Bolsonaristas burlam bloqueio do Twitter e atacam STF

Bernardo Küster chegou a divulgar um tutorial para alterar as configurações. Sara Winter publicou atacando Moraes de “cabeça de piroca” e “ditador de merda”

Sara Winter. | Imagem: Reprodução

Jornal GGN – Após o Twitter bloquear perfis bolsonaristas de sua plataforma por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), os apoiadores do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) burlaram o sistema da rede social e já estavam tuitando nesta sexta-feira, 24 de julho. 

As contas foram bloqueadas pelo ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das Fake News, mas a decisão é restrita ao território nacional. 

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, como o acesso só é bloqueado para o Brasil, para conseguir utilizar os seus perfis os usuários modificaram as configurações de localização de suas contas. 

Alvo do bloqueio, Bernardo Küster chegou a divulgar um passo a passo de como alterar as configurações da conta para fora do país e continuar utilizando.

A ativista e bolsonarista Sara Winter fez as atualizações e fez publicação chamando Moraes de “cabeça de piroca” e “ditador de merda” em sua conta bloqueada. Ela foi presa em junho por atacar o ministro.

O Twitter afirmou em nota que quando recebe “uma solicitação válida e adequadamente definida de uma entidade autorizada, pode precisar reter o acesso a determinados conteúdos em um país específico”.

10 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Li de Brusque

- 2020-07-26 19:50:04

Pra mim basta o que está na Constituição no seu art. 5º

Aleminas

- 2020-07-26 17:21:04

Eles cagam e andam pra justiça! Pra STF e os escambau! Sentem que têm guarida da presidência... Essa mocinha é burralda mas não esfrega sorvete na testa. Burlou pq alguém garantiu que se burlasse não aconteceria porra nenhuma. O STF achou que colocaria medo na menina maluquinha se colocasse nela uma tornozeleira. Ãn ãn .. parece que ela está preocupadíssima!

+almeida

- 2020-07-26 14:55:00

Imaginem se ela e todos os parças dela, que também estiveram trancafiados, fossem do PT? Estariam com todas essas regalias?

Edson J

- 2020-07-26 11:10:25

E fácil resolver. Cadeia neles.

André élebê

- 2020-07-25 23:28:27

Pra um caso desses vc quer o quê, meu querido? Uma perícia?? É cada uma desse Li de Brusque... sempre na mesma linha “jenial ”

peregrino

- 2020-07-25 21:16:32

Neste tipo de atuação em rede, só ganha quem trabalha... no jogo do bicho vale o escrito, na atuação em rede vale a mensagem online

Rezemos por Sara

- 2020-07-25 20:51:19

Sara Giromini foi abandonada junto com o Bernardo Küster por estratégia de quem está com o poder e a chave do cofre. Bolsonaro é a ascensão do baixo clero ao poder, não resta dúvida. Mas o baixo clero é o baixo nível em política. Por isso, não tem compromisso programático, apenas interesses pessoais. Assim, descarregá-los seria fácil assim que mudassem os ventos. Os ventos mudaram. A estratégia também. Os dois deveriam ficar danados com Bolsonaro igualmente. Mas não. Sara Giromini foi solta por Alexandre de Moraes após sua apreciação de argumentos oriundos do MPF. Segundo o MPF, a aplicação de medidas cautelares que não a prisão eram suficientes para que não houvesse algum risco às investigações. Ela deveria beijar a careca do Ministro, isso sim.

Li de Brusque

- 2020-07-25 19:15:51

Por acaso ela foi condenada por calunia, injuria ou difamação? Como você pode falar que ela cometeu os crimes sem uma acusação formal, devido processo legal e sentença de um juiz? Pode um ministro do STF passar por cima da Constituição feito um trator?

Fernando Resende Rodrigues

- 2020-07-25 17:06:03

Creio que o Ministro Alexandre de Moraes deveria expedir mandado de prisão novamente para ela, pois continua reiterando seus crimes de calunia, injuria e difamação além de descumprir condição para a sua soltura, qual seja, se abster de postar em rede social. Penso que a moça está com saudade da prisão.

Carlos Elisio

- 2020-07-25 16:29:18

Esta tal de sara não tira a piroca na cabeça. Mas estes camundongos só agem assim porque devem ter cobertura de ratos um pouco maiores. A ofensa é grave! Sugestão: processem e joguem estes estrumes na tranca, não esquecendo da retirada dos direitos eleitorais. Para resolver de vez, identifiquem as ratazanas que dao cobertura aos camundongos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador