Os degradantes comentários de Boris Casoy na CNN

Pelo que deu para intuir sobre a CNN Brasil, deve ter caído a ficha sobre a bola fora. Mas cada dia de Boris nunca é mais, é sempre menos no índice de credibilidade da emissora.

Confesso que, até ele ser convidado pela CNN para o quadro Liberdade de Expressão, não tinha mais assistido a Boris Casoy. Não me animava a assisti-lo na Record ou na Rede TV, por saber das suas análises, de pouca profundidade e excesso de preconceito. Preferia lembrar os tempos de Boris diretor de redação da Folha, inexpressivo mas divertido. Tinha por hábito periodicamente dar um “balão” (aquele movimento de agarrar a pessoa, cair de costas e levantá-la com a perna) em Paulo Sérgio Scarpa, algo impensável para alguém com o cargo, a corpulência e um problema na perna, como Boris.

Mas sua performance hoje, na CNN, é um dos episódios mais vergonhosos que assisti nos últimos tempos em emissoras jornalísticas. Coloco a CNN nesse grupo de emissoras jornalísticas, ao lado da Globonews, da Band, em contraposição ao que é feito na Jovem Pan, Redetv e outras.

Em qualquer hipótese, jamais poderia imaginar uma emissora jornalística  permitir tal baixaria, como o comentário de hoje de Boris.

 Alexandre Garcia tinha seus problemas, especialmente com as notícias falsas sobre o Covid. Mas jamais chegou aos níveis de baixaria de Boris.

Não é apenas o preconceito, é o absoluto desrespeito a qualquer princípio jornalístico.

A ideia do contraponto – em Liberdade de Expressão – é interessante e a CNN conseguiu, em alguns momentos, colocar frente a frente conservadores e progressistas com capacidade de formular idéias e juntar informações.

No dia a dia, há comentaristas conservadores preparados na CNN – como William Waack -, na Globonews – Demétrio Magnoli – que trazem conteúdo relevante.

Boris passa longe disso. É ignorante nos conceitos; não se baseia em informações. E recorre a algo impensável em qualquer emissora séria: a difamação.

Em seu comentário de hoje, acusa José Dirceu de embolsar dinheiro de propina pago pelas empresas de ônibus de Santo André. Como é possível afirmação de tal gravidade não vir amparada de nenhum dado, nenhuma evidência?

Depois, desmente Dirceu e Guido Mantega – que garantiram jamais terem sido convidados para ministros de Lula, nem terem essa ilusão. Então qual a razão de Lula ter escolhido Mantega para o artigo na Folha, sobre a economia com Lula, indaga ele?

Ora, qualquer dos bons analistas da CNN sabe que a escolha de Guido foi justamente para não dar nenhuma indicação sobre a área econômica. Há vários grupos disputando a indicação de Ministro da Fazenda.  Lula definiu que Mantega iria escrever o artigo justamente porque ninguém, com um mínimo de informação e dedução, apostaria nele para o cargo de Ministro.

Mas Boris apostou, comprovando um nível de desinformação chocante.

Dos Estados Unidos, a CNN trouxe o método de checagem. Cada informação exclusiva de seus repórteres e comentaristas é submetida a uma checagem, para garantir sua consistência. Como permite, então, a enxurrada de difamações, informações falsas, deduções indevidas, do titular de um programa de destaque?

Pelo que deu para intuir sobre a CNN Brasil, deve ter caído a ficha sobre a bola fora. Mas cada dia de Boris nunca é mais, é sempre menos no índice de credibilidade da emissora.

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

MARCO PAULO VALERIANO DE BRITO

- 2022-02-06 13:45:18

A desqualificação picareta do Boris é potencializada pela âncora desse programa CNN BRASIL. O fato é: por que ainda se perde tempo de ficar vendo essa TVs brasileiras?

Marcio

- 2022-02-02 10:44:28

O Nassif ainda tem Estômago pra "Enfrentar" esses Goiabas...... Vida longa ao Nassif.....

Carlos Alberto dos Santos

- 2022-02-02 09:55:40

Crápula, sabujo, mau caráter, mentiroso, decadente, uma verrrrgooonhaaa!

Alvimar Peres

- 2022-02-02 09:14:48

Também fiquei horrorizado com o comentário, uma pessoa com a vivência profissional, não deveria falar tanta besteira

Frederico Firmo

- 2022-02-01 19:43:27

A imprensa ainda está na inércia lava jatista. Boris sempre mentiu e sempre foi superficial . Tão superficial quanto arrogante. Mas agora mostra falta de inteligência, pois não percebeu que os ventos estão mudando. Ele continua o mesmo, mas se olhasse para o lado veria com seus amigos de sempre Waack, Mirian Leitão Lo Prete Cantanhede estão vagarosamente mudando o rumo da prosa. Boris prefere como Alexandre Garcia continuar na mesma trilha.

Vladimir

- 2022-02-01 18:50:35

A demência, que atingiu esse sujeito ainda na juventude, só piorou com a idade. Mesmo assim,ainda insistem em contrata-lo. O grande problema com o presidente Lula e com o PT foi que esse sujeito foi colocado na sua insignificância e,com isso, impedido de dizer que falou com uma importante autoridade de Brasília, como fazia com o mais bicudo dos emplumados. Ficou sem notícias e com a demência avançada, passou a ser um fofoqueiro a mais nessa lama que é a mídia golpista.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador