Após 1 ano e 3 meses, Moro manda PF devolver iPad dos netos de Lula

 
Jornal GGN – O juiz Sergio Moro atendeu apelo feito pelo ex-presidente Lula durante depoimento sobre o caso triplex, em Curitiba (PR), e mandou a Polícia Federal devolver o iPad dos netos do petista. A decisão ocorre mais de 1 ano e três meses após a ação de busca e apreensão em endereços ligados a Lula, no âmbito da operação Aletheia, deflagrada em 4 de março de 2016.
 
Em despacho assinado no dia 19 de maio, Moro lembrou que Lula “reclamou” da apreensão de aparelhos eletrônicos de seus netos e solicitou devolução diretamente ao juiz.
Ele disse desconhecer o fato de que os pertences das crianças estavam em posse da PF e apontou que, se isso ocorreu, foi porque os agentes também não sabiam do conteúdo dos dispositivos.
 
“Não tem este Juízo notícia de tal apreensão, mas se ocorreu deve ser tributado ao desconhecimento pelos agentes policiais do conteúdo dos aparelhos eletrônicos.”
 
“De todo modo, poderia a Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva ter requerido diretamente à autoridade policial a sua devolução, já autorizada pelo trecho acima destacado”, disse Moro, lembrando que quando autorizou a operação contra Lula, em fevereiro de 2016, ele já havia pré determinado “a devolução de documentos e de equipamentos de informática se, após seu exame, constatar que não interessam à investigação”.
 
“Apesar disso, continuou o juiz, “para evitar maiores delongas, deverá a autoridade policial informar se identificou, na apreensão, os referidos aparelhos pertencentes aos netos do investigado e, se positivo, para que promova a devolução mediante termo no prazo de 10 dias.”
 
GRAVAÇÃO DA CONDUÇÃO COERCITIVA
 
No mesmo despacho, Moro deu por encerrada a polêmica em torno da gravação da condução coercitiva de Lula pela Polícia Federal.
 
Disse o juiz que a PF fez as imagens para se proteger de “eventuais falsas acusações de abusos” durante a operação e afirmou que não existem provas de que o conteúdo foi entregue, de fato, à revista Veja ou à produção de um filme sobre a Lava Jato. 
 
“Caso isso seja constado adiante, serão apuradas as responsabilidades dos agentes policiais que tenham eventualmente divulgado indevidamente essas imagens. Por ora não há providências a tomar”, finalizou.
 
Moro reafirmou, contudo, que não pode impor “censura” a meios de comunicação para previnir eventual vazamento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Criminalistas e defensores públicos lançam "O livro das suspeições" de Moro

14 comentários

  1. “não há prova que as imagens foram entregues a Veja” PROVAS???

    Ele cita claramente “NÃO HÁ PROVAS CONCRETAS”… sério isso???

    O juiz Moro, ou está fazendo piada, ou ele é um narcisista delirante que não tem a mínima auto-crítica:

    -MORO NÃO VIROU O SÍMBOLO MÁXIMO DA CONDENAÇÃO SEM PROVAS???

    -COMO PODERIA HAVER PROVAS SE ELE NÃO PEDIU NENHUM TIPO DE INVESTIGAÇÃO???

    Esse mesmo teatrinho vai se repetir mais quantas vezes na Lava-JAto????

    -MORO NÃO INVESTIGA ALGUMA DENÚNCIA E DEPOIS ENCERRA POR FALTA DE PROVAS E EVIDÊNCIAS… QUE ELE MESMO NÃO MANDOU INVESTIGAR.

    -MORO SEGUE INVESTIGAÇÕES CONTRA DESAFETOS MESMO NÃO HAVENDO NENHUM TIPO DE PROVA OU DENUNCIA… BASEADO EM MANCHETES E FOFOCAS.

  2. Espera aí!…

    “Disse o juiz que a PF fez as imagens para se proteger de “eventuais falsas acusações de abusos” durante a operação”.

    Primeiramente, nem ponho “juiz” aí em cima entre aspas porque a esta altura do campeonato não se faz necessário.

    Em segundo lugar: Moro agora usurpa a competência (ou o dever se explicar-se) da Polícia Federal? O hábito é assim tão arraigado?

    Ô Moro! E teu amigo Dória, hein? Está vivendo uma nightmare factory…

     

  3. O torquemada piscou, mas condenação De Lula é certa

    Prezados,

    A cada dia fica mais evidente o caráter criminoso não apenas do agente da CIA-NSA-FBI-DoJ, conhecido em Pindorama pela alcunha de sérgio moro, mas de todos os comparsas dele nas ORCRIMs intitucionais formadas por agentes públicos da burocracia estatal (PF, MP, PJ FFAA) cooptados pelo alto comando internacional, em que se destaca a Fraude a Jato.

    Essa ‘piscada’ do torquemada não é a primeira; talvez não seja a última. A paciente e super-competente defesa técnica feita pelos advogados do Ex-Presidente Lula não só desnudou sérgio moro e comparsas, como expô suas fragilidades, incoerências, arbitrariedades, abusos e ilegalidades criminosas. A reclamação na ONU colocou os olhos  e os holofotes da imprensa internacional em sérgio moro e comparsas.

    O golpe de Estado está devidamente desmascarado no mundo inteiro. As ações político-partidárias de toda a Fraude a Jato, sobretudo tomadas pelo “juiz” que a representa, estão escancaradas. As fotos risonhas, os convescotes e os eventos de que participaram sérgio moro e políticos tucanos – como Aécio Cunha, João Dória Jr. e Pedro Taques  – e as homenagens que sérgio moro recebeu dos veículos Globo ou mesmo do Exército – quando foi flagrado em cumprimento risonho e servil a Michel Temer, hoje na iminência de ser denunciado por obstrução de justiça, corrupção passiva, abuso de poder e formação de quadrilha – minam qualquer resquício de credibilidade que pudesse restar ao “juiz” da 13ª VJF de Curitiba ou a qualquer dos componentes lavateiros do núcleo curitibano.

    É nesse cenário de ‘fim de feira’ que, contrariado, sérgio moro publica o despacho, para que sejam devolvidos os aparelhos eletrônicos dos netos do Ex-Presidente Lula. Mas nem mesmo essas humilhações e evidências de práticas criminosas serão capazes de demover sérgio moro de entregar a encomenda: condenar o Ex-Presidente Lua, apesar de não ter conseguido obter qualquer prova objetiva contra o Ex-Presidente da República.

  4. Uma reclamação a menos.

    Fica faltando apenas:

    Reconhecer que gravou a presidenta e enviou à globo, acusa o Lula sem provas e diante de provas testemunhais universais que ele é inocente,  ordenou a prisão coercitiva do LULA, considerou tudo que o pt (só o pt) recebeu de contribuição como propina, condenou o J Dirceu porque achou que se ele recebeu e deu nota fiscal do seu trabalho é porque devia ser dinheiro roubado, mil vazamenteo ilegais, mil vazamentos meticulosamente seletivos, etc e etc.

    Acho que devolveu os ipads para mostrar o equilíbrio de suas ações, prova que “não tem lado”, já que do “outro lado” ele já havia liberado o passaporte e agora também já liberou a própria senhora de sua excelencia o ex deputado eduardo cunha. Apesar, considere-se, que o cunha andou falando, perguntando, mal de sua excelêcia o presidente temer.

     

     

  5. “Não tem este Juízo notícia

    “Não tem este Juízo notícia de tal apreensão, mas se ocorreu deve ser tributado ao desconhecimento pelos agentes policiais do conteúdo dos aparelhos eletrônicos.” Se os agentes desconhecem o conteúdo porque apreenderam? E o que fizeram nesse tempo todo que não apuraram o conteúdo? Ou a apreensão e retenção estão na mesma condição da ilegal condução coercitiva feita só para humilhar Lula e sua família.

    Por esse despacho se vê que não há um mínimo de profissionaismo e ética na ação desses lavajateiros. Apenas maldade e perseguição. Eu acuso: esses homens maus mataram D. Marisa.

  6. Coração de Mãe!

    Nassif: sempre te disse que esse Savonarola dos Pinhais tinha o coração doce. Ficou endurecido quando foi requisitado pela CIA e instruído pela diplomata Ayalde, aquela que depois de promover a balbúrdia no Paraguai foi destacada para auxiliar Caranguejo, MT e seu bando, bem como os militares brasileiros, e que agora dirige nossa Nação diretamente do Comando Sul do Exército norteamericado.

    Veja que nessa recaida ele teve a benevolência de mandar os Sabujos devolverem os telefones do netos de Nove Dedos, pois neles não estava anotado ou escondido qualquer código de conta secreta ou de caixa 2. As crianças ficaram 12 meses sem seus joguinhos eletrônicos (dizem que os telefones só continha isto). Mas não vem ao caso…

    Aliás, dizem também que ele só não devolveu antes porque Mineirinho, Carcamano da Moóca, Aluisin 1mi e o Intelectual Tardio estavam relutantes em consentir. Você sabe que essa coisas partidárias judiciais têm de ser decidida em conjunto.

    E como consta do meigo despacho autorizador, os Sabujos, mesmo contrariados, vão perminitr que os meninos continuem com seus joguinhos midiáticos. Só terão que atualiza-los Que nem no Jujdiciário…

  7. Imagine, “moro” diz que não

    Imagine, “moro” diz que não conhece fatos de ato que determinou em processo que dirige diretamente como juiz (manda fazer e não confere o que foi feito, como deveria fazer por dever funcional. A lisura das diligência e atos processuais são importantíssimos para a seriedade do processo, para o sistema processual e garantias coletivas e individuais) e, ao reverso, entende que Lula é responsável por atos de subalternos  e funcionários federais, ou de empresas estatais, ou de autarquias federais de todo o país, ou seja, por tudo que ocorreu durante seu governo…

  8. A PF

    não vai devolver os objetos furtados que o amigo do traficante/assassino e esposo da ladra mandou devolver.

     

    A PF pediu mais tempo pois até agora não encontrou imagens dos pedalinhos na lagoa

  9. E os equipamentos do Eduardo Guimarães???

    Mais um ano ou dois para devolver?

    Imagina… Moro diz não lembrar do Eduardo Guimarães, o que dirá dos equipamentos!

    ô sujeitinho doente esse tal de Moro. Exame de sanidade mental JÁ!

  10. “ACORDÃO”: COMEÇA O FIM DA LAVA JATO (“TOO BIG TO FAIL”)

    “ACORDÃO”: COMEÇA O FIM DA LAVA JATO (“TOO BIG TO FAIL”, ESTÚPIDO!)

    Por Romulus & Núcleo Duro

    – A Medida Provisória que permite ao Banco Central celebrar acordos de leniência – secretos! – com os Bancos muda o jogo.

    – Esvazia sobremaneira o poder de chantagem da Força Tarefa da Lava a Jato – e de Palocci! – sobre o Mercado: a “bomba atômica” está em vias de virar uma…

    – … biribinha (!)

    – Esse fato – tomado isoladamente – é ruim para o PT. E para Lula (!)

    – Mas…

    – Sempre se pode contar com a estupidez dos Procuradores de Curitiba. Eles que – até agora! – ainda não entenderam que o Acordão é…

    – … I-NE-VI-TÁ-VEL!

    – Por quê?

    – Ora, “é o too big to fail, estúpido!”.

    – No caso, literalmente “estúpidos” M E S M O.

     

    LEIA MAIS »

     

  11. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome