Revista GGN

Assine

A história da bolha financeira das tulipas na Holanda

Sugerido por jns

Do Trader One

História da Bolsa de Valores, parte 4: A Febre das Tulipas e a Primeira Bolha Financeira

A Bolsa de Valores de Amsterdam foi um inegável sucesso. Sua consolidação, entretanto, não foi imediata: poucos anos após seu surgimento ela teve que enfrentar a primeira crise do mercado financeiro holandês.

Em 1593 o botânico Carolus Clusius trouxe alguns bulbos de tulipa depois de uma viagem a Constantinopla (a atual Istambul). Seu objetivo era usar as plantas para fins medicinais e ele as plantou em um pequeno jardim em sua casa. Ao ver as raras tulipas, seus vizinhos decidiram ir atrás de lucro fácil e roubaram os bulbos para revendê-los. Isso deu origem a uma louca mania por tulipas que afetou todo o país.

No início do século XVII tulipas se tornaram um símbolo de status na Holanda e isso fez com que seus preços começassem a subir. Quanto mais rara a tulipa, mais valiosa ela era considerada. Especuladores logo perceberam que podiam lucrar com essa mania e passaram a comprar bulbos para revendê-los a preços ainda mais caros. A mania por tulipas era tão grande que os preços chegaram a aumentar 20 vezes em um único mês. As plantas eram consideradas tão valiosas que muita gente dava todos os seus bens em troca de um simples bulbo, que poderia custar dinheiro o suficiente para sustentar por meses toda a tripulação de um navio.

Um grande problema do mercado de tulipas é que os bulbos não florescem até entre 7 e 12 anos depois de serem plantados. Quando a floração finalmente ocorre, ela dura uma semana entre maio e abril, com os bulbos aparecendo entre junho e setembro. Estas características limitavam a venda das plantas somente em uma temporada fixa. Para contornar o impedimento e poder negociar o ano inteiro, os especuladores passaram a vender contratos de tulipas. Ao assinar um contrato, um comprador assumia o dever de comprar determinada tulipa no final da temporada, essencialmente, como um moderno contrato de futuros. Assim como as próprias tulipas, os contratos passaram a ser negociados, iniciando o primeiro mercados de derivativos do mundo.

Em 1636, as tulipas e os seus contratos eram tão visados que eram negociados na Bolsa de Amsterdam, em Rotterdam, Haarlem, Leyden, Alkmar, Hoorn e outras cidades por todo o país. A febre das tulipas chegou até a fazer pequenas incursões em Londres e Paris, apesar não conseguir chegar à mesma escala que em seu país de origem. Era inevitável, entretanto, que eventualmente alguém fosse perceber que estava pagando fortunas inimagináveis por nada mais do que uma planta de jardim. Isso ocorreu no inverno de 1636-1637 em Haarlem, quando um comprador não honrou o seu contrato, gerando um pânico que fez com que, em questão de dias, os preços das tulipas caíssem para um centésimo de seus valores anteriores. A bolha havia estourado.

Muitas pessoas que haviam dado tudo o que tinham para ter uma tulipa, agora se encontravam apenas com uma planta sem nenhum valor de mercado. Ao ver a desvalorização das plantas, compradores decidiam não honrar os contratos, levando muitos vendedores à falência. O governo tentou apaziguar a situação, fazendo a oferta de honrar 10% do valor original dos contratos, o que só fez com que o mercado despencasse ainda mais.

A crise das tulipas foi a primeira bolha do mercado financeiro, deu início a uma depressão econômica que durou vários anos e gerou uma considerável desconfiança a investimentos especulativos por parte dos holandeses.

A bolsa, entretanto, sobreviveu.

Média: 5 (7 votos)
9 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de MikeZ
MikeZ

Bitcoin

Bitcoin, nova bolha das tulipas?

Sabemos que o que mantêm as transações de Bitcoins são os mineiros(mineração) e recebem uma recompensa por isso.

No início a recompensa era 50 bitcoins, depois caiu para 25 e agora está em 12,5 bitcoins. A tendência é cair mais, pois foi programado assim.

O código do Bitcoin, basicamente, apenas pega a númeração do bloco anterior + data, etc. e passa essa "string" de dados por o algoritmo SHA256 duas vezes : SHA256(Sha256(string)) até que se encontre uma combinação que se inicie por uma quantidade de "zeros" . O mineiro que encontrar essa combinação primeiro ganha o prêmio de 12,5 Bitcoins. Os demais não ganham nada, apenas ajudam nas transações.

Fico me perguntando: E quando a recompensa for tão mínima que não irá compensar a mineração? Pois a mineração gasta energia elétrica.

Na minha opinião Bitcoin foi bom para quem o adquiriu no início e está vendendo agora.

É só minha opinião, você não precisa levá-la a sério...  :)

 

Seu voto: Nenhum
imagem de WeltonTrindade
WeltonTrindade

Bolha

Estamos vivendo isso nesse momento com os Bitcoins..

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de ORLANDO SALLES
ORLANDO SALLES

TULIPAS BENS TANGÍVEIS...

AS TULIPAS AINDA ERAM BENS TANGIVEIS, COM CONTRATOS INTANGIVEIS...TEM BOLHA PAR AI QUE SÓ CRESCE NÃO AJUDA EM NADA E TOMA SEU DINHEIRO CADA VEZ MAIS, ALEM DE SER SEU SOCIO EM TUDO QUE VOCE FAZ, E QUANDO VOCE PRECISA DELE ELE TE DA AS COSTAS E DIZ QUE O CULPADO É O TRABALHADOR...QUE É PRA QUEM VAI A CONTA...ESSA ETERNA BOLHA SE CHAMA???....FORA A CORRUPÇÃO QUE TOMA O POUCO QUE VOCE TEM E PODE RECEBER UM DIA...

Seu voto: Nenhum
imagem de jns
jns

idiotice OU não

A Revista FORBES conta mais, sobre este fato verídico, em um artigo muito interessante de MIKE PATTON - para catedráticos em ECONOMIA ou não - na sua edição de 28 de janeiro de 2014.

Quatro fases de um gráfico de bolhas

A CONFERIR:

http://www.forbes.com/sites/mikepatton/2014/01/28/according-to-many-famous-investors-u-s-stocks-are-in-a-bubble/

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Mais de 400 anos depois

Mais de 400 anos depois ninguém aprendeu nada com os erros do passado.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de adolpho
adolpho

Uma dúvida, essa é a tal

Uma dúvida, essa é a tal "doença holandesa"?

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Void
Void

Não.  Doença Holandesa foi um

Não.  Doença Holandesa foi um termo criado no final da decada de 70 pra descrever a queda da industria holandesa após a descoberta de um campo de gás. A idéia é que quando aumenta a receita decorrente da exploração de recursos naturais, a industria sofre um declínio.

Não tem nada a ver com tulipas.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Void
Void

> A crise das tulipas foi a

> A crise das tulipas foi a primeira bolha do mercado financeiro, deu início a uma depressão econômica que durou vários anos e gerou uma considerável desconfiança a investimentos especulativos por parte dos holandeses.

 

Isso é absolutamente incorreto. O estouro da bolha das tulipas não afetou em quase nada a economia das provincias unidas, e não gerou nenhuma depressão econômica. Investidores sérios em sua maioria não entraram na mania das tulipas, e os governos das cidades decretaram eventualmente que todas os contratos referentes a compra e venda futura de tulipas poderiam ser liquidados por apenas 3,5% do valor acordado. 

Aliás, é uma idiotice usar as expressões "bolsa de valores" e "tulipas" na mesma frase, a não ser que a frase seja "tulipas não eram negociadas nas bolsas de valores". A compra e venda de tulipas se dava em salas privadas de tavernas, onde clubes de tulipas se reuniam para fazer os seus leilões.

A "Era Dourada" das provincias unidas dos paises baixos atingiu seu ápice em 1650 e durou até mais ou menos 1670, 33 anos após o fim da mania. Se voce for na página da wikipedia relativa a economia holandesa entre 1500 e 1815, as tulipas são mencionadas apenas em 1 pequeno parágrafo no meio do texto, e apenas como um exemplo de quão próspera era a economia holandesa durande a era dourada: 

 

http://en.wikipedia.org/wiki/Economic_history_of_the_Netherlands_(1500%E2%80%931815)#Art_and_tulips

Seu voto: Nenhum
imagem de Carlos Garcia
Carlos Garcia

Imóvel

Atenção, investido: vendo imóvel na planta, oportunidade ! Entrega em 2016! Valorização garantida. Setor Noroeste, Brasília.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Pedro Penido dos Anjos
Pedro Penido dos Anjos

Legal!

Legal!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.