Bolsonaristas burlam bloqueio do Twitter e atacam STF

Bernardo Küster chegou a divulgar um tutorial para alterar as configurações. Sara Winter publicou atacando Moraes de “cabeça de piroca” e “ditador de merda”

Sara Winter. | Imagem: Reprodução

Jornal GGN – Após o Twitter bloquear perfis bolsonaristas de sua plataforma por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), os apoiadores do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) burlaram o sistema da rede social e já estavam tuitando nesta sexta-feira, 24 de julho. 

As contas foram bloqueadas pelo ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das Fake News, mas a decisão é restrita ao território nacional. 

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, como o acesso só é bloqueado para o Brasil, para conseguir utilizar os seus perfis os usuários modificaram as configurações de localização de suas contas. 

Alvo do bloqueio, Bernardo Küster chegou a divulgar um passo a passo de como alterar as configurações da conta para fora do país e continuar utilizando.

A ativista e bolsonarista Sara Winter fez as atualizações e fez publicação chamando Moraes de “cabeça de piroca” e “ditador de merda” em sua conta bloqueada. Ela foi presa em junho por atacar o ministro.

O Twitter afirmou em nota que quando recebe “uma solicitação válida e adequadamente definida de uma entidade autorizada, pode precisar reter o acesso a determinados conteúdos em um país específico”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 comentários

  1. Esta tal de sara não tira a piroca na cabeça.
    Mas estes camundongos só agem assim porque devem ter cobertura de ratos um pouco maiores.
    A ofensa é grave!
    Sugestão: processem e joguem estes estrumes na tranca, não esquecendo da retirada dos direitos eleitorais. Para resolver de vez, identifiquem as ratazanas que dao cobertura aos camundongos.

  2. Creio que o Ministro Alexandre de Moraes deveria expedir mandado de prisão novamente para ela, pois continua reiterando seus crimes de calunia, injuria e difamação além de descumprir condição para a sua soltura, qual seja, se abster de postar em rede social. Penso que a moça está com saudade da prisão.

    • Por acaso ela foi condenada por calunia, injuria ou difamação?

      Como você pode falar que ela cometeu os crimes sem uma acusação formal, devido processo legal e sentença de um juiz?

      Pode um ministro do STF passar por cima da Constituição feito um trator?

  3. Sara Giromini foi abandonada junto com o Bernardo Küster por estratégia de quem está com o poder e a chave do cofre. Bolsonaro é a ascensão do baixo clero ao poder, não resta dúvida. Mas o baixo clero é o baixo nível em política. Por isso, não tem compromisso programático, apenas interesses pessoais. Assim, descarregá-los seria fácil assim que mudassem os ventos.
    Os ventos mudaram. A estratégia também. Os dois deveriam ficar danados com Bolsonaro igualmente. Mas não.
    Sara Giromini foi solta por Alexandre de Moraes após sua apreciação de argumentos oriundos do MPF. Segundo o MPF, a aplicação de medidas cautelares que não a prisão eram suficientes para que não houvesse algum risco às investigações.
    Ela deveria beijar a careca do Ministro, isso sim.

  4. Eles cagam e andam pra justiça! Pra STF e os escambau! Sentem que têm guarida da presidência… Essa mocinha é burralda mas não esfrega sorvete na testa. Burlou pq alguém garantiu que se burlasse não aconteceria porra nenhuma. O STF achou que colocaria medo na menina maluquinha se colocasse nela uma tornozeleira. Ãn ãn .. parece que ela está preocupadíssima!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome