Carta ao Presidente, por Rui Daher

Sempre me referi a V. Exa. como RIP, Regente Insano Primeiro, seus clãs, acólitos e apoiadores. Arrependo. Insano tenho sido eu ao ignorar seus feitos nestes dois últimos anos.

Carta ao Presidente, por Rui Daher

Excelentíssimo Senhor Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, Pátria Amada Brasil.

No primeiro dia do ano de 2021, pensei muito em Vossa Excelência, o que me permite qualquer redundância. V. Exa. (mais uma) me entenderá.

Desde que se candidatou à Presidência, tenho sido seu crítico contumaz. Antes o desconhecia, imperfeição minha, tão proeminente político e soldado foi V. Exa.

Até que, no primeiro dia de 2021, em meu pensamento, cruzaram-se a saída de um ano infausto para o planeta e o acender das luzes da esperança.

Tal iluminação me fez dirigir-lhe esta cartinha.

Sempre me referi a V. Exa. como RIP, Regente Insano Primeiro, seus clãs, acólitos e apoiadores. Arrependo. Insano tenho sido eu ao ignorar seus feitos nestes dois últimos anos.

A compreensão de suas intenções, felizmente, me veio no primeiro dia de 2021. Permita-me tratar-lhe de Capitão. Melhor representa o seu espírito valente. Foram os Evangelhos, imagino, magníssimo, conhecê-los de cor e salteado. Comprovam suas ações benéficas.

Volto aos meus textos infames e desrespeitosos. No momento, estou de joelhos, em arrependimento. Perdoe-me.

Tenho sido, absolutamente, ignorante em não perceber desprendimento em V.Exa. ao confessar nada entender de economia e terceirizá-la a um Posto Ipiranga (“duca”, esta!), e perceber Donald “Orange” Skin como principal parceiro. Ganhamos muito com isso, né?

Nunca reconheça Biden e nem deixe de armar seus 37% de apoiadores. Como combater o tráfico sem as milicias estarem armadas?

Temo que, pelo histórico de coragem de nosso povo, na hora do vamos ver, sua porcentagem de aprovação poderá virar zero.

Lute! Farei o mesmo que V. Exa.

E nunca deixaria a ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) investigar malfeitos de filhos meus; arrependo-me não ter percebido Covid-19 ser decorrência da vida, pois quem não irá morrer? 200 mil, ora, ora, somos mais de 200 milhões.

Capitão, quem colocaria nos bolsos pobres 600 paus? Chega, né? Querem mais? Que vão procurar emprego. Se não V.Exa. quem, no Brasil, encarou a Globo de frente? Eles sabem fazer TV, sei, mas estavam muito folgados. Lula e Dilma não mexeram com ela. O mesmo com o STF e a Lava-Jato.

As vacinas que anunciam e nos farão jacarés, se eu tomar, será para o Capitão poder contar com mais um soldado em seu batalhão. Neste quesito, V.Exa. gostaria de me conhecer.

Pelos textos que escrevo, só tenho um processo que vem de seu principal desafeto. O governador “calças apertadinhas”.

Dito isto, caro Pátria Amada Brasil, desejo que se recolha ao condomínio na Barra da Tijuca, e nunca mais apareça para destruir nosso país.

Tchau, querido. Descanse em paz. Inté!

Nota: em 2021, procurarei recursos para visitar Cuba e analisar sua agropecuária. Como aqui escrevo e, também, em CartaCapital, sem qualquer remuneração, se as publicações puderem me ajudar, os leitores também, agradecerei e devolverei com análises honestas. Meu e-mail é [email protected]. Irei retribuir, pois é tarefa inédita. No vídeo acima, constatem alegria, a história do Brasil e meus amores. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome