Aeroporto de Aécio não pode ser citado em campanha, decide TSE

da Folha

TSE proíbe Dilma de citar caso do aeroporto mineiro em propaganda

DE BRASÍLIA

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) proibiu a campanha da presidente Dilma Rousseff de exibir na televisão propaganda que critica o tucano Aécio Neves pela construção de um aeroporto em terras que pertenciam ao tio-avó do candidato na cidade de Cláudio (MG), caso revelado pela Folha em julho.

Na decisão liminar (provisória) tomada na noite desta sexta (17), o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto defendeu que os programas eleitorais devem ser “propositivos” e não usados para a “realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário”.

A suspensão da propaganda petista foi a primeira tomada depois que a maioria dos ministros do TSE decidiu agir com mais rigor contra ataques pessoais entre os candidatos que disputam o segundo turno das eleições.
A nova postura foi decidida na quinta-feira (16), quando por quatro votos a três, os ministros do tribunal determinaram que fosse tirada do ar uma propaganda da presidente Dilma em que o tucano era acusado de perseguir jornalistas que o criticavam quando ele comandava o governo de Minas Gerais.

Os ministros afirmaram, durante o julgamento, que o horário eleitoral gratuito deve ser propositivo e usado para a discussão de propostas, deixando claro que o tribunal passaria a ser mais rigoroso na avaliação dos programas e inserções exibidos na televisão e no rádio.

Na noite de ontem (17/10), o ministro Tarcisio Vieira afirmou que ataques pessoais “prestam desserviço ao debate eleitoral fértil e autêntico e, em maior escala, à própria democracia”, o que justifica a postura mais rígida do tribunal em relação às propagandas dos candidatos.

Leia também:  Aécio prova o cálice amargo da Inquisição que ele instaurou, por Luis Nassif

“A Corte entendeu que, mesmo dispondo os candidatos, no segundo turno, de tempos rigorosamente iguais no horário eleitoral gratuito, o espaço disponibilizado no rádio e na TV deve ser utilizado de maneira propositiva. Ou seja, não pode ser desvirtuado para a realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário, nem é justo que o ofendido tenha de utilizar o seu próprio tempo para se defender de ataques pessoais em prejuízo de um autêntico e benfazejo debate político.”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

147 comentários

  1. Será que o TSE está esperando

    Será que o TSE está esperando que a gente pergunte: Mamãe, posso ir? Quantos passos? Com a palavra dada a Toffoli, Fux e Gilmar Mendes?! Ai, papai do céu, o que esperar dessa justiça torta e troncha?

  2. Está tudo dominado

    Dificilmente a Dilma conseguirá se reeleger, pois a bandidagem está dominando e sempre contra o PT e para piorar o PT vai sumir do mapa com o retorno da direita fascista. A direita fascista no poder vai massacrar os candidatos do PT que ganharam. Coitado do Haddad. Culpa de quem? Do PT, da Dilma e do Lula. O Lula e a Dilma bancaram de republicano nas escolhas para ministros do STF, enquanto a direita raivosa fascista sempre escolheu os amiguinhos. Junte a isso a covardia do PT diante da criação do marco regulatório da imprensa. 

  3. SEi…foram meses e meses de

    SEi…foram meses e meses de videos do PPS em comunhão com Marina e Aecio falando absurdos, acusações infundadas em horário eleitoral e tá tudo bem…

    Quando é mostrar a governança do Aécio em MG não pode…deve ser porque o Ayres Britto e Velloso deram parecer ao moço de bem. Toffoli com certeza deve ter votado a favor pois Velloso foi um dos apoiadores de sua candidatura, o Gilmar tenho certeza. 

  4. CENSURA !

    Não consigo acreditar. A grande mídia familiar, hipócrita, golpista e cúmplice, diuturnamente manipula a iinformação escondendo e publicando apenas o que está de acordo com seus interesses. A única forma de se conseguir um pequeno e momentâneo equilíbrio é o horário eleitoral gratuitto. Imperdoável que a justiça perca todo e qualquer pudor e, explicitamente, demonstre que tem lado, interfirindo de forma vergonhosa no processo político eleitoral.

  5. cada um colhe o que planta!!!

    cada um colhe o que planta!!!   O governo do PT não tomou nenhuma medida efetiva,  contra essa mídia de quinta categoria que está nas mãos dos poderes econômicos!!! Pelo contrário, somente estimulou, ficando permanentemente na passividade suspeita.

  6. Esse tal Tse é um estrondo na

    Esse tal Tse é um estrondo na planície: mas, no caso, fácil de resolver: o programa eleitoral da Dilma deve propor cadeia e inegibilidade permanente para os governadores de minas gerais que construiram, constroem e construirão aeroportos em terras da família. Mais propostivo que isso, só fechando o tal tse. São uns pândegos.

  7. Quando a gente acha que ja

    Quando a gente acha que ja viu tudo na justiça brasileira!!! Ministrinho Tarcísio, então é ataque pessoal falar que um governador usou dinheiro público para construir um aeroporto na fazenda do seu tio. Aeroporto no qual Aécio descia com seu jatinho para ir no seu “palácio de Versailles” conforme ele revelou na Revista Piauí.

    Que indecência, hem ministrinho!

  8. Entendeu, né Dilma? Num pode

    Entendeu, né Dilma? Num pode falar de aeroporto… O TSE não falou nada sobre aécioportos de Claudio e Montezuma…

    Toda vez que a campanha tiver que falar em aeroporto, substitua por “estação espacial” que a gente entende…

    Tá uma vergonha o TSE, mesmo. Imagina nas urnas!

     

  9. Tudo seguindo a programação.

    Tudo seguindo a programação. E nossos votos, caso ameaçem o roteiro, podem seguir por outras trilhas eletrônicas e se “ajustarem”à “consagração esmagadora nas urnas”. Talvez a pesquisa Sensus nem esteja assim tão errada. Pode ter “captado” com antecipação a tendência que, ao final, prevalecerá. 

  10. Liminar pra suspender a da petrobras tb

    Se ngada, ao menos deve ser colocado em uma etrevista ao vivo como o tse tem dois oesos eudus medidas. Se nao negado, tranquilo…

    e o direito de resposta a veja, ngm vai colocar isso pra frente?

  11. Dois pesos e duas medidas

    É engraçado, durante toda a campanha o PSDB se pautou em acusações de escândalos de corrupção, ataques à candidata do governo e pessoas próximas a ela, algo semelhante ao que aconteceu nas eleições passadas. Se incluirmos a grande mídia nesta equação fica claro que os assuntos que dominam a época eleitoral estão sendo muito mais de escândalos e pessoais do que propostas de governo, então quando o PT resolveu contra-atacar magicamente chega-se a conclusão que este tipo de campanha é inadequado, quero ver se essa mesma postura vai ser adotada com a propaganda de Aécio também. Nem sei o que vai restar, já que o principal discurso deles é “Tirar o PT do governo”.

  12. TSE diz que PT não pode dizer

    TSE diz que PT não pode dizer mais mentoras na TV, assim vai inviabilizar a campanha petista.

    Estão fazendo o MESMO jogo sujo que fizeram no primeiro turno contra Marina.

    • repetitas juvant

      Sem meias palavras, te rotular como desinformado é um elogio à ignorância, portanto não se orgulhe por este tipo de tratamento. Má-fé tampouco te pertence, pois é das pessoas muito perversas, aquelas que podem, tem um plano e uma finalidade, as que têm o verdadeiro poder.

      Para falar, escrever e divulgar bobagens os argumentos invocados devem ser apresentados como algo que na duvida possa despertar duvidas para o leitor, quase uma verdade a ser avaliada em seguida. Agora como troll de direita morta(n)dela, um goebbel caricato o efeito é: quais os idiotas que pagam este coiso?

      • Contra o PT eu sou voluntário

        Contra o PT eu sou voluntário como a maioria da internet.

        Vocês que necessitam serem pagos para defender o indefensável.

        Vocês precisam de muito dinheiro pq lutam contra a realidade.

         

        • Aliança gosta de censura, é o

          Aliança gosta de censura, é o jeito pra implantar a “sociedade libertária” defendida pelas “teses racialistas” dos nazistões do Inst. Mises, que Aliança adora. A sociedade na qual democratas, ambientalistas, homossexuais e outras pessoas com estilos de vida “não centrados na família” serão “fisicamente removidas”(está no livro do Hoppe, no qual ele condena a Democracia).

          Vai sobrar só fascistas, racistas e evangélicos fundamentalistas na “sociedade libertária” do Aliança.

    • Facil entao, eh so VOCE

      Facil entao, eh so VOCE mostrar pra gente as mentoras que o PT falou, nao eh mesmo?

      Comece por aqui entao:  QUATRO contras e um nao-voto no caso da CPMF que ela disse que apoiou e estava mentindo.

    • Peraí! O aeroporto de Cláudio

      Peraí! O aeroporto de Cláudio é mentira? Sério? Mas tem até foto. Tem até vídeo. Aparece no Google Maps.

      Esses petralhas são fogo. Conseguem falsificar tudo isso só para contar mentiras sobre esse tão honrado candidato…

      SQN.

  13. Equivale a dizer…

    … Se houver comprovação que um candidato é pedófilo, é a imprensa corporativa quem decide se o eleitor fica sabendo?

  14. PQP!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    PQP!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! TODOS OS ÓRGÃOS PÚBLICOS(?) PERTENCEM AO PSDB. E ai, alguém ainda acredita que as urnas eletrônicas são confiáveis? PQP!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Só assim mesmo para esses mafiosos ganharem eleições. É muita grana rolando e, pior, são nossos impostos indo para estes famintos, enloiquecidos para uso EXCLUSIVO do dinheiro público em suas “peripéricais” governosas. A máfia midiática, juticeira, cia, estão se lambuzando na platéia vira-lata, classe mediana estúpida e, evidentemente analfabeta política, velhaca, preconceituosa com seus filhos que são apenas cidadãos comsumidores e copiadores. Geração, túnel sem luz para quem só o dedo e carteira com gran, são seres importantes. E pior, vem os leonidas, al, da vida se vangloriando dos seus candidatos que roubam merenda escolar, mas que é proibido, pela justiciaria, o povo saber disso. Maijésus!!!!!!!!!!!!!!!1 As urnas já estão com os votos do vagabundo candidato, instalados. Nem precisar trabalhar para conseguir votos o construtor de aeroportos para uso exclusivo( e sabemos o porquê) dele e iguais, com dinheiro público. Segundo o leonidas, estamos nuna ditadura petista. Maijésus!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  15. mas não é o proprio tse que

    mas não é o proprio tse que em vez de informar o que é devido em suas propaganadas pede que se avalaie o candidato para não ter vergonha depois? E como querem que avaliem os candidatos e não pelo que já fizeram, pelas promessas? São as subterraneas questões a todo vapor………………

  16. Verdade do PT é proíbida! Mentira do Aécio pode!

    Uai! Por acaso é mentira?

    Tem mais é que cobrar explicações mesmo.

    O cara mente, mente, mente, ataca, ataca e ataca e na hora de ter que se explicar, o Tribunal tucano faz cortininha de proteção????

    Não basta a censura mineira que cerceou o trabalho de jornalistas???

  17. A JUSTIÇA INTERDITARÁ O DEBATE DE GRAVES PROBLEMAS BRASILEIROS?

    A JUSTIÇA INTERDITARÁ O DEBATE DE GRAVÍSSIMOS PROBLEMAS BRASILEIROS POR CAUSA DO COMPORTAMENTO PESSOAL DE UM CANDIDATO?

    “Á candidata Dilma Rousseff cabe debater com Aécio Neves, quantas vezes for necessário, estes graves problemas nacionais e outros, simplesmente porque isto interessa à sociedade brasileira.

    Se o candidato Aécio Neves quiser fazer dos debates um confessionário sobre a sua vida privada a respeito destes assuntos, isto é decisão e problema dele.”

    Impressionante.

    Em tudo que é publicação, acusam Dilma de baixaria, no caso a direita, ou de ter jogado pesado demais, em publicações de centro e até mesmo as de esquerda, que passam então, as últimas, a discorrer defensivamente. O que dizem é que Dilma agiu mal ou não agiu bem, aparentemente, por ter partido para o lado pessoal (?), perguntando a Aécio, na Band, sobre a Lei Maria da Penha e a violència contra a mulher, e sobre a Lei Seca e a morte de 40000 pessoas por ano no trânsito, no SBT.

    A argumentação é estranhíssima, pois nestes dois casos Dilma perguntou, sem acusações pessoais ao candidato, sobre DOIS DOS MAIORES PROBLEMAS DA SOCIEDADE BRASILEIRA NA ATUALIDADE, para os quais os governos de Lula e Dilma deram algumas soluções importantes.

    Não se pode perguntar a um candidato como ele pretende aperfeiçoar o enfrentamento destes problemas? A pergunta que se faz a quem diz que isto é um circo de horrores, ou coisa similar, é a seguinte: a discussão destes dois gravíssimos problemas nacionais está interditada numa campanha presidencial, só porque um candidato tem episódios negativos, documentados e/ou testemunhados, a respeito? Que piada é essa?

    Dilma, nas duas perguntas acima, e nas discussões posteriores, não mencionou em nenhum momento, a pessoa do candidato, ele é que, num dos casos, vestiu a carapuça, levando, aí sim, para o lado pessoal, apenas para, fingindo-se de coitadinho, atacar em seguida a candidata, de forma vil, aí sim, baixando o nível e tendo o devido cala-boca de Dilma, com educação e sem citar o candidato: “Candidato, eu não dirijo bêbada nem drogada”.

    Que culpa tem a Dilma se Aécio NÃO RESPONDE a sua pergunta e leva a discussão para outro campo?

    Observe-se um “pequeno” detalhe: a confissão do senhor Aécio só surgiu nesta questão do trânsito, algo que muitos, cinica e criminosamente, consideram “socialmente aceitável” – beber e dirigir. Mas não na questão da agressão e violência contra as mulheres pelos homens, que A SOCIEDADE NÃO ACEITA MAIS.

    Por que será, hein? Se o suposto episódio pessoal relatado de violência contra a mulher do candidato não existiu, como se espera, pois seria inadmissível, por que razão o candidato até agora, cerca de cinco anos decorridos, não processou o suposto caluniador, o jornalista Juca Kfouri, quando se sabe que Aécio Neves defende ferrenhamente a sua honra, a ponto de mandar prender e demitir jornalistas, tentar cassar mandato de deputado estadual, mandar a polícia invadir residências de cidadãos e censurar a Internet? Esta última questão também está interditada nos próximos debates, por acaso? Ou o candidato terá que honestamente respondê-la perante todos os brasileiros?

    Ainda sobre o que se pode discutir numa campanha presidencial, pode-se perguntar: está liberado o debate do mau uso documentado e/ou testemunhado de recursos públicos, EXCETO nos casos em que beneficiam diretamente as famílias de um candidato, tais como construção/reforma de aeroportos e contratação de publicidade em órgãos de comunicação destas famílias, sem saber quanto lhes foi entregue? Querem interditar também isto?

    Quer dizer então que Dilma está interditada e não pode tratar do combate ao tráfico de drogas, UM DOS MAIS GRAVES E TERRÍVEIS PROBLEMAS DO BRASIL HOJE, e citar o caso exemplar de IMPUNIDADE verificado (TODOS SOLTOS) com o episódio de helicóptero do senador Perrela e do seu filho deputado, usado no trafico de mais de 450 quilos de pasta-base de cocaína, só porque o candidato Aécio Neves tem relações políticas e de amizade com os dois proprietários, porque o candidato já tenha confessado ter consumido maconha, ou porque um jornalista paulista, Mauro Chaves, do Estadão, insinuou que Aécio Neves era consumidor de drogas, sem, estranhamente de novo, nunca ter sido processado pelo candidato, na defesa de sua honra? Brincadeira!

    Á candidata Dilma Rousseff cabe debater com Aécio Neves, quantas vezes for necessário, estes graves problemas nacionais e outros, simplesmente porque isto interessa à sociedade brasileira.

    Se o candidato Aécio Neves quiser fazer dos debates um confessionário sobre a sua vida privada a respeito destes assuntos, isto é decisão e problema dele.

  18. Denúncia do Golpe eleitoral contra a Reeleição de Dilma Rousseff

    quarta-feira, 15 de outubro de 2014

    ***

    Denúncia do Golpe Eleitoral contra a reeleição de Dilma Rousseff no Brasil

    ********************

    Intelectuais e dirigentes de organizações populares fazem denúncia acerca de uma grave ingerência do imperialismo para manipular as eleições em nosso país. Some sua assinatura clicando no link ao final da nota.

    **************

    Trabalhadores e trabalhadoras brasileiros,

    >>>>>>>>>>>>>

    Estamos diante da mais grave ameaça à nossa jovem democracia, desde o final da ditadura civil-militar na década de 80. Como no período que antecedeu ao Golpe de 1964, podemos observar grandes articulações que, neste momento, confluem para uma manipulação eleitoral antipopular que busca, com a candidatura de Aécio Neves, colocar novamente nosso país sob a administração direta do capitalismo financeiro, mais especificamente do imperialismo norte-americano.

    Os trabalhadores e trabalhadoras de nosso país que, como Tiradentes, acreditam no direito que temos de decidir os rumos de nossas vidas livres de ingerências e intervenções estrangeiras, devem estar alertas e prontos para rechaçar o golpe eleitoral que a direita colocou em execução.

    Que ninguém tenha dúvida, não se trata apenas de enfrentar as oligarquias mais atrasadas e reacionárias, que dominam nosso país desde 1500, mas de resistir às ações do imperialismo que efetivamente dirige diretamente as ações de desestabilização no Brasil.

    As eleições presidenciais de 2014 se converteram em um campo de batalha no qual se uniram para aplicar um Golpe Eleitoral os grandes empresários, os banqueiros, a grande imprensa e outros setores, nos quais as agências de espionagem e desestabilização dos Estados Unidos, como a CIA e a NSA, infiltram-se fortemente nos últimos anos.

    As ações de espionagem contra o Brasil e mais especificamente contra a presidenta Dilma e contra a Petrobras, reveladas no vazamento de documentos da NSA, não eram apenas por concorrência econômica, como muitos afirmam. Essas ações tinham o objetivo de preparar o terreno para impedir a manutenção, em nível federal, de um governo de tendências antineoliberais.

    Fez parte dessas ações a ascensão de Marina Silva à candidata presidencial, visando impedir uma vitória de Dilma já no primeiro turno. O respeitado professor e especialista em relações internacionais, Moniz Bandeira, testemunha direta e viva de diversas manobras da direita, como o Golpe de 1964, em carta aberta ao presidente do PSB, Roberto Amaral, relata ter inclusive enviado um alerta a Eduardo Campos, que deveria se prevenir. Sua experiência lhe dizia que uma ação desse tipo já era esperada e que Marina Silva não aceitaria ser apenas vice de Eduardo.

    Conforme denunciado pelo professor Theotonio dos Santos, Marina Silva, que substituiu Campos como candidata do PSB, objetivamente cumpre o papel de instrumento do imperialismo, articulada, junto a Fernando Henrique Cardoso, no Diálogo Interamericano, instituição fundada em 1982 e que, segundo texto em seu site, reúne “100 ilustres de todo o continente americano, incluindo políticos, empresários, acadêmicos, jornalistas e outros líderes não-governamentais.”  Essa organização existe para atacar as democracias latino-americanas e foi uma das articuladoras dos recentes Golpes de Estado em Honduras e no Paraguai.

    Devido ao rechaço popular às ditaduras que os Estados Unidos instauraram e mantiveram em toda a América Latina, na segunda metade do século 20, as classes dominantes não encontram apoio suficiente, nem na sociedade, nem nas Forças Armadas, para um novo Golpe Militar. Por isso, o imperialismo busca realizar um Golpe Eleitoral através de três frentes: guerra econômica, guerra midiática e  intervenções a partir de suas infiltrações na Policial Federal e em setores do judiciário.

    Guerra Econômica

    No final do ano passado, a presidenta Dilma, em sua mensagem de encerramento de ano disse:

    “Se alguns setores, seja porque motivo for, instilarem desconfiança, especialmente desconfiança injustificada, isso é muito ruim. A guerra psicológica pode inibir investimentos e retardar iniciativas.”

    A guerra psicológica é apenas uma parte de um movimento maior de guerra econômica que deve ser denunciada. Os economistas Passos, Cardoso e Brandes do DIEESE em um texto intitulado “A queda dos investimentos privados na economia brasileira nesse início de 2014”demonstram que uma taxa negativa de investimento de 2,1% no primeiro trimestre de 2014 significa que os grandes capitalistas, principalmente os de São Paulo, abstiveram-se de reinvestir o capital acumulado no ciclo anterior.

    Sem qualquer compromisso com o país, eles transferiram seus investimentos para os títulos da dívida pública dos Estados Unidos na esperança de que um baixo crescimento do PIB rendesse manchetes ruins ao governo e o forçasse a tomar medidas antipopulares em pleno ano eleitoral.

    Não podemos nos esquecer também do efeito da falta d’água em São Paulo, estado governado pelo PSDB de Aécio e Alckmin, que praticamente desacelerou a construção de novos empreendimentos nos últimos meses.

    Outra faceta da aplicação desta Guerra Econômica nestas eleições é a manipulação do mercado através das bolsas de valores, ao sabor da conjuntura eleitoral. As repentinas e acentuadas quedas e recuperações, às vezes em um mesmo dia, de ações de grandes empresas, inclusive estatais, buscam criar fatos políticos que favorecem o candidato do imperialismo, além de operarem uma transferência de recursos das mãos dos pequenos e médios investidores para os grandes especuladores.

    Um dos responsáveis por esses crimes é o megaespeculador George Soros, patrão de Armínio Fraga, indicado por Aécio Neves para assumir o Ministério da Fazenda. George Soros é conhecido por financiar ações de desestabilização em todo o mundo. Recentemente admitiu, sem o menor pudor, sua responsabilidade nos eventos que explodiram na Guerra Civil da Ucrânia, que já vitimou milhares de pessoas, principalmente civis. Soros afirmou em entrevista recente: “Criei uma fundação na Ucrânia antes de que se independizasse da Rússia. E a fundação tem operado desde então e jogou um papel importante nos acontecimentos atuais”.

    Os interesses dos Estados Unidos estão tão bem representados em Armínio Fraga, indicado por Aécio, que o ex-secretário do Tesouro americano Timothy Geithner chegou a indicar seu nome ao presidente Barack Obama para dirigir o FED (Banco Central dos Estados Unidos).

    Recentemente, Armínio Fraga criticou a política de aumento de salário mínimo, que saltou de 86,21 dólares, em 2002, quando Lula assumiu seu primeiro mandato, para 305 dólares em 2014 (valores convertidos do real). Para ele, os salários devem ser arrochados e o orçamento público e os gastos sociais, reduzidos.

    Todos se lembram do que representou o governo de FHC, no qual Armínio Fraga era presidente do Banco Central, para os níveis de salários, emprego e de escolaridade de novo povo.

    Guerra Midiática

    A grande imprensa burguesa, mais destacadamente seu maior representante, as Organizações Globo, repetem sua atuação das vésperas do Golpe de 1964. Martelam o dia inteiro manchetes sobre corrupção e inflação, seguindo exatamente o mesmo script utilizado para derrubar o Presidente João Goulart. Dilma é atacada como Jango foi pelas mesmas 9 famílias que detêm os monopólios de comunicação em nosso país.

    Essa imprensa reacionária demonstrou seu poder ao intervir diretamente, com coberturas descaradas, sobre os eventos de junho do ano passado, convertendo os protestos contra o aumento do preço das passagens em uma nova “Marcha com Deus pela Família e Propriedade”, organizada pelas senhoras ricas contra o governo de Jango 64. Com a constante cobertura e exposição, eles criaram agora o fenômeno dos Black Block, tentando criar um clima de desestabilização, além de introduzirem bandeiras conservadoras entre as pessoas que estavam nas ruas.

    Contudo, esses meios privados foram desmoralizados após o fracasso de sua campanha contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, na qual previam um clima de caos total. A organização e a realização da Copa superou outras edições realizadas na Europa. De maneira cínica, esses meios passaram a tentar associar o governo com a derrota no gramado contra a Alemanha.

    A ilustrativa pesquisa realizada pelo Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública, formado por pesquisadores da UERJ, divulgada no site Manchetômetro, demonstra claramente o bombardeio contra Dilma, por conta da desproporcionalidade em matérias negativas.

    Essas ações midiáticas, de eficiência limitada entre a classe trabalhadora, busca deixar a classe média histérica e acaba promovendo uma onda de ódio racial e social. Fernando Henrique Cardoso, líder maior do PSDB, claramente  atiça esse clima ao dizer que os eleitores de Dilma são ignorantes por ela ter vencido no Nordeste.

    As infiltrações no Judiciário e na Polícia Federal

    A terceira grande articulação da tentativa de Golpe Eleitoral em curso envolve setores do Poder Judiciário que, ao aplicarem uma política de “dois pesos e duas medidas”, buscam mudar a correlação de forças entre o PT e o PSDB em nosso país.

    O maior escândalo da história recente desse país, não apenas de corrupção, mas de entreguismo, de traição nacional, foram as privatizações das grandes empresas brasileiras como a Vale do Rio Doce e a Telebras, episódio conhecido como Privataria Tucana.

    Durante o governo Fernando Henrique, todos que exerceram a presidência do Banco Central foram envolvidos em escândalos, alguns foram condenados, mas ninguém foi preso. Gustavo Franco foi responsável pelo PROER, que destinou bilhões para bancos quebrados. Seu sucessor Francisco Lopes ficou famoso por suas íntimas relações com Cacciolla do Banco Makra, que levaram os cofres públicos a um prejuízo bilionário   durante a mega desvalorização do real após a reeleição de FHC. Nomeado em seguida, Armínio Fraga elevou a taxa de juros do país para 45%, transferindo imediatamente bilhões para os banqueiros.

    Enquanto os principais quadros do PT paulista foram presos e tiveram seus direitos políticos caçados, não podendo concorrer às eleições, o Mensalão do PSDB, o original, criado em Minas Gerais, durante o governo de Eduardo Azeredo não foi sequer julgado. Esta foi a origem do valerioduto tucano, esquema de financiamento irregular de campanhas, criado por Marcos Valério, ligado aos tucanos.

    A anulação, por parte de Gilmar Mendes, juiz carnalmente vinculado ao PSDB, da decisão unânime do TSE, por 7 a 0, de conceder direito de resposta ao PT na Revista Veja é apenas  uma demonstração a mais do compromisso de setores do judiciário com o retorno das velhas oligarquias ao poder.

    Com relação às recentes manchetes contra a Petrobras, pautadas a partir de seleções do depoimento de dois bandidos que chegaram à empresa pelas mãos do PSDB, o Conselheiro Nacional do Ministério Público, professor Luiz Moreira, realizou uma grave denúncia contra a“tentativa de interferência na disputa eleitoral (…) Há uma engenharia responsável pelo vazamento que seleciona criteriosamente que partes devem ser divulgadas e o momento adequado para que o vazamento chame mais atenção e cause mais impacto nos eleitores (…) Cria-se a sensação de que estamos num vale-tudo e que o sistema de justiça além de imiscuir-se na disputa eleitoral também não tem compromisso com a ordem jurídica.”

    Sem meias palavras, trata-se de uma tentativa de Golpe Eleitoral que se utiliza de uma cobertura de pseudolegalidade similar à utilizada no Golpe que removeu Fernando Lugo da presidência do Paraguai.

    As intervenções do imperialismo têm como objetivo impedir o surgimento de um mundo multipolar

    Mas, a mais contundente prova das ações de desestabilização que estão em curso, que não pode deixar nem os mais incautos tranquilos é a própria ação do imperialismo pelo mundo. Estamos indo às urnas em meio a diversas guerras que sangram todos os cantos do planeta.

    Quem conhece história e acompanha a intensificação dos conflitos em todo o mundo, não pode deixar de relacionar essas eleições com a conjuntura internacional.

    A Crise do Capital e seus desdobramentos, após sua contundente manifestação em outubro de 2008, voltou a colocar em xeque o mundo unipolar que surgiu após a Guerra Fria. A perda de influência dos Estados Unidos se acentuou em todo o mundo e propiciou o surgimento de diversos blocos contra-hegemônicos, como a CELAC e os BRICS, que apontam para uma nova geopolítica e para um mundo multipolar.

    Quando Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, os BRICS, reuniram-se em Fortaleza com os 33 países latino-americanos e caribenhos que formam a CELAC, logo após a Copa do Mundo, e adotaram medidas concretas contra a hegemonia norte-americana, como a criação de um banco internacional, os Estados Unidos decidiram intensificar suas ações para minar essa aliança.

    A lista de ações desse tipo do Imperialismo é gigantesca. Somente nos últimos anos, durante o governo Obama, podemos destacar, longe de citar todos os casos:

    Afeganistão: ocupação militar e desestabilização; América Latina: Criação da Aliança para o Pacífico para confrontar o Mercosul;Argentina: ação dos fundos abutres e pressão do Clarin; Bahrein: repressão contra os xiitas; Bielorrússia: manifestações contra Lukashenko; Bolívia: Bloqueio do avião de Evo Morales; Brasil: ações fascistas durante junho de 2013; China: estímulo ao separatismo;Coreia do Norte: constantes provocações e ameaças militares; Costa do Marfim: golpe de Estado contra o presidente Laurent Gbagbo;Cuba: bloqueio, desestabilização e criação da rede social Zunzuneo; Egito: “Primavera Árabe”, condução ao poder e depois derrubada da Irmandade Muçulmana; Equador: tentativa de golpe contra Correa; El Salvador: introdução de armas ilegais que caem nas mãos dos grupos de extermínio causadores da violência no país; Rússia: grupos terroristas do Cáucaso; Haiti: indicação do presidente Martelly anos após golpe de Estado; Honduras: Golpe de Estado contra Zelaya; Hong Kong: Occupy central para atingir a China; Iêmen: constantes ataques de drones; Irã: desestabilização, assassinato de cientistas e bloqueio; Iraque: ocupação militar e criação do Estado Islâmico; Líbia: bombardeios, financiamento de mercenário e assassinato de Gadaffi; Mali: guerra civil após desestabilização da Líbia; Palestina: financiamento e armamento do estado racista de Israel; Paquistão: desestabilização e constantes ataques de drones; Paraguai: Golpe de estado contra o presidente Lugo; Quirguistão: Insuflação de conflitos étnicos e divisão do país para manter a Base Aérea de Manas; Síria: criação do Estado Islâmico e guerra civil no país; Somália: desestabilização através de radicais mercenários; Sudão: separatismo e criação Sudão do Sul para repartir petróleo; Tunísia: “Primavera Árabe”; Ucrânia: Golpe e chegada ao poder de grupos nazistas; Uganda e Quênia: caso “Kony” e militarização da região; Tailândia: Golpe de Estado; União Europeia: desestabilização do euro; Venezuela: tentativa de golpes com o não reconhecimento das eleições e sabatogens econômicas.

    Resistir à direita, é, nesta conjuntura eleitoral, ser revolucionário

    Neste momento um retrocesso tático (processo eleitoral brasileiro) pode significar um retrocesso estratégico em todo o continente latino-americano, ao aumentar a pressão do imperialismo que busca destruir os processos de mudanças e as conquistas obtidas pelos povos das regiões. O sonho do imperialismo é  utilizar nosso país como plataforma de agressão contra os nossos vizinhos.

    Não existe porque hesitar em defender a candidatura de Dilma Roussef à reeleição como presidenta do Brasil. Isolar os setores mais reacionário das oligarquias, impedindo-os de chegarem ao governo é a batalha dos próximos dias.

    Além da postura altiva em defesa da soberania nacional frente às agressões imperialistas, o governo Dilma manteve no plano interno, mesmo com limitações visíveis, a defesa do emprego, a valorização do salário mínimo e a elevação dos investimentos em educação (o acesso ao ensino superior dobrou em 12 anos) e saúde (Mais Médicos), entre outras medidas. Sabe-se que, por mais importantes que sejam, essas medidas não resolveram problemas estruturais, mas contra isso se insuflam as oligarquias reacionárias, como em 1964. Ontem, como hoje,  não aceitam nenhuma reforma que altere sua lógica de acumulação. 

    Chamar o voto nulo dizendo não haver  diferenças entre os projetos em disputa, é, ao mesmo tempo, uma leitura reducionista e anti dialética da nossa realidade e a perda do bom senso contrariando a visão de todos os dirigentes dos países latino-americanos que passaram por processos revolucionários, e que torcem pela reeleição de Dilma. É uma demonstração da falta de acuidade de análise geopolítica daqueles que  nunca entenderam porque sofremos a derrota do Golpe de 1964.

    Como disse Simón Bolívar, Libertador da América Latina, “Os Estados Unidos parecem destinados pela providência a infestar a América com misérias em nome da Liberdade”. Caberá ao povo brasileiro, junto às suas lideranças consequentes, frustrar os planos daqueles que querem destruir o Brasil, pátria mãe de nossos filhos e filhas.

    Reeleger Dilma é defender o Brasil e a América Latina da intervenção direta do imperialismo norte-americano! Aluisio Pampolha Bevilaqua, editor chefe do Jornal Inverta

    Ana Alice Pereira, diretora do CEPPES

    Andre Laino, Professor da UENF

    Antonio Cícero Cassiano Sousa, diretor do CEPPES

    Gaudêncio Frigotto, professor da UERJ

    Georgina de Queiroz dos Santos, professora da UNISUAM

    Gilberto Palmares, deputado estadual PT/RJ

    Hildemar Luiz Rech, professor da FACED-UFC

    Lincoln de Abreu Penna, presidente do MODECON e professor da UFRJ

    Marly de Almeida Gomes Vianna, UNIVERSO, RJ

    Nicolino Trompieri Filho, professor da UFC

    Paulo Ramos, deputado estadual pelo PSOL/RJ

    Sandra Regina Pinto Santos, diretora geral do ISERJ

    Sérgio Sant’Anna, professor da UCM

    Theotonio dos Santos, professor da UERJ, presidente do CEPPES e da REGGEN

    Zacarias Gama, professor da UERJ  Clique aqui para somar sua assinatura a esta grave denúncia!

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    http://migre.me/mlmP8

    • A galera viu muito Arquivo X
      Qualquer um que oferecer risco a alguma eleição do PT será demonizado. Se eu, um simples analista de sistemas, fosse o candidato da vez, iriam dar um jeito de me desconstruir, assim como fizeram com a Marina. Não da pra entender essa democracia que vocês tanto defendem, onde apenas a Dilma é viável. Eu não concordo, e democracia é isso, eu achar uma coisa e vocês outra e nos respeitamos por isso. Minha esposa é Dilma, eu sou Aécio, e nos respeitamos muito. Seja lá quem vencer dia 26, a vida continua, o Brasil continua Brasil, e não deixarei de amar ninguém por causa disso. Não há golpe nenhum em andamento e parem de se lamentar como Chaves fazia, qualquer critica, qualquer derrota era golpe. Haja …

      • A vida continua, tá! Mas de

        A vida continua, tá! Mas de que jeito? Entregaremos o que temos de mais valioso aos estrangeiros, as universidades voltarão a ser sucateadas até que privatizem tudo. Os programas sociais serão aos poucos cortados e a inflação corroerá nossos salários. Quem fala dessa forma, “a vida continua e não há golpe nenhum em andamento”, ou não sabe o que o país passou nas mãos de outro neoliberal ou não tem a mínima noção de país, de brasilidade. O tucano FHC pelo menos tinha um verniz de professor, soiólogo, e este agora, é uma vergonha. Que Deus nos livre desse cidadão!

      • Desconstrução da

        Desconstrução da Marina?

        Onde? De que forma? Ninguém fala.

        O que se vê é a Marina lépida e fagueira, feliz da vida com seu desempenho. Tal qual em 2010. 

      • Boa Bertoni, gostei. O Aécio

        Boa Bertoni, gostei. O Aécio ganha e continua tudo igual no Brasil, nada está em jogo é apenas uma disputa tal qual jogo de futebol (de varzea) ou de qualquer outro esporte!  Rapaz, acorda e segue a sua mulher, que parece ser inteligente e quem  gerencia a casa – ainda bem -, pois de outra forma essa já teria ido para o brejo, considerando que você vota desde garotinho no arrocho, no desemprego, na inflação e na truculência. 

        Marina, meu caro, desmoronou de podre, uma pessoa que diz que para segurar a inflação vai criar um conselho, e que vai governar só com os bons, o que você acha? Precisa de alguém desconstruir?

        Rapaz, com essa sua inocência – ou estupidez política mesmo – uma hora dessas nem papai noel vai acreditar mais em você e aí, velho, adeus presentinhos de fim de ano chegando no trenó!  Larga esses computadores, esses folhetins semanais, essa tv e vai ler algo que preste, quem sabe ainda há esperança para essa mente embotada!

    • NÀO ACREDITO NA ISENÇÀO DE NINGUÉM NESTA ELEIÇÀO

      MAIS UMA:

      TSE SUSPENDE NOVO TRECHO DA PROPAGANDA DE DILMA

      O texto informava que o candidato Aécio Neves (PSDB) construiu um aeroporto em terreno de sua família e mantinha as chaves “nas mãos de seu tio”, em referência ao aeródromo na cidade mineira de Cláudio; a propaganda, veiculada na quinta-feira (16), não pode mais ser exibida, segundo decisão do ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto; o plenário do TSE decidiu firmar novo entendimento sobre conteúdos da propaganda, que agora deverão ser baseadas em propostas de governo e não em ataques pessoais(Brasil247)

      18 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 11:57

      Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil

      O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu nesta sexta-feira (17) trecho da propaganda eleitoral da coligação Com a Força do Povo (PT, PMDB, PSD, PP, PR, PDT, PROS, PCdoB e PRB). O texto informava que o candidato Aécio Neves (PSDB) construiu um aeroporto em terreno de sua família e mantinha as chaves “nas mãos de seu tio”. A propaganda foi veiculada na quinta-feira (16). O trecho não pode mais exibido.

      Na decisão, o ministro explicou que o horário eleitoral gratuito “não pode ser desvirtuado para realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário, nem é justo que o ofendido tenha de utilizar seu próprio tempo para se defender de ataques pessoais, em prejuízo de um autêntico e benfazejo debate político”. O candidato Aécio Neves também requereu direito de resposta, mas o pedido ainda não foi julgado.

      Na sessão de quinta-feira, o plenário do TSE decidiu firmar novo entendimento sobre conteúdos exibidos durante a propaganda eleitoral gratuita. Na ocasião, o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, alertou que as campanhas políticas deverão ser baseadas em propostas de governo e não em ataques pessoais.

       “O TSE reformula jurisprudência anterior, permissiva em matéria de propaganda eleitoral gratuita, caminhando no bom sentido de estabelecer que, nos programas eleitorais gratuitos, as propagandas têm de ser programáticas, propositivas. O debate pode ser ácido ou duro, mas relativo às questões programáticas e de políticas públicas”, salientou Toffoli.

  19. golpistas de plantão. Quantos gilmares existem no judiciário?

    Pensando bem mal, o que será que nos covescotes este Aético prometeu para esta farça.. ops.. judiciário!

  20. Liminar ser derrubada

    Esta liminar provavelmente será derrubada pelo pleno do Tribunal, pois a sua manutenção configuraria um ataque à democracia.

    Uma campanha se faz pela apresentação de projetos e discução de competências para implementá-los. Ora, se o tema da corrupção for proíbido, a debate será apenas em torno de ideias maravilhosas, sem nenhuma consideração sobre a eficácia e a idoneidade dos métodos. Um prato cheio para os demagogos.

    • Olha, Valdecir. Ainda bem que

      Olha, Valdecir. Ainda bem que você ainda acrdita que o plenário possa suspender essa coisa absurda. Mas, daqui que vistam a toga, semtem nos seus tronos e comecem a votar, já estaremos em 2018, no mínimo. Espero que você esteja certo.

  21. Um total absurdo. Um

    Um total absurdo. Um despautério sem tamanho. Se a imprensa publica por que não pode ser ecoado pela propaganda eleitoral? 

    Isso se caracteriza como censura prévia, um atentado à liberdade de expressão. O TSE acaba de criar uma jurisprudência perigosa, além de anti-democrática, Qual o critério a ser usado para se saber o que é “propositivo” ou não? 

    Trata-se, no caso dos aeroportos, de FATOS, não de boatos ou ilações. 

    Muito pior, mil vezes pior, é a utilização dessas denúncias feita por um delator num processo sigiloso sem que as partes referenciadas possam nem saber do que estão sendo acusadas. 

    A justiça brasileira quer ser mais realista que o rei,

  22. E é esse TSE o responsável

    E é esse TSE o responsável pelas urnas. 

    Não é a toa que aconteceu o que aconteceu no primeiro turno.

  23. TSE reedita os Santinhos na TV, da ditadura.

    Invelizmente a decisão liminar do ministro vem embasada na decisão do pleno sobre o tema, que opôs Gilmar Mendes a Tofoli. Desgraçadamente a população não agora não pode conhecer os “feitos” e “Mal feitos” dos candidatos e candidatas, pois o glorioso TSE acba de baixar a ditadura e a sensura, como jamais ví em um Estado Democrático de Direito. Cabe agora ao PT encaminhar, tambem em carater liminar suspensão de qualquer referencia que possa cacterizar como propaganda não propositiva, que a meu juízo é quase tudo, ou é ferramenta fundamental no embate entre propostas. A nós eleitores resta a elmbrança da propaganda na TV na época da ditadura, época dos famosos santinhos na TV.  

  24. Depois do Manchetômetro temos agora o Justiçometro

    Depois do Manchetômetro temos agora o Justiçometro

    Que vergonha, ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, que cheiro de podre.

    Sinceramente, pensei que a censura política tinha acabado com a ditadura, e vejo que o senhor a está restaurando. Que vergonha.

    O que o senhor fez com a decisão do TSE, da qual o senhor provavelmente tomou parte, e que, por 7 a 0, deu à campanha da Dilma o direito de resposta a uma calúnia da revista Veja. O senhor sabe que o ministro do STF Gilmar Mendes, monocraticamente, no triste papel de Chicaneiro-Geral da República que exerce tão diuturnamente, a engavetou?. O senhor acha justo que este crime eleitoral só seja reparado nas calendas, após a eleição?

    O seu tribunal, ministro, pode ser anulado por um único ministro do STF, sem que o senhor, o presidente do TSE, e seus demais colegas, não demandem do presidente do STF uma posição a respeito disto?

    Que justiça é a sua, ministro, que permite deixar impune uma calúnia mentirosa de uma revista, e impede que a verdade factual seja exposta ao povo brasileiro por qualquer uma das candidaturas?

    Me desculpe, senhor ministro, mas não tenho como ocultar o que sinto: a vingar isto, sua justiça é uma justiça de merda.

  25. “realização de críticas

    “realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário”. “Imagem pessoal”como? Uso de dinheiro público em proveito próprio, privado, é algo que vai muito além da pessoalidade de Aécio, que é homem público. Aliás, se sua pessoa fez o que fez, sua imagem como pessoa pública é de corrupto, nepotista, patrimonialista, etc. 

  26. Desculpe, mas vão para a PQP!

    Desse jeito, fica difícil. Quando o TSE milagrosamente dá uma decisão favorável ao PT (o direito de resposta na veja), vem o Gilmar Dantas e proíbe, na prática, o seu cumprimento. Aí, o PT dá publicidade a FATOS CONCRETOS e DOCUMENTADOS de improbidade administrativa de um candidato à presidência da república e vem o TSE e proíbe a divulgação desses fatos? Tem um nome para isso: CENSURA PRÉVIA. Ao que eu saiba, isso, sim, é proibido.

  27. Frouxidão do PT!

    Caiu a máscara de vez! O TSE entrou na campanha eleitoral a favor do candidato Aécio Neves. Esse tribunal acaba de instituir censura-prévia e ainda pior do que a ditadura, pois é de forma disfarçada. Pelo menos a ditadura foi curta e grossa: tem censura, prendo, bato e arrebento! Cadê o PT? O partido tem que interpelar com urgência essa decisão monocrática desse juiz e solicitar ao pleno do TSE que julgue isso liminarmente, para ontem… Quer dizer então que a midia, O MPF, o MPE, o PSDB podem fazer todas as ilações possíveis e impossíveis contra o PT, inclusive neste caso mais recente da Petrobras, e as coisas que são verdadeiras tais como o aeroporto de Cláudio e Montezuma, não podem ser propagadas para que o eleitor saiba em quem está votando? Necas de catibiribas? Ô partido de frouxos esse PT, PQP! Rui Falcão, estamos em uma guerra, cara! Acorda! O tempo está correndo. A moleza do PT é por culpa dessa direção paulista, feita de frouxos e subservientes a tudo.

  28. O tse (em minúsculas mesmo)

    O tse (em minúsculas mesmo) pode proibir a propaganda de tocar no aeciporto. O que não vai é conseguir que o assunto morra. Para isso estamos nós, que vamos comentar no FB, por e-mail, boca a boca… e no debate Dilma pode enquadrar novamente o playboy. Vamos à luta!

  29. É o Pré-Sal, estúpido!

    Sabem porque essa eleição está tão acirrada e os ânimos tão exaltados? Pergunte a CIA e aos americanos. É o Pré-Sal, estúpido!

  30. O GOLPE ESCANCARADO CONTRA A DEMOCRACIA

    O GOLPE ESCANCARADO CONTRA A DEMOCRACIA

    Se havia alguma dúvida de que existe um golpe em andamento no Brasil, o ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto acabou de tirar a máscara e o assumiu explicitamente.

    Se todas as atitudes grotescas do poder Judiciário neste sentido, há vários anos, tentavam mascarar com “tecnicalismos judiciais” dos mais variados tipos esta farsa, o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto jogou às favas todos os escrúpulos, e assumiu o papel de Senhor Golpe.

    Deixem de ser canalhas, senhores: cancelem a eleição e assumam que estão começando uma nova ditadura no Brasil.

  31. Hoje um amigo petista, sim

    Hoje um amigo petista, sim existe gente boa no PT ainda, me informou com a devida tristeza no olhar que um dia antes da eleição, o PT vai distribuir panlhetos apócrifos com acusações falsas contra Aécio.

    Eu perguntei, foi para isso que você lutou, foi para isso que você se filiou ao partido. 

     

     

    • Acusações como a história do

      Acusações como a história do aeroporto de Cláudio?

      É mentira essa história, Aliança?

      Bom, natural que o fascista do INstituto Mises defenda a censura, essa é a sociedade “libertária”, baseada em “teses racialistas”, que o Aliança sempre defendeu.

    • Hoje um amigo de direita,

      Hoje um amigo de direita, sim, existe gente boa na direita, me informou com a devida tristeza no olhar que em todas as eleições, inclusive nesta, os reacionários espalharam e espalham boatos e mentiras. Ele me disse que o plano agora é espalhar o boato de que na véspera da eleição serão distribuídos panfletos apócrifos com acusações falsas contra Aécio.

      Eu perguntei, pra que tudo isso? Só pra privatizar a Petrobras, paralizar a infra estrura e destruir as conquistas sociais da população mais pobre? Foi pra isso que você leu Reinaldo Azevedo, Josias de Souza e Demétrio Magnoli e assistiu o William Waac, o Marco Antônio Villa e a Sheherazade na televisão?

       

    • repetitas juvant

      Sem meias palavras, te rotular como desinformado é um elogio à ignorância, portanto não se orgulhe por este tipo de tratamento. Má-fé tampouco te pertence, pois é das pessoas muito perversas, aquelas que podem, tem um plano e uma finalidade, as que têm o verdadeiro poder.

      Para falar, escrever e divulgar bobagens os argumentos invocados devem ser apresentados como algo que na duvida possa despertar duvidas para o leitor, quase uma verdade a ser avaliada em seguida. Agora como troll de direita morta(n)dela, um goebbel caricato o efeito é: quais os idiotas que pagam este coiso?

  32. Essa foto é melancólica: um

    Essa foto é melancólica: um aeroporto que, a valores de hoje, custou 19 milhões de reais, com um velho portão enferrujado e um cadeado, servindo apenas aos Neves  e sabe Deus a quem mais. Esse o tipo de coisa, o povo não pode saber sobre os tucanos, mas se souber, não pode falar nada, nem um pio, para não cansar a beleza do jovem playboy. As provas estão lá, a foto é uma, Minas sabe da verdade, o pais inteiro agora sabe. Mas não pode falar.

    Enquanto isso, os tucanos podem repetir, ad eternum, as palavras de um alcaguete de baixo nível, desde que seja contra o PT. 

  33. Já estou em outro estágio

    Como a Dilma já perdeu essas eleições, agora fico imaginando no que esse país vai se transformar. A quebradeira vai ser geral (não vai demorar) e o PIG vai dizer que tudo está uma maravilha. O povo como sempre vai acreditar em tudo enquanto o fumo vai entrando com areia. Vou ironizar muita gente que vai votar no noia depois que perder o emprego  e muito provavelmente vai passar fome. A roubalheira vai ser em escala astronômica e nada vai acontecer porque temos uma justiça exemplar do lado dos tuCANALHAS fascistas. Para piorar os tucanalhas vão ganhar na capital de SP e os do PT que ganharam serão massacrados. Gravem essas minhas palavras.

    • A VOLTA DOS DITADORES

      Penso como você.

      A ditadura já está de volta antes mesmo de abrirmos as urnas.

      Vão fechar blogues, a censura já tá comendo. Tenho avisado há mais de um ano que o Serra perto desse coronelzinho é um Santo. Ele é perverso, tem sangue ruim, sádico e vingativo. Vai arrebentar todos que o criticaram. 

      Agora proibiram também o vídeo a jornalista que estava denunciando a censura em Minas.

      Vão entregar o Brasil pros mafiosos. 

      É hora de chorar lágrimas de sangue.

  34. Notável quando aparece uma

    Notável quando aparece uma notícia dessas no blog a ressurreição das viúvas da udn nos comentários.

    Dá para saber quem votou contra e quem votou a favor?

    Isso vale para a mídia também ou é só contra o PT? 

  35. Faz tempo que eu sei que a

    Faz tempo que eu sei que a justiça tem lado, e não o do povo. Do povo ela só quer o salário.

  36. Tadinho do Aeroporto de Cláudio

    Ninguém visita nem usa mesmo e, agora, nem publicidade vai ter o tal de Cláudio.

    Mas, é tanto o nepotismo dessa turma, que até um parente do Espirito Santo foi pego: Afonso Cláudio, município onde foi pego o Helipóptero dos Perrella. Cuidado com quem se chama “Cláudio”

     

  37. AécIo – 5 do TSE
    Isso é

    AécIo – 5 do TSE

    Isso é CENSURA, mas deve-se questionar sua efetividade, em tempos de internet, essa CENSURA descarada do TSE vai servir apenas para instigar o interesse da população pelo aécioporto cenurado. Precisa meter a boca no trombone, alardear a censura, juristas, intelectuais emitirem notas de repúdio contra a censura. Se como candidato Aécio já está censurando todo mundo, como fazia em MG, imagine presidente. Vai transformar o país numa ditadura censurada.

  38. A ditadura voltou?

    A decisão de ontem foi ditatorial, vai contra a liberdade de expressão no debate político. Não há ofensa pessoal em se cobrar explicações administrativas de um candidato a presidente que construiu um pequeno aeroporto em cidade pequena. Essa conduta foi amplamente exposta e questionada pela imprensa que apontou a permanência das chaves do aeroporto com o tio de Aécio. Esse tio é dono das terras desapropriadas e não se conforma com a indenição de um milhão de reais que o governo de Minas quer pagar. Fatos públicos que podem e devem estar na propaganda política da Dilma. Cercea-la traz a lembrança da ditadura. Uma vergonha. Não se invade a pessoa de Aécioe/ou do tio. Onde está a ofensa pessoal? Mais um ato que aumenta a descrença do povo nosso judiciário. 

    • Meu filho, o Milton

      Meu filho, o Milton Nascimento e o Roberto Brant hoje são cabos eleitorais do mineiro carioca.

      Eles não respresentam mais nada.

       

      Só salvou o CHICO BUARQUE, este tem lado, tem personalidade, tem vergonha na cara.

      O resto foi comprado. Não são inocentes,  são mal intencionados mesmo.

      • A música é do Chico e do Gil

        Os dois estão com a Dilma

        Pobre Milton não sabe quem é aécio, ele que foi proibido pela ditadura de ver o filho por décadas, duvido que saiba que aécio entrou na vida pública por meio de seu pai membro da ARENA da ditadura, em mais um caso de nepotismo.

  39. O TSE chutou o pau da

    O TSE chutou o pau da barraca, não tem como segurar, essa censura vai instigar o interesse da população pela história, e deixar claro o papel da Justiça brasileira na resistência à vontade democrática.

  40. Não há mais justiça, há um

    Não há mais justiça, há um partido togado, de oposição ao PT. Rodrigo Janot deu 60 dias para investigar o avião de Marina, e até agora, nada. O avião caiu em 13 de agosto, há mais de dois meses. E agora esse escárnio de que a camanha tem que ser propositiva… Aécio Neves usa dinheiro público para se dar um aeroporto e a justiça, em vez de apurar o caso, proíbe que se fale dele.

  41. Bandidos de toga

     Neto defendeu que os programas eleitorais devem ser “propositivos” e não usados para a “realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário”.

     Isso só vale prá Dilma, só quero ver é o TSE nos proibir de falar a verdade nas redes sociais. Mas não estranho nem um pouco que o TSE esteja engajado na campanha de Aécio, pois sempre esteve, como pode estes ministros sem noção nos tratar como se fôssemos crianças ao mesmo tempo em que faz propaganda subliminar para Aécio Neves, a este respeito, leia isso http://www.josecarloslima85.blogspot.com.br/2014/10/o-discurso-mudancista-servico-de-aecio_7.html

  42. O TSE tomou o mesmo partido

    O TSE tomou o mesmo partido das grande mídia nas eleições.

    A propaganda política era a única forma de romper a blindagem da imprensa sobre a sujeira do PSDB. O TSE fez o serviço de bloquear essa possibilidade.

    Para lembrar que a democracia em que vivemos é na verdade a ditadura do capital

  43. Um tremendo GOLPE na

    Um tremendo GOLPE na incipiente democracia deste país. É inaceitável o que estão fazendo para destruir o partido que melhor governou o país nos útlimos 100 anos. Raça maldita do inferno.

  44. Parcialidade Explícita

    Já viram a Veja desta semana? Já viram a repercussão entusiasmada na mídia oligopolizada? Provas, que é bom, não há, mas isso, além de poder, ainda é aplaudido e conta com a participação ativa de procuradores e juizes, que se encarregam dos vazamentos seletivos. Contra o candidato intocável não sai nada. E se o PT ou a campanha de Dilma tiverem a ousadia de denunciar alguma coisa, vem logo a proibição. É “isenção” demais. Parafraseando aquele âncora admirador dos garis: I s t o  é  u m a  v e r g o n h a ! ! !

  45. Dias Tofoli segue divergência aberta p/Gilmar Mendes sempre eles

    Agora Dilma só conta com a lucidez do povo.

     

    TSE muda entendimento sobre propaganda ao conceder liminar a Neves

    Comentarista destrincha a gambiara jurídica que prejudica Dilma, com divergência aberta por Ele gilmar mendes e com o voto do fraco presidente do Tse sr. dias toffoli matéria do Conjur primeiro o comentário

    “CURIOSO E GRAVE.

    Willson (Bacharel): Decisões importantes, que beneficiam o psdb contra o PT, tem divergência iniciada sempre pelo mesmo ministro, cuja origem… E os demais ministros acompanham obedientes a essas viradas repentinas de jurisprudência, em momento final e delicado da campanha, quando detalhes importantes da vida dos candidatos, finalmente encontram espaço para divulgação. Cuidado, senhores ministros, para não serem tidos como linha auxiliar da oposição”

    Matéria:

    17 de outubro de 2014, 14p5As propagandas eleitorais gratuitas devem focar em questões do programa de governo e políticas públicas e não servirem para ataques pessoais. O entendimento foi firmado pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta quinta-feira (16/10) ao determinar a suspensão de uma propaganda eleitoral gratuita da candidata à Presidência Dilma Rousseff.

    A coligação do candidato Aécio Neves ingressou com representação no TSE pedindo a suspensão da veiculação de trechos de propaganda eleitoral gratuita em bloco, feita em rádio, no dia 15 de outubro. No pedido, os autores alegaram que a coligação da candidata Dilma Rousseff atacou sua honra ao afirmar que Aécio agiu como “no tempo da ditadura” quando governou Minas Gerais. O programa tem o depoimento da ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais Eneida da Costa.

    Por 4 votos a 3, o TSE acolheu a solicitação do tucano e suspendeu a publicidade da petista.O relator ministro Admar Gonzaga, votou no sentido de indeferir a liminar, no que foi acompanhado pelas ministras Maria Thereza de Assis Moura e Luciana Lóssio. Os demais ministros seguiram a divergência aberta pelo ministro Gilmar Mendes que apontou que o TSE tem a responsabilidade institucional de propor uma nova concepção do modelo político eleitoral.

    Novo entendimento
O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, afirmou que, no julgamento desta representação, “a corte reformula uma jurisprudência anterior, permissiva em matéria de propaganda eleitoral gratuita, caminhando no bom sentido de estabelecer que nos programas eleitorais gratuitos as propagandas têm que ser programáticas, propositivas, e que o debate pode ser ácido ou duro, mas relativo a questões programáticas e questões de políticas públicas”.

    http://www.conjur.com.br/2014-out-17/tse-muda-entendimento-conceder-liminar-aecio-neves

     

     

  46. Nossa justiça está podre

    Nossa justiça está podre totalmente.  Absurdo total uma atitude dessas…..quando até de fdp nossa presidenta foi chamada.  Tá dominado….toda esféra judicial desse país está dominada!! 

  47. Vamos ser propositivos

    Ok!!! Vamos ser propositivos.

    Dilma deveria começar dizendo  que vai combater a corrupção também nos Estados, afinal eles recebem recursos federais.

    Combater corrupção é algo propositivo.

    Dilma poderia prometer, então, que iria demolir inteirinho o aeroporto da cidade de Claudio, um aeroporto construído por Aécio Neves nas terras de sua família para uso da sua família.

    Em seguida, ainda de forma propositiva, Dilma poderia prometer levar para a cadeia gente corrpta, como Aécio Neves. Sim, porque esse caso do aeroporto da cidade de Claudio, não pode ficar por conta só da improbidade administrativa.

    Também propositivamente, Dilma prometeria fazer o mesmo em São Paulo com relação ao caso do Metrô.

    Talvez a propaganda ficasse até mais eficiente.

     

  48. ONDE ESTÁ O CONGRESSO E A BASE ALIADA?
    Não é mais possível que na atualidade ainda haja cargos com

    __VITALICIEDADE

    __INAMOVIBILIDADE

    Ninguém aqui está propondo em retirar a segurança que existe hoje em torno dos cargos do judiciário. Porque os integrantes da Justiça realmente precisam dessas prerrogativas, para que exerçam suas funções de forma independente. Entretanto, não podemos deixar que essas duas prerrogativas acima sejam absolutas. Senão, voltaremos para a idade média.

    Não é mais possível que integrantes do judiciário que cometeram casos de corrupção, como o Demostenes, sejam condenados a uma aposentadoria compulsória de cerca de 30 mil. Esse é o motivo do povo nas ruas. Isso é um gravíssimo desrespeito aos cidadãos, que pagam seus impostos, e se vêem obrigados a sustentar verdadeiros crápulas, que se corromperam, e ainda querem viver às custas do povo. Esse Congresso tem a obrigação de se posicionar firmemente sobre esse vexame, e varrer essa injustiça de nossa legislação; sob pena de perdermos o controle das ruas, e do país.

    Qualquer cidadão que receber dinheiro do Estado, se for pego cometendo corrupção, deve perder todos os seus direitos à remuneração. A vitaliciedade e a inamovibilidade assim, seriam relativas; e na prática deixariam de existir. O que de modo algum interferia na independência desses cargos, que passariam a depender exclusivamente de si mesmos. E se não agirem com o decoro exigido, estarão provando que de nada podem servir à sociedade, que tem o direito de destituí-los. Estamos falando não apenas em casos de corrupção comprovada, porque nem tudo se pode comprovar na Justiça, e a sociedade não pode ficar à mercê de uma dúvida. Se há fundada suspeita de que algum integrante do judiciário agiu em desacordo com o interesse social, ele deve ser posto em julgamento popular. Porque o interesse social é um bem muito mais precioso que a própria independência do judiciário, que mesmo assim, não seria afetada.

    Podemos citar o absurdo caso do mensalão, onde os juízes, que passaram esse processo uma década na frente dos outros, deveriam ir para julgamento popular. É claro que o mensalão precisa ser julgado, e quem deve, precisa pagar; mas é um absurdo retirar os réus do DEM e do PSDB do processo, e não acelerar igualmente os processos em que eles estão envolvidos, como o do BANESTADO, a lista de Furnas, a compra da reeleição do FHC, e o próprio mensalão tucano. Nosso STF virou um PICADEIRO DE CIRCO, ao agir dessa forma. e precisamos dar um basta nessa palhaçada. Assim como o caso do Gurgel, que agiu com extremo rigor (Há denúncias de que houve inclusive ilicitude.) contra um segmento político; mas por outro lado protegeu a outros. Afinal, que tipo de país queremos construir desse jeito? É um escândalo atrás do outro, o povo está nas ruas, tomou a corrupção como seu maior problema, e exige uma REFORMA POLÍTICA, como solução para tudo isso. As vergonhosas nomeações políticas dos juízes de nossos tribunais precisam ser substituídas pela eleição popular desses juízes, ou pelo menos com uma eleição classista, que envolvesse todo o judiciário. Esse é o momento de passarmos o país a limpo, e não podemos fugir de nossas responsabilidades.

    E digo mais, não apenas por corrupção ou suspeita de corrupção o povo deve ter direito de destituir os integrantes de seus cargos, mas também por incompetência. Porque quem paga o salário deles é o povo, que deve ter direito de desfazer esse contrato, toda vez que não estiver mais satisfeito. Podemos ver um exemplo gritante, onde os juízes poderiam ir a julgamento popular, no caso do ficha limpa. O ficha limpa é uma emenda constitucional, e ao final vem escrito: REVOGAM-SE OS DISPOSITIVOS EM CONTRÁRIO. Ora, se o próprio povo criou essa lei, e determinou que sua aplicação é imediata; Quem são os juízes para dizerem o contrário? Esse é um caso de absurda afronta ao interesse social. Não apenas a decisão deveria ser possível de ser cassada, mas até mesmo os juízes (Embora fosse muito mais difícil.), que vergonhosamente defenderam essa tese, e contribuíram irresponsavelmente para a disseminação da corrupção em todo país.

    Deixo aqui um estudo sobre o RECALL – REFERENDO REVOCATÓRIO:

    Esse é um dos instrumentos de democracia direta, onde o povo pode propor por iniciativa popular e decidir no voto a cassação de integrantes dos poderes da nação e decisões do judiciário. Na Irlanda, exige-se apenas 500 mil assinaturas dos eleitores para isso.

    Quem quiser saber tudo a respeito, tem essa tese de
    doutorado da USP, um presente de Caio Marcio de Brito Avila à democracia brasileira:

    http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/2/2134/tde-08032010-094820/pt-br.php


    Resumo em português
    Trata a presente tese de estudo acerca do instituto denominado recall, existente nos Estados Unidos da América do Norte, que constitui mecanismo que permite a destituição de autoridades públicas e a revogação de decisões judiciais, por meio de decisão popular. O ineditismo da tese decorre do aprofundamento que se fez sobre o tema, bem como da análise minuciosa sobre as condições de aplicação desse instituto no Brasil. Para compreensão integral do objeto em análise, inicialmente, buscou-se compreender o fenômeno da representação política, não só sob o aspecto jurídico-formal como também pelo aspecto histórico, político e social. As teorias acerca da representação política são abordadas dentro de uma perspectiva evolutiva, histórica, desde os seus traços primitivos nas sociedades antigas, passando pelas instruções e mandato imperativo do período medieval, até as concepções de Hobbes, Locke, Burke e Siéyès, não deixando de lado as posições mais modernas e os dilemas existentes sobre o tema. Busca-se também a essência desse mecanismo denominado recall. Para tanto, torna-se obrigatória a passagem pelas suas origens e pela sua configuração jurídica, que se encontra relacionada com o princípio federativo, os sistemas eleitorais, sua caracterização como direito político, instituto de democracia participativa e semidireta, bem como seu caráter sancionador e como forma de expressão da oposição política. Faz-se, além disso, uma análise comparativa do recall no direito contemporâneo. Inicialmente focando o instituto nos Estados Unidos da América do Norte, pelo âmbito de aplicação do instituto na Federação norte-americana, as hipóteses e procedimentos de cada Estado-membro (onde se permite o instituto) e os resultados gerais de sua aplicação. Analisar-se-á, outrossim, institutos semelhantes ao recall existentes em outros sistemas jurídicos. Ao final, será tratada a questão relacionada ao recall e o sistema jurídico brasileiro, apresentando-se a história da revogação do mandato político no país, o panorama jurídico pelo aspecto federativo e dos sistemas eleitorais, bem como as condições para viabilizar a aplicação do instituto no Brasil. Tudo isso, para se demonstrar que o recall deve ser um mecanismo democrático a ser utilizado por eleitores responsáveis contra eleitos irresponsáveis.”

    Vocês tem ideia do quanto seríamos respeitados, se tivéssemos direito de nós mesmos cassá-los?

    Será que continuariam a proteger os corruptos e segurar sem julgamento vários processos, como o de Furnas, Banestado, reeleição do FHC, etc?

    A PEC 33

    Os políticos fizeram a PEC 33, um verdadeiro avanço. Porque ninguém merece ficar à mercê de uma Justiça dessas. Os próprios integrantes mais sérios do judiciário devem ser os primeiros a defender sua democratização. Porque profissionais competentes, honestos, e dedicados, só tem a ganhar com a moralização desse poder. O único problema da PEC 33 é que esqueceram do povo. E porque será que saíram às ruas?

    FALTOU A INICIATIVA POPULAR PARA PROMOVER O RECALL

    Nos EUA os juízes só podem se encontrar com uma das partes do processo mediante agendamento, e a presença da outra parte. Isso nos tribunais inferiores, no STF deles nem essa prática é permitida. Aqui temos visto juízes subindo em palanque político, junto com os principais inimigos, e articuladores da cassação dos réus do mensalão; é homenageado, vira orador:

    http://wwwterrordonordeste.blogspot.com.br/2013/04/joaquim-barbosa-no-palanque-de-aecio.html

    (Essas fotos já andaram pela internet inteira, e ninguém a contestou. Se forem falsas, por favor nos avisem.)

    Mas que tipo de Justiça é essa?

    Que futuro daremos aos nossos filhos com um país assim?

    A PEC 33 em si é muito oportuna e necessária. Obviamente que não há inconstitucionalidade alguma nessa nova lei. Ao Congresso cabe fazer emendas à Constituição, e essa não fere em nada a independência dos poderes. Já que em última instância, será o POVO quem dará a palavra final. Será que o STF tem algo contra o POVO?

    A

    VERGONHA

    está nessa cultura fortemente enraizada em nosso meio político. Não dá para entender, não aceitam emancipar o povo, que é tratado como retardado, e incapaz. Querem que as pessoas sejam suas eternas dependentes. Srs. Políticos, onde o povo foi emancipado, é onde existem os mais altos padrões de vida do mundo.

    PORQUE A PEC 33 TAMBÉM NÃO PREVÊ O RECALL DAS DECISÕES DO JUDICIÁRIO POR INICIATIVA POPULAR?

    ONDE ESTÃO NOSSOS MELHORES PARLAMENTARES?

    Afinal, será que é pura hipocrisia mesmo? São esses que dizem respeitar e lutar pelo povo, e agora perdem a oportunidade de entregar a esse mesmo povo o direito de cassar nossas aberrações jurídicas, como aquela que atrasou em 2 anos a aplicação do ficha limpa, e tantas outras que deixam políticos e corruptos sairem impunes de suas falcatruas?

    Os americanos já fazem uso desses instrumentos de DEMOCRACIA DIRETA desde o século 18, os suíços desde o século 13, quando boa parte do povo nem sabia ler. O RECALL é um processo público e oficial, com ampla publicidade. O tema é debatido nas TVs, e conta com a colaboração de nossos melhores especialistas. O que estamos esperando? Perder o controle do país, levar um golpe e ver um retrocesso de tudo o que foi conquistado até agora? Emancipem logo a população, para que o próprio povo possa se defender sozinho da corrupção. Esse é o maior legado que podemos deixar às futuras gerações de brasileiros. Se não fizermos isso imediatamente, todas as nossas conquistas estarão ameaçadas. Não podemos ser tão irresponsáveis.

    Vejam como o povo participa nas nações mais prósperas, fazendo plebiscitos, referendos, e recalls, desde o munícipio, até a esfera federal:

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=301437356658600&set=a.300951956707140.1073741826.300330306769305&type=3&theater

    NA ARGENTINA, QUE SE TORNOU UM PAÍS DESENVOLVIDO, O POVO ELEGERÁ OS MEMBROS SUPERIORES DO JUDICIÁRIO:

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/reforma-do-judiciario-e-aprovada-pelo-senado-argentino

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=301765136625822&set=a.300951956707140.1073741826.300330306769305&type=3&theater

    Vejam como é na Suécia:

    http://www.youtube.com/watch?v=IfolW9l3YeE

    Olhem o absurdo dos absurdo:

    http://jornalggn.com.br/noticia/juiza-que-mandou-menina-para-cela-masculina-e-nomeada-para-vara-de-crimes-contra-a-crianca#comment-form

    O QUE MAIS DEVEMOS ESPERAR?

  49. contra dilma e o governo

    contra dilma e o governo progresssita,, pode.

    contra aécio, não.

    que isonomia é essa?

     

  50. Se  isso serve para o

    Se  isso serve para o aeroporto, serve também para as acusações de Aécio, haja vista que são ilações, citações sem provas, na ânsia de querer ser isento demais esses ministros acabam metendo os pés pelas mãos.

  51. Só pelo post, vi 2 temas que

    Só pelo post, vi 2 temas que não podem ser falados: aeroporto de Claúdio (pode o de Montezuma e de Itabira?) e perseguição a jornalistas em MG. Não vi menção ao que o bicudo não pode falar contra a Dilma. Deve estar tudo liberado. E, mais curioso: só se incomodaram com o “nível” do debate e falta de propostas depois que a Dilma começou a usar a mesma “técnica” do adversário. Então, retiro tudo que ando dizendo sobre o menino do Rio (isso pode?). Elé é uma gracinha, tetáisda mamãe e do papai, do avozinho, do titio. É o rapaz mais esforçado que já ouvi falar. Trabalhava em Brasília e estudava no Rio! Um fenômeno. Enfim, é o melhor candidato para entregar nosso pré-sal, promover o desemprego e o arrocho salarial, aumentar os impostos e, finalmenete, não ser responsabilizado por nada. Afinal, que iria governar seria a irmã dele. Esse judiciário só nos mata de vergonha, raiva e desperança.

  52. WuaUaAuahAahaHaahAhaUahaWaahAhaUha

    O ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto…WaahAhaUhahAha…defendeu que os programas eleitorais devem ser “propositivos”… AuahAahaHaahAhaUe… não usados para a “realização de críticas destrutivas… HaahAhaUahaWaahAha… da imagem pessoal do candidato adversário”.

    WuaUaAuahAahaHaahAhaUahaWaahAhaUhaWuaUaAuahAahaHaahAhaUahaWaahAhaUha

    Ai ai… Quase caio da cadeira de tanto dar risada.

     

  53. Aeroporto do Aécio

    A divulgação do fato de que Aécio construiu aeroporto nas terras do titio afeta a imagem “pública”do candidato. Afinal, foi como homem público, lidando com dinheiro público, que ele agiu, em benefício dos seus familiares e em seu próprio benefício. Lamentável, senhor ministro.

  54. Se isso não é um escândalo,

    Se isso não é um escândalo, não sei mais o que seria. Mas me parece que é o desdobramento natural do “linchamento” ocorrido na AP 470, onde foram permitidas/aceitas/aplaudidas TODAS as barbaridades jurídicas que vimos, da denúncia à determinação das penas. Estou absolutamente boquiaberta com a desfaçatez, o cinismo, a cara de pau, seja lá o nome que tenha esse ato vergonhoso. E tudo por causa de um pré salzinho de nada…pelo qual ninguém se interessa. Ah! é só porque está prometido desde 2010. Promessa é dívida.

  55. Eu falei, eu falei, lá atrás,

    Eu falei, eu falei, lá atrás, que o slogan deveria ser “nenhum passo para trás”, mas o BOBÃO do João Santana não alcançou…

    …Mais rico ele vai ficar, sabemos…

    • Acabei de ver

      Acabei de ver na TV propaganda do playboy do Leblon falando sobre a Petrobrás e responsabilizando Dilma. E mesmo que o PSDB não diga, seu representantes, a mídia, como um jogral, fará o serviço. E o ministro do TSE e, parece, seus pares, pensam que todo o mundo é idiota.

  56. o TSE já elegeu o Aécim, os

    o TSE já elegeu o Aécim, os jornalistas mineiros não podem falar do dito cujo, a Dilma não pode falar da pista de pouso (porque aquilo não é aeroporto) de Cláudio (tudo bem, fala do de Montezuma). Eles devem avisar ao Aécim que não deve fazer ilações sem provas, isto é ataque pessoal, mas sim fazer propostas concretas. Ele também não pode chamá-la de leviana, isto também é ataque pessoal.

    Onde foi parar o DIREITO DE RESPOSTA DO PT CONTRA A VEJA que o pleno do TSE votou em favor do PT? Ah, esqueci, o STF também já elegeu o Aécim.

    Eles estão brincando com o povo brasileiro. 

  57. O STECG Extrapola E Se Desqualifica

    O STECG (Supremo Tribunal Eleitoral da Casa Grande) se desqualifica e se descredencia, ao emitir decisões casuístas e totalmente espúrias, alienadas da sua função. O Tribunal Eleitoral não pode pautar o debate. Pode, quando muito, conter o excesso, ainda sob o risco de casuísmo. Não é sua função e eles têm (ou, devê-lo-iam) consciência disto. O Domínio de Fato e a Delação Premiada foram conspurcados por estes tribunaizinhos, de homúnculos, pois eles perderam o restinho de compostura que a direita jurídica ainda parecia ostentar. Posso estar errado, mas, doravante, sempre que se vir a aplicação destes dois “métodos de obtenção de provas” haverá descrédito, com relação aos seus reais propósitos. Infelizmente, esta parece ser a nossa “contribuição jurídica” para a humanidade. Direito Aplicado…

  58. que falta faz uma republica a este pais

    minas e manos,

    tem gente para tudo neste pais. somente aqueles que acreditam que papi noel eh o menino jesus velho eh que podem levar a serio esta conversa mole de “maneira propositiva”.

  59. T S E C E N S U R A O PT
     

    T S E   C E N S U R A  O  PT

    O TSE proíbe ao PT fazer acusação e divulgação contra a oposição!

    e nem fazer critica

    O PT tem que so divulgar material propositivo. Ou seja, o PT não pode desvirtuado do que ele o TSE define e homologa como material propositivo.

    A Oposição fico blindada pela censura!

    ainda tinha de ver a censura voltar a calar a politica!

  60. Fica assim: divisão de

    Fica assim: divisão de trabalho. A grande mídia pode fazer a baixaria que quiser contra a Dilma e o PT. Pode fazer, e faz. Fica por isso mesmo. Ficha falsa da Dilma, moralidade seletiva, divulgação seletiva de delação seletiva, calúnia, difamação… O papai Gilmar Mendes e o titio Fux seguram toooodas as ondas pra gente. Os coleguinhas do TSE vão e seguram as marolinhas. Aí o PT fica proibido de reagir. Só pode fazer campanha mansinha, como as mocinhas devem fazer: gentis, submissas, educadinhas em colégio de freira! Revidar no mesmo nível? Nananinanão. Tá proibido! Campanha tem que ser “propositiva”! KKKKK! O Aécio pode “propositivar” a mentirada que quiser, prometer uma tonelada de ouro para cada pobre do Brasil se for eleito, que fica tudo na boa pra ele! E não queira a Dilma mostrar que ele é um sociopata, mentiroso compulsivo, nepotista, ditadorzinho de MG… Nossos cumpinchas do TSE proibiram. Agora, a Dilma vai ganhar campeonato moral, campeonato de bons modos, campeonato de doçura… mas eleições, deixa que o Aecim ganha pra nós, da Elite Escravagista. O PT vai ter que aceitar quietinho a pecha de Partido dos Corruptos; a nossa Justiça tá aí pra impedir os petralhas de mostrar os muuuuuitos e muito maiores podres do PSDB. Ora, o que não sai na Globo não existe, sabiam, seus bobocas? Ai, que loucura. Essas eleições vão acabar me fazendo esgotar todo o estoque de maizena dos armazéns aqui perto de casa…

  61. O BRASIL ESTÁ PERDENDO A REFERÊNCIA!

    Onde está a bancada petista e da base aliada no Congresso?

    Quando o Senado tomará vergonha na cara, para acabar com as palhaçadas da justiça?

    Se isso não é caso para se cassar um juiz, o que seria preciso para tal? Será possível, que agora um candidato não poderá mais denunciar o outro? Onde estamos? Se existem fatos comprovados, que desabonem qualquer candidato, o horário eleitoral existe justamente para que sejam esfregadas em sua cara.  Se um juiz perdeu a razão, não é possível, que o país inteiro deva acompanhá-lo.

    O Senado já se omitiu no caso do mensalão, quando devia ter cassado o Joaquim Barbosa. Não porque processou e prendeu alguns políticos, mas sim porque deixou de fazer o mesmo com os réus do PSDB. Esse tipo de coisa tem um nome, chama-se

    INJUSTIÇA,

    FALTA DE VERGONHA NA CARA,

    coisas que não podem ser admitidas. Um sujeito que recebe uma fortuna por mês, não pode fazer palhaçadas como essa, e a da separação dos réus no mensalão. Na medida em que aceitamos esse tipo de arbitrariedade injusta, vamos perdendo a referência do que é certo e errado.

    Isso se reflete em todos os âmbitos, onde vemos políticos como o Romero Jucá e o vice do Aécio, Aloysio Nunes, articulando para que as iniciativas populares de lei não tramitem em regime de urgência; relatório de projeto de lei determinando inconstitucionalidade do referendo revocatório de mandato; partidos rachados, como o PSB, que poderia despontar como uma grande força política e nova referência nacional, mas acabou apoiando o Alckmin em São Paulo. Chegamos a ver o senador do PT, Lindberg Farias, tirar nosso direito ao referendo da PEC 03/2011. Tudo bem que foi fritado e ignorado pela Dilma, mas o que estou tentado dizer, é que ele deveria ter sido expulso do partido, assim como o Romero Jucá do PMDB, e esse juiz do TSE. Quanto mais admitirmos injustiças, mais elas surgirão.

    Esse é um caminho muito perigoso, porque a política perde todo o prestígio que tem junto ao povo. O cidadão está cada vez mais desinteressado por política. E protestos acabam surgindo a cada momento. Aparentemente não há nenhum risco imediato, mas se enfrentarmos uma crise profunda mais à frente, estará preparado o ambiente para um novo golpe, frente ao nojo que o povo tem tomado dos políticos. Parece incrível, mas quando chega perto das eleições, todos se acotovelam pelos nossos votos. Só que eles não se esforçam minimamente, durante o exercício do mandato, para serem uma referência ao povo. Esse país está vivendo um perigoso processo de completa perda dos valores morais. Aonde vamos parar com isso?

  62. Mas agora o programa

    Mas agora o programa eleitoral do PT vai ficar do jeitim que o Nassifinho gosta: beeeem docinho e gentil. KKKKK!

  63. TSE Censura PT

    Isso deve ser para justificar o trabalho deles, já que ganham muito e muito (pouco) fazem, todos os dias eles terão uma causa para justificar-se.

     

  64. TSE Censura PT

    Isso deve ser para justificar o trabalho deles, já que ganham muito e muito (pouco) fazem, todos os dias eles terão uma causa para justificar-se.

     

  65. Tá certo. Como não é verdade.

    Tá certo. Como não é verdade. Não existem nem aeroporto nem fazenda nem perseguição ajornalistas…   kkkkkkkkkk

  66. o Aecio tem toda a grande

    o Aecio tem toda a grande midia acusando sem provas , mas a midia não pode acusar com provas no proprio horario eleitoral. me lembro que na eleição de 2006 não tinha um comercial que não citava o Dirceu ou Paloci, tinha até um comercial que era um monte de dominos derrubando varias figuras do PT. e ninguem reclamava

  67. Eu tenho 44 anos

    e respeito a Dilma e o Lula, mas vou confessar que ambos são dois cagões. Já passei fome e hoje não tenho medo de quem quer que seja. O PHA já tinha alertado o Lula e a Dilma que a mesma a classe média (que saiu da merda no governo  Lula-Dilma) iria derrubá-los sem a lei do marco regulatório da imprensa. Hoje eu entendo o porque o Serra é FDP. Hoje eu vejo que ele é inteligente, pois o povo adora se fuder. Eu como ateu agi como um idiota ou como um cristão. É a Evolução. É Darwin.       

  68. Há também censura da Globo

    Quem viu o ato de Dilma com os artistas e intelectuais no teatro Casagrande percebe a ausência de atores da Globo no programa eleitoral. Cadê o Paulo Betti, Zé de Abreu, etc? Só se vê o Osmar Prado que me parece sem contrato em vigor na platinada.

    Como a notícia da censura  foi veiculada há um mês e não houve desmentido até agora, não seria o caso da Dilma questionar nos debates (último bastião da democracia na grande mídia brasileira) o porquê de Maria Padilha, Luiz Fernando Guimarães e outros ”intelectuais” globais declararem seus votos em Aécio no horário tucano?

    Cadê a democracia e a imparcialidade constantes nos manuais divulgados há algum tempo pela Globo? Isso é importante quando lembramos que  FHC deu entrevista chamando o eleitor de Dilma de desinformado. O eleitor ainda indeciso – portanto sem grande nível de politização – necessita que seus ídolos do dia a dia legitimem seu voto na Presidenta.

    Alô, Joaõ Santana!!!

  69. DESÂNIMO E INDIGNAÇÃO!
    Desanimo e Indignação!dom, 19/10/2014 – 06:13 Desde quando denunciar e levar ao conhecimento público, ações de improbidade administrativa, desvios de dinheiro público para fins particulares e atos de corrupção de todos os modelos e feitios – cuja mídia esconde em seus telejornais diários, a não ser que sejam os que ela defende a todo custo – sobre a vida pública de quem disputa no voto popular, um cargo de Prefeito. governador, Presidente, Parlamentar, é falar de vida pessoal? Vida pessoal é o que se refere a quaisquer atitudes ou comportamentos que só digam respeito aquela pessoa e a mais ninguém, como por exemplo: qual sua religião, se é homossexual ou não, se é católico ou evangélico, se gosta de louras ou morenas, é se casado, ou solteiro, se é feio ou bonito, magro ou gordo, nordestino ou sulista, enfim, e até nesse departamento, FHC entrou, ao dizer que a Presidente Dilma estava gordinha, fazendo chacota. e não se ouviu uma pequena critica por parte da “Justiça Eleitoral”, assim como, sobre o fato de várias vezes durante o debates Aécio ter partido par a agressão pessoal, chamando a Presidente de mentirosa e leviana,  coisa que ele já havia feito com Lucina Genro.. Mandar a presidente da Republica tomar no cú, ou chama-la de filha da puta, como fez o médico, depois que ela passou mal no debate, nada disso, é considerado ofensa pessoal, mas dizer que o Aécio Neves é um dos políticos mais cretinos que o Brasil possui atualmente, apesar de todas as provas de sua honestidade, incompetência, desequilíbrio mental, enfim, um individuo completamente despreparado para governar um pais, isso não pode. Talvez fosse melhor não ter uma Justiça Eleitoral, incompetente ou vendida, afinal a única decisão a favor do PT que foi o direito de resposta na Revista Veja, Giilmar Mendes desmanchou com uma única cantada. Esta nossa Nação, composta pela “brava gente brasileira”, apesar de todos os esforços empreendidos em 12 anos, pra mudar sua imagem, de paiséco de 5º categoria como disse Chico Buarque, parece continuar sendo a “república das bananas”, e com um povo que ainda vive intensa e profundamente seu complexo de vira-lata! É lamentável e odioso o que acontece no Brasil. Temos o Poder Judiciário tão corrupto que dá nojo, talvez por isso, não podem julgar atos de corrupção, como os de Aécio Neves e, de muitos outros políticos, seus aliados! Afinal, para julgar quem está errado, é preciso ter moral para fazê-lo, e uma toga sobre os ombros nunca de um nem dará moral nem ética, porque estes são valores quem veem de dentro para fora e não o contrário. P. S. Luís, por favor desconsidera o primeiro, tem erro demais. Grata.

  70. Aécio e seus comparsas podem

    Aécio e seus comparsas podem usar pessoas para dizerem inverdades nas propaganda; podem desferir golpes de toda sore contra Dilma, e até mesmo chamá-la sistematicamente de leviana e mentirosa. Dois pesos e duas medidas vemos novamente.

    A justiça brasileira, seja numa ou noutra esfera está sempre mostrando que tem um lado, o lado dos tucanos. Uns fazem isso abertamente, seguindo a imprensa, ou de mãos dadas com ela, outros, como Dias Toffoli, faz de conta que está querendo o melhor para o sistmea eleitoral Como diz o carioca: “Me engana que eu gosto”.

  71. Propostas e avaliação curricular, fundamentos para escolha.

    Espero que advogados do PT recorram de forma mais combativa a isso.

    A decisão do TSE ignora o fator ilusão em sua sentença, e obriga o eleitorado a simplesmente acreditar nas propostas sem, no entanto, poder avalizar o passado administrativo do(a) candidato(a).

    A importância de se produzir, e garantir, uma avaliação da administração pública passada de postulantes a cargos públicos, viabiliza democraticamente uma possível desilusão frente às propostas apresentadas. É, portanto, um recurso do eleitorado em busca de maior garantia de desempenho público.

    Se o TSE não possibilita isso, ele, então, comete a arbitrariedade em detrimento do livre exercício da escolha pelo leitorado, obrigando-o a apenas fiar-se em propostas. É, portanto, inconstitucional e fere inequivocamente o amadurecimento e exercício democrático, que deve ter em sua base, repito, além das propostas, que podem ser ou não ilusões, possuir também um marco regulador que proporciona uma preavalição de desempenho administrativo. Ora, não é pelo currículo que, também, se mostram os postulantes enquanto bons administradores? E, nas contratações de trabalho, não são exigidos os currículos dos feitos passados? Portanto, e em específico, o caso do aeroporto é de suma importância avaliativa, pois questiona fundamentalmente a capacidade de visão administrativa do postulante, ou seja, a sua capacidade de interpretação de uma obra, visto que realizar uma obra assim, sem a demanda exigida para um aeroporto, deveria ser um critério para que um bom administrador a recusasse. Portanto, a decisão do TSE antes de levantar a questão de ataque pessoal, está, na verdade, escondendo a falha adminisrativa de Aécio. Pois, não se questiona a utilização corrupta dos recursos, mas sim a má utilização destes, ou o mau feito administrativo. O TSE rasgou a toga de sua credibilidade democrática ao obrigar uma semiótica para o eleitor decidir o voto, que deveria ser respaldado em plena liberdade avaliativa, recursada, ou garantida, pelo estado e a lei eleitoral. Uma vergonha para a República e um marco antidemocrático nas eleições de 2014. O recurso cabe perfeitamente, pois a abordagem é sobre a má administração, e não o uso corrupto do dinheiro público.

  72. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome