A ‘inguinorança’ de O GLOBO

Por Odonir Araújo de Oliveira

Nassif, quem vivenciou a angústia da professora Heloísa Ramos, com as críticas levianas feitas a seu livro didático pela mídia, vale ler isso que meu irmão, engenheiro mecânico, pouco afeito a escrever, passou a fazê-lo, posicionando-se na mídia, após o massacre equivocado feito ao livro.

Segue a página de O GLOBO.

Odonir

Caros amigos, há poucos dias a rede Globo desprestigiou uma grande educadora através de todo o seu poder midiático. Foi uma guerra de “ingnorantes” daqueles que falam..”menas”,”houveram” e outras sandices. Agora gostaria de aplicar o propósito do livro que é o de ouvir e, se “errado, ensinar a lingua culta, propiciando àqueles menos favorecidos o novo saber.

Caro Redator do jornal O GLOBO, edição de 23/06/2011, que na capa escreve “TRICAMPEÃO SOB AS BENÇÕES DO REI”

“Senhor Redator, eu sei que o senhor usa esse plural de BENÇÂO ai na sua comunidade, mas a palavra correta na lingua culta é BENÇÂOS e não BENÇÔES. Por favor, transmita isso aos Marinho”.

Odecio

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A história não oficial dos 70 anos da TV brasileira, por Luís Nassif

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome