Emissão de cheques sem fundos fica estável em 2013

Jornal GGN – Pesquisa elaborada pela consultoria Serasa Experian mostra que 2% dos cheques compensados em todo o Brasil ao longo de 2013 foram devolvidos pelo menos duas vezes, devido a falta de recursos na conta do emissor, um resultado praticamente estável em relação ao visto em 2012, quando a variação foi de 2,02%. 

Em números absolutos, foram devolvidos 16,801 milhões de cheques em 2013, e compensados 838,179 milhões de documentos. 

Também houve recuo nos percentuais de cheques devolvidos nas comparações mensal e anual. Em dezembro de 2013, houve 1,91% de devoluções, percentual inferior aos 2,00% observados em novembro último, e aos 2,04% verificados em dezembro de 2012. 

Em uma análise da inadimplência por estados, os dados revelam que Roraima liderou o ranking de cheques sem fundos em 2013, com 11,06% de devoluções. O Amazonas registrou o menor percentual (1,37%). Entre as regiões, a Norte liderou o ranking, com 4,33% de cheques devolvidos. A região Sudeste apresentou o menor percentual (1,56%). 

Segundo os economistas da consultoria, a queda da inadimplência ocorreu por conta da manutenção da taxa de desemprego ao longo do ano passado, e ao aumento da preocupação dos consumidores com a quitação de débitos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador