Milho verde quebrado e servido no mesmo dia, por Luciano Hortencio

Milho verde quebrado e servido no mesmo dia

por Luciano Hortencio

Milho verde quebrado e servido no mesmo dia!

A meu modo de ver, a comparação com o o milho verde quebrado e utilizado no mesmo dia é a mesma que se faz entre a galinha pé duro, caipira, criada nos quintais com milho e insetinhos que escavouca ciscando nos terreiros e a galinha de granja.

Tanto o milho de irrigação quanto a galinha de granja são saudáveis e absolutamente bons para serem servidos à nossa mesa, porém jamais terão o sabor do milho verde tirado do roçado e comido no mesmo dia ou da nossa galinha pé duro, aquela que bota os ovos com a gema bem encarnada.

Hoje à tarde fui convidado pelo amigo Marcos Antonio para comer milho verde em sua casa. Em lá chegando, vi que haviam espigas tanto para serem cozidas, quanto para uma bela canjica. Em uma parceria mútua conseguimos nosso intento. O resultado aí está.

PS: Encomendas só previamente agendadas…

COISAS QUE O TEMPO LEVOU!

Luiz Vieira – MILHO VERDE – Luiz Vieira – Zé do Norte.

Disco Copacabana 6.099-B – matriz M-2648.

Ano de 1960.

Disco constante do Arquivo Nirez.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora