Bolsonaristas continuam usando perfis bloqueados após ordem do STF

Seguidores, ativistas e blogueiros trabalham para continuar acessando antigos perfis como se estivessem no exterior - ou criam perfis alternativos

Jornal GGN – Os seguidores dos bolsonaristas que tiveram contas suspensas no Twitter e no Facebook por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) começaram a acessar tais perfis como se estivessem no exterior.

Ao mesmo tempo, os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro criaram novas contas ou reativaram antigos perfis para seguir ativos nas redes sociais do Brasil. Segundo o jornal O Globo, essa brecha é possível uma vez que, no entendimento do Twitter e do Facebook, a decisão de Moraes se aplica apenas ao Brasil, e as contas continuam liberadas para quem está fora do país.

Mesmo com o bloqueio, os bolsonaristas continuam presentes nas redes. Por exemplo: o blogueiro Allan dos Santos passou a usar uma conta classificada como “temporária”, mas que já tem mais de 96 mil seguidores, enquanto a extremista Sara Giromini criou um novo perfil no Twitter no qual já tem mais de 22 mil seguidores.

 

Leia Também
Especialistas criticam pedido de documento de usuário por rede social
Bolsonaro apela ao STF contra decisão que suspendeu contas de aliados
Bolsonaristas burlam bloqueio do Twitter e atacam STF
Com Bolsonaro, PF bate recorde de inquéritos com lei usada na ditadura

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora