Perambulando, de Mário Zan e Arlindo Pinto

Sólon Sales canta PERAMBULANDO de Mário Zan e Arlindo Pinto. Resgate de Luciano Hortencio.

Resgate de Luciano Hortencio

Sólon Sales canta PERAMBULANDO de Mário Zan e Arlindo Pinto

 

O meu pesar profundo não é como qualquer

Olhando para o mundo só vejo uma mulher

Nas ruas da cidade em plena multidão

Coberta de maldade vejo só sua visão. (bis)

 

E levo a vida assim perambulando à toa

No mundo para mim só existe uma pessoa

E a noite quando deito a minha dor mais cresce

Bem junto do meu leito também ela aparece.

 

 O meu pesar profundo não é como qualquer

Olhando para o mundo só vejo uma mulher

Nas ruas da cidade em plena multidão

Coberta de maldade vejo só sua visão. (bis)

 

Sólon Sales – PERAMBULANDO – Mário Zan – Arlindo Pinto.

Disco Continental 16.100-B.

Ano de 1949.

Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Menino acordado pro mundo, no vasto seringal do Acre...