem ser levados à sério para quê?

  27. Que triste pais é este em que

    Que triste pais é este em que se alardeiam tanto a CRISE e numa reunião farofeira uns idiotas ficam trocando amenidades e escancarando a hipocrisia de que são portadores.

    Não somos um paisinho qualquer, mas temos politicos e alguns do judiciario que não valem a agua que bebem.

    É isto que precisamos mudar, e VAMOS MUDAR.

     

  28. Um Engov e tudo se resolve, agora quando se é bandido…

    MINISTRO DO STF, GILMAR MENDES:
    “Lula chegou embriagado em São Paulo para prestar solidariedade às vítimas do acidente da TAM, em Congonhas, ocorrido em outubro de 1996”.

    Ele desenterrou um fato de 20 anos, para tentar atacar o Lula, que nem presidente ainda era.

    Se o sujeito bebeu, ele pode tomar um engov e tudo voltará ao normal em minutos.

    Agora, se o cara for mal caráter, bandido, safado, canalha, como certos juizes, ele pode beber um balde d’água benta, engolir um kg de  hóstia, que vai não vai mudar em nada, né não?

    http://jornalggn.com.br/noticia/corporativismo-leva-tj-df-a-dobrar-indenizacao-da-cartacapital-a-gilmar

    • Se esse sujeito fez, ou faz

      Se esse sujeito fez, ou faz algo que preste na vida, pode ter certeza que é tomar uns gorós. O resto, mesmo por quê, tirando algumas traquinagens que o amigo Perrela disponibiliza, o filha da puta nunca fez merda nenhuma na vida. Isso sempre foi um tremendo vadio. As senecuras arrumadas pelo nome do avô, era só pra constar na folha corrida. Nada mais que isso.

      Orlando

  29. festa de arromba
    Cada época tem o baile da ilha fiscal que merece. E, com o passar do tempo, os personagens ficam cada menores e pretensiosamente mais ousados.
    Fico imaginando ACMão presidente e Gilmar o chamando às falas ou berrando nas festanças que o cacique baiano estava comendo água!

  30. O que me vem à cabeça pra

    O que me vem à cabeça pra descrever essa cena é esse trecho da música eduardo e mônica, do Legião Urbana

     

    Festa estranha

    com gente esquisita 

     

    E, acrescento, compostura zero, apoiando o que disse André Araújo. Essa nossa elite política mostra que não tem o menor medo do povo que paga o seu salário. E o pior é que isso fica um terreno fértil prum fdp surgir, dizer que vai mudar tudo e no fim fica tudo igual – e até pior. 

  31.  ‘Gilmar atirou: “Vocês se

     ‘Gilmar atirou: “Vocês se dizem de esquerda, mas são de direita, ricos e autoritários”. Sua verve foi contestada por Kakay, … “Quando você fala que sou de direita, me coloca na companhia da ministra Kátia Abreu; quando diz que sou riquinho, fico ao lado do senador Eunício Oliveira; e, quando diz que sou autoritário, me deixa ao lado do senador Ronaldo Caiado. E concluiu…”

    …quando você fala, o senhor me lembra um arruaceiro de botequim. Você tem conseguido até em votos oficiais se mostrar um ministro medíocre. Seu ódio a tudo que lembre o ciclo do PT no poder queimou todos seus neurônios. Seu cérebro está incapacitado de produzir sinapses. O senhor está catatônico.  E, ao que tudo indica, que não tem volta. O senhor é um caso perdido para o Direito brasileiro.

  32. Katia de Abreu é inacreditável

    Quando vc lê uma Ministra de um Governo de Centro-Esquerda dizer que é de direita sem nenhum constrangimento e que comanda o ministério da Agricultura como ela quiser , vc tem a certeza que há algo de muito errado neste governo e que rumo é o que ele menos tem.
    Dilma é de fato muito mal assessorada e encherga mal pra burro.

  33. Kakay e Gilmar Dantas se

    Kakay e Gilmar Dantas se merecem. Não por acaso são amicíssimos, daqueles de passar carnavais e reveillons juntos e compartilhar segredos mais sórdidos. Ver um fazendo troça com a cara do outro produz asco em qualquer brasileiro honesto. Direita e esquerda pra eles não significam nada, o que lhes importa é estar perto do dinheiro e do poder, respectivamente. A única pessoa que manteve a compostura nessa festa pelo visto foi a anfitriã, que aliás já merecia uma medalha pelo vinho na cara do Serra, mas deveria escolher melhor suas amizades em Brasília.

  34. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome