Bolsonaro comete mais um crime de responsabilidade

Atos são passíveis de perda do cargo de presidente via impeachment, e são relacionados a atitudes que forem contra a Constituição brasileira

Foto: Reprodução (REUTERS/Adriano Machado)

Jornal GGN – As declarações do presidente Jair Bolsonaro de que o Brasil pode ter “um problema pior do que os Estados Unidos” nas eleições de 2022, colocando a lisura do processo eleitoral em xeque, podem ser classificadas como crime de responsabilidade.

Segundo juristas ouvidos pelo jornal O Globo, os crimes de responsabilidade são passíveis de impeachment presidencial, por se referirem a “atos do presidente da República que atentarem contra a Constituição”, e as declarações de Bolsonaro acabam por cruzar a fronteira da liberdade de expressão por incitar parte da população a acreditar em teorias da conspiração, com efeitos graves para a democracia.

Dentre os juristas ouvidos, está o jurista Pedro Serrano, que lembra que a caracterização de crime de responsabilidade não pode levar em conta apenas os casos pontuais, mas em “ato contínuo” que venham a afrontar os dispositivos da lei.

Contudo, Serrano lembra que os questionamentos sobre o processo eleitoral são diferentes do que vem ocorrendo com o combate à pandemia, onde a sucessão de falhas e omissões, corroboradas pela falta de planejamento, podem ser apontados como caso de impeachment por representar um atentado contra a saúde pública e o direito à vida.

 

 

Leia Também
Bolsonaro tentou se apropriar de seringas e agulhas compradas pelo governo de São Paulo
Butantan faz registro da Coronavac e Anvisa pede até 10 dias para analisar
Bolsonaro centralizou controle da vacinação Covid-19, bloqueando a de São Paulo
Golpe não se improvisa, mas para derrubar golpistas precisa de trabalho, por Rogério Maestri

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O caso Ford: fragilidade industrial e crise do mercado interno no Brasil, por Uallace Moreira e William Nozaki

2 comentários

  1. Boizonaro tem uma defesa imbatível no caso de o acusarem de praticar “crime de responsabilidade “. Afinal, não se pode atribuir tal crime a alguem sabidamente irresponsável.
    Insanidade e despreparo para o cargo seria mais viável.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome