A cooperação contra o crime

Coluna Econômica – 30/01/2008

O bloqueio de US$ 2 bilhões de contas do Banco Opportunity no exterior, é reflexo do grande avanço que ocorreu na chamada cooperação internacional – o trabalho coordenado dos sistemas de repressão de países, para combate ao crime organizado.

Hoje em dia, existe a Interpol, mais antiga. Agora, foram constituídas a Europol, com atuação na Europa, a Asiapol e a Ameripol, juntando a colaboração dos países das três Américas.

***
Essa integração surgiu a partir da modernização das polícias, induzida principalmente pela luta contra o narcotráfico, explica o diretor geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa. O setor de entorpecentes tornou-se uma ilha de excelência por conta de acordos internacionais e convenções da ONU desde os anos 80.

Os norte-americanos passaram a investir na Polícia e a capacitar maciçamente os quadros. O próprio Luiz Fernando participou de diversos cursos no exterior. Foi a partir da área de entorpecentes que a PF se fixou mais na investigação financeira. A PF passou a identificar a estrutura do tráfico e a buscar os bens dos traficantes, como maneira de asfixiar financeiramente a organização criminosa.

***

Hoje em dia, o Brasil está liderando a cooperação com países da língua portuguesa, formando policiais da África, Haiti e Cuba. A criação de adidos policiais ajudará nessa internacionalização.

No caso de Portugal, por exemplo, para onde foi o delegado Paulo Lacerda, existem manifestações criminosas reproduzindo a estrutura do PCC e do Comando Vermelho.

***

Para enfrentar essa estrutura de crime organizado, há a necessidade de investigações prolongadas e de sistemas de escuta, respeitados os direitos individuais.

Leia também:  Distribuição de vacina contra Covid-19 contará com forças de segurança

E aí se entra no fator Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal. A privatização da telefonia gerou um fenômeno curioso. A segurança das diversas empresas privatizadas ficou nas mãos de ex-integrantes do extinto Serviço Nacional de Informações (SNI).

Esse fenômeno permitiu a proliferação de toda espécie de arapongagem clandestina, com grampeadores anunciando seus serviços até pela Internet.

Recentemente, a Polícia Civil de São Paulo desbaratou uma quadrilha dessas, que tinha agentes infiltrados em companhias telefônicas e em sistemas eletrônicos de grampo. Mas Gilmar somente se insurgiu contra os grampos legais da Polícia Federal, autorizados pela Justiça.

***

Hoje em dia, se um araponga for apanhado com equipamentos – vendidos em qualquer biboca – ele só é punido se flagrado em pleno ato de grampear. A nova Lei do Grampo transformará em crime a posse de qualquer equipamento de grampo. Aí começará para valer a guerra contra a arapongagem clandestina.

Outro avanço importante foram as investigações em torno do suposto “grampo” em Gilmar Mendes – que tudo indica tratar-se de uma armação de adversários da Satiagraha. A PF montou um inquérito que permitiu mapear todos os processos que ocorrem em uma chamada telefônica. Com isso, ganhou competência para futuras investigações em torno de grampos reais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

25 comentários

  1. Nassif:

    Que saudades do Cid
    Nassif:

    Que saudades do Cid Moreira!

    O Bom Dia Brasil acaba de cortar a reprise de uma entrevista com o ministro Guido Mantega (de ontem no JG), na qual ele finalmente critica os juros altos praticados pelos bancos, para passar um trecho da prova do líder do BBB9.

    Quando a produção conseguiu reverter o erro e a imagem voltou aos apresentadores…nenhuma palavra!

    Com Cid no JN imediatamente ele diria: “Desculpem a nossa falha.”

  2. Nassif,

    que aconteceu com o
    Nassif,

    que aconteceu com o blog?

    Só se consegue acompanhá-lo efetivamente, os novos tópicos, visitando-os a partir da comunidade. Diretamente, as matérias ficaram estagnadas em “alavancagem dos bancos”. Outros tópicos ficam ocultos e dá-se a impressão de que parou de funcionar.

    Estou preocupado, já lhe falei, com o fato do blog ficar no Ig.

    O IG anunciou, na home, que haveria problemas esses dias em v[arios blogs, por conta de mudanças que estáo sendo implementadas.

  3. Nassif,
    Completamente
    Nassif,
    Completamente offtopic, mas como vc ainda não abriu o trivial…
    Hoje a Ilustrada da FSP tem uma matéria sobre a próxima Coleção, dessa vez de fotografias, e reproduz aquela foto do “Beijo do Hotel de Ville”.
    Q tal um trivial sobre beijos?

  4. Estive olhando o HTML da sua
    Estive olhando o HTML da sua página e não existe nenhum “no-cache” no “meta”.

  5. Refazendo o meu primeiro
    Refazendo o meu primeiro comentário acima que foi um desastre:

    Nassif, o que o Edmar disse acima é verdade. Por exemplo, nesta matéria sobre a Cooperação contra o crime como em todas as outras, constava que haviam 2 comentários. Cliquei para ver e não apareceu nenhum. Só depois de se dar um “refresh” é que comentários aparecem. Isso vem acontecendo desde ontem, tanto nos comentários quanto nas matérias.

    Acho que é um problema de “cache”. Peça ao seu pessoal de desenvolvimento para colocar no “meta tag” a opção “no-cache” no HTML. Peça, também, que verifiquem se está se fazendo cache no seu servidor ou em algum proxy server, se houver algum, e peça para retirar.

    Acredito que só a colocação do “no-cache” no “meta tag” resolva.

  6. Mas quem são os proprietários
    Mas quem são os proprietários do dinheiro?
    Ninguém divulga?
    Se esse dinheiro esta todo em nome do Dantas ( e sabemos que a irmã movimentava as contas em Caymãs) que são os proprietários desse dinheiro?

  7. NASSIF,

    O Edmar está
    NASSIF,

    O Edmar está correto, o mesmo acontece comigo. Mas no meu caso as postagem estavam estagnadas no post O FIM DA FARRA DA AL DE ALAGOAS.

    Apertei F5, limpei cokies, fiz de tudo e nada atualizava. Acessei pelo IE (uso o firefox) e lá atualizou, voltei então no Firefox apertei mais uma vez F5 e ai atualizou.

    Mas isso eu descobri hoje, ontem fiquei a tarde toda pensando que vc não havia atualizado o blog.

  8. Te mandei um e-mail apontando
    Te mandei um e-mail apontando um possível problema grave na sua página.

    Já encaminhei aos técnicos.

  9. ESTA geração de GOVERNANTES
    ESTA geração de GOVERNANTES COVARDES ainda vai colocar o país em maus lençós

    Depois não adianta dizer que a comunidade internacional se intromete e quer parte do que “não é seu”

    Se assim, se não damos valor, então que deem pra outro

    CLARO QUE NÃO QUERO ISSO, mas me incomoda sobremaneira ações isoladas, PANFLETÁRIAS e desconectadas da urgência que o tema representa e cobra

    EVIDENTE que a Amazônia precisa de diversas ações que visem a sustentabilidade e o manejo adequado …mas também precisa de um EXÉRCITO pra dar pau no madeireiro, no grileiro, no arrozeiro, no boiadeiro e no índio garimpeiro

    AMAZONIA teve 17% de sua área destruída em 5 anos

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2009/01/090130_amazonialemondeml.shtml

    De minha parte estou esperando a DESTRUIÇÃO de navios, caminhões, carros, motos e máquinas, a prisão de homens (pequenos, médios e grnades) que insistem nesta barbaridade

    Estou esperando indenização de países que permitem a entrada de madeira e biodiversidade ilegais, contrabandeadas, como com os da Europa

    Cadê de melhores e mais céleres leis? Cadê do legislativo e do judiciário?

    eu hein…

  10. Nassif,
    veja esta
    Nassif,
    veja esta pérola do escritor piauiense Dodó Macedo:

    “O GOVERNO DO BRASIL CONSEGUIU O BLOQUEIO, NO EXTERIOR, DE 2 BILHÕES DE DÓLARES DO GRUPO OPPORTUNITY, DE DANIEL DANTAS. FOI O MAIOR BLOQUEIO DA HISTÓRIA DO BRASIL. A REVISTA VEJA BLOQUEOU A NOTÍCIA. O ESSENCIAL PARA O CRIME ORGANIZADO É INVISÍVEL A CERTOS OLHOS.”

  11. Existe um paralelo
    Existe um paralelo interessante entre as posições do GM e da patota do Berlusconi, premiê italiano: ambos se insurgem contra as interceptações telefônicas. Um projeto de lei da bancada governamental, com chances de ser aprovado, quer limitar para 45 dias prorrogáveis por mais 15 as escutas. Berlusconi quer acrescentar outra restrição: de que só se possa autorizar escutas para crimes que pegariam mais de 10 anos de prisão. Beneficiários diretos da operação: a corrupção, o crime de colarinho branco e o crime comum organizado, talvez este último (‘ndranghetta, cosa nostra, camorra voltam com tudo) mais beneficiado lá do que cá.
    A única diferença é a argumentação para sustentar a limitação. O ilustre jurista GM fala em liberdades individuais, etc. O ministro da Justiça italiano, Alfano, justifica candidamente dizendo que as interceptações custam muito caro ao Estado. Nada mais cara de pau que um direitista! [Quem não acreditar, pode consultar os jornais italianos na internet]

  12. Edmar Roberto Prandini, estou
    Edmar Roberto Prandini, estou tendo problemas também. Não só nesse, mas em outros blogs do IG.

    A informação talvez seja relevante para o IG: no IE7 está ok mas no Firefox existem problemas. Como odeio o IE, fico frustrado.

    Nassif: não vi nenhum anúncio na home.

  13. já aconteceu três vezes, de
    já aconteceu três vezes, de meus batedores de mensagens de saída alertarem que mensagem foi enviada para dois lugare diferentes…alguma chance de continuar indo para blog antigo também?

    Não.

  14. blognoblat acontece algo mais
    blognoblat acontece algo mais ou menos parecido com o que que coloquei em 10:37, mas tudo indica que lá e por causa do filtro para eliminação de palavrões…foi feito algum teste aqui para uso de filtro?

    Pode ser.

  15. é isso aí,
    é isso aí, Romanelli…cocordo plenamente!
    exército é o único com capacidade para ir e ficar…outros vão, pf, dão algumas porradas, prendem uns e outros e depois “tchau tchau”, até a próxima…é por isso que nunca acaba ! é claro que alguma vezes o próprio stf manda a pf sair, mas e se fosse o exército? teriam tanta ousadia?

  16. SÃO PAULO – O
    SÃO PAULO – O primeiro-ministro da Turquia, Tayyip Erdogan, abandonou ontem um painel no Fórum Econômico de Davos após uma discutir com o presidente de Israel, Shimon Peres a respeito da operação militar israelense em Gaza. Peres tinha feito uma defesa ardorosa da investida contra Gaza – que acabou há duas semanas. De dedo em riste e aos brados, perguntou o que Erdogan faria se Istambul fosse atingida toda noite por foguetes, como os do Hamas.
    ” Presidente Peres o senhor é mais velho que eu. Talvez o senhor esteja se sentindo culpado e por isso esteja usando palavras tão duras. O senhor matou gente. Eu lembro das crianças que morreram na praia ” , reagiu Erdogan. Mas antes que terminasse sua resposta, foi interrompido pelos organizadores. ” Não acho que voltarei mais a Davos porque vocês não me deixam falar ” , reagiu, saindo do painel.

    (Valor Econômico, com agências internacionais)

  17. ““O setor de entorpecentes
    ““O setor de entorpecentes tornou-se uma ilha de excelência””

    Va pra qualquer lugar aonde vendem drogas entao e procure o dinheiro agora e ja pra ver!

    Nao esta em lugar algum.

    E isso somente acontece porque a estrutura bancaria da boas vindas ao dinheiro do trafico de drogas e de armas pois isso ajuda no vazamento do dinheiro de paises pobres aos paises ricos.

    E nunca foi diferente.

  18. Fora de Pauta, mas nao muito.
    Fora de Pauta, mas nao muito. Os de sempre ja se movem para alterar as leis espanholas de modo que nenhum criminoso de guerra israelense possa ser processado na Espanha.
    Os israelenses, notadamente a criminosa Tzipi Live comemora chamando a atual legislacao espanhola abusiva e usada por cinicos que a usam contra Israel.
    Esta mudanca, juntamente com os aplausos a outro assassino, Shimon Peres, mostra que nada mudou. Nao sao os que aplaudem no minimo cumplices?

    http://www.haaretz.com/hasen/spages/1059964.html

    Spanish Foreign Minister Miguel Moratinos informed Foreign Minister Tzipi Livni on Friday of Spain’s plan to amend legislation that granted a Spanish judge the authority to launch a much-publicized war crimes investigation against senior Israeli officials.

    Judge Fernando Andreu launched an investigation Thursday into seven current or former Israeli officials over a 2002 bombing in Gaza that killed a top Hamas militant, Salah Shehadeh, and 14 other people, including nine children.

    The judge acted under a doctrine that allows prosecution in Spain, and other European countries, to reach far beyond national borders in cases of torture or war crimes. The universal jurisdiction ruling sparked outrage in Israel and elsewhere.
    Advertisement

    “I just heard from the Spanish Foreign Minister Moratinos, that Spain has decided to change its legislation in connection with universal jurisdiction and this can prevent the abuse of the Spanish legal system,” Livni told the Associated Press. “I think this is very important news and I hope that other states in Europe will do the same.”

    “Legal systems around the world have been exploited by cynics whose sole purpose is to hurt Israel,” Livni went on to say. “It’s good that Spain decided to put an end to this phenomenon.”

  19. Nassif, agora quero ver se a
    Nassif, agora quero ver se a mídia brasileira consegue abafar a roubalheira promovida pelo grupo criminoso montado por Daniel Dantas e alguns partidos políticos.

  20. “só por curiosidade, o Lula
    “só por curiosidade, o Lula poderia sair como vice na chapa da Dilma”

    A cada dia que passa gosto mais dessa ideia.

  21. Nassif, fiquei mais de 24
    Nassif, fiquei mais de 24 horas sem poder acessar o blog, depois do comentário que fiz no post “Sossega Gilmar”. Pensei até em “coincidências”, mas hoje sábado voltou, porém já sabe, “um olho no padre e outro na missa”.
    Agora sobre o bloqueio do dinheiro, conclui-se que está ficando difícil “roubar e carregar”.
    O mundo, está passando por “problemas”, mas acredito que vai melhorar, principalmente com essa interação entre os governos, inclusive no setor de polícias e fiscalização, que quase sempre são consequências do financeiro.
    Outra coisa , equipamento para “grampear”, é igual a arma, tem que ser registrado, seu uso indevido mata, aleija “moral e fìsicamente”.
    O ideal era não existir qualquer dos dois, para prescindir da autorização de alguém , o seu uso, que às vezes o faz, com “Interesses”.Sdc.

  22. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome