Defesa de Temer pede arquivamento de inquérito sobre portos

da Agência Brasil

Defesa de Temer pede arquivamento de inquérito sobre portos

Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil

A defesa do presidente Michel Temer enviou hoje (19) ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação em que pede que o inquérito no qual ele é investigado seja logo enviado à Procuradoria-Geral da República (PGR), para que o órgão solicite o arquivamento das investigações por falta de provas.

Para o advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que representa Temer, a solicitação de arquivamento será “com certeza” encaminhada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, “em face da ausência de qualquer conduta criminosa”.

Ele apresentou ainda diferentes pareceres de diversos órgãos do governo, entre eles da Secretaria dos Portos e do Ministério dos Transportes, atestando que a empresa Rodrimar não se beneficiou da publicação do decreto 9.048/2017, conhecido como Decreto dos Portos.

A abertura desse inquérito foi autorizada pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso em setembro do ano passado, a pedido do então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que a partir de interceptações telefônicas do ex-assessor especial da Presidência Rodrigo Rocha Loures, disse suspeitar do pagamento de vantagens indevidas a Temer pela Rodrimar, empresa que opera concessões no Porto de Santos e seria beneficiada pela publicação do decreto.

“Na verdade, nem sequer um mero indício foi apontado a corroborar essa leviana alegação”, argumenta o advogado de Temer na peça encaminhada ao STF. Ele classificou de “falaciosas assertivas” as suspeitas levantadas por Janot.

Na quinta-feira (18), Temer encaminhou ao Supremo as repostas a 51 perguntas referentes ao caso que haviam sido encaminhadas pela Polícia Federal (PF). Entre outras alegações, o presidente afirmou nunca ter autorizado Loures ou qualquer outra pessoa a pedir recursos em nome dele, em retribuição à edição do decreto dos portos.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. “PLANO ATLANTA” E OS JUIZES QUE APOIARAM AÉCIO.

    Será que Moro é um dos Togados participantes do Plano Atlanta? “Plano Atlanta” https://www.conversaafiada.com.br/politica/o-golpe-nasceu-em-atlanta-georgia Parece que o verdadeiro objetivo deles é: Enriquecer bandidos políticos e todos seus amigos, fazendo o povo sofrer e trabalhar quase de graça até o fim de suas vidas.Quanto mais problemas o povo tiver, mais ricos esses bandidos políticos ficam. Isso só pode acontecer e ser bem sucedido, se houver o apoio de grandes empresários, também bandIdos corruptos, de bandidos de Togas e da grande mídia t~so corrupta quanto todos eles, dos países envolvidos. VEJA, FAÇA UMA REVISÃO NOS ACONTECIMENTOS ATUAIS NO BRASIL E SAIBA QUEM SÃO OS POLÍTICOS, OS EMPRESÁRIOS E OS TOGADOS QUE ELES USAM E QUE TEM O APOIO DAS MÍDIAS QUE TAMBÉM SÃO MÍDIAS CORRUPTAS. http://port.pravda.ru/mundo/12-07-2017/43625-plano_atlanta-0/

     

  2. Era esse bosta do mishell

    Era esse bosta do mishell temer que era tido e havido como grande constitucionalista ou merda que um valha. Pois o safado não passa de um grande medíocre e, desconjuntado  ladrãozinho mequetrefe.

    Melhor e menos indecente que esse merda, o PCC, lá não tem traidor vivo, é capaz de oferecer mais de meia dúzia de bandidos de melhor qualidade moral. Mas, o safado do mishell não está só.

    O PSDB é um celeiro de safados tão ordinários e, em alguns casos, bem mais nefastos, como é, o caso do velhaco presidente de honra do Valhacouto Tucano, onde o professor Cardoso se esconde, na excelente toca protetora de todos os senvergonhas arranchados na esbórnia da ladroagem segura.

    Do antro Tucano, ninguém será conduzido a ferro, literamente, como fizeram com o ex-Leão do Circo, ops, ex-governador do Rio de Janeiro.

    Ia até esquecendo que, com animais não se faz mais aquilo. Tava até deslembrado que existe lei defendendo os animais contra maus-tratos. Seja do homem comum, seja dos perigosos e valentes PULIÇAS federal.

    Orlando

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome