Moraes prorroga inquérito sobre interferência de Bolsonaro na PF

A investigação, aberta em abril do ano passado, já foi adiada duas vezes. Agora, apuração terá mais 90 dias

Foto Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por mais 90 dias o inquérito que investiga a suposta intervenção de Jair Bolsonaro (sem partido) nos trabalhos da Polícia Federal (PF).

A investigação foi aberta em abril do ano passado, a pedido da Procuradoria-geral da República (PGR). Após deixar o governo, o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, acusou Bolsonaro de interferir politicamente no comando da corporação.

As investigações já foram adiadas duas vezes, um dos principais impasses é o depoimento de Bolsonaro. A PF tenta ouvi-lo desde junho do ano passado, mas o STF deve decidir somente no final de setembro sobre a forma da oitiva, que pode ser presencial ou por escrito.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome