Bolsonaro lava as mãos: cada brasileiro que cuide do seu idoso

"Os responsáveis pela minha mãe de 92 são seus meia-dúzia de filhos​", disse o presidente

Jornal GGN – Na manhã desta quarta (25), na frente do Palácio do Alvarada, Jair Bolsonaro reafirmou o teor do pronunciamento que chocou parte do País na noite anterior, quando ele defendeu a volta à normalidade em meio à crise de coronavírus.

Dessa vez, o presidente deixou claro que cada brasileiro é responsável pela saúde e segurança do idoso que tem em casa, e deve tomar medidas para isolá-lo. Quem não tem obrigação com idoso ou entende que não corre risco de pegar COVID-19, deve retornar à normalidade.

“Vou conversar com ele [Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde] e tomar a decisão. Cara, você tem que isolar quem você pode. Você quer que eu faça o quê? Eu tenho o poder de pegar cada idoso e levar para um lugar? É a família dele que tem que cuidar dele no primeiro lugar”, disparou.

“O povo tem que parar de deixar tudo nas costas do poder público. Aqui não é uma ditadura, é uma democracia”, declarou Bolsonaro.

“Os responsáveis pela minha mãe de 92 são seus meia-dúzia de filhos​”, disse o presidente.

As declarações de Bolsonaro contrastam com informações e recomendações sanitárias em todo o mundo. A própria Organização Mundial da Saúde afirma que para deter a epidemia, isolamento e distanciamento social de todos é a melhor forma, enquanto não há remédios e vacina para o vírus.

Bolsonaro ignora ainda estudos em andamento que apontam que o motor da difusão do coronavírus são justamente os pacientes que contraem a doença e não apresentam sintomas, e depois transferem o vírus para outras pessoas, que dão seguimento à cadeia de contaminação.

Leia também:  Desde maio do ano passado é nítida a aposta de Bolsonaro na guerra civil, por Luis Nassif

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

  1. Com dinheiro é mole. Faz isso duro!
    Até a gente conseguir um sistema de ventilação, como q vc mandou pra Itália, nosso idoso já morreu.

  2. Mas da Ilha vem uma esperança.
    https://www.jb.com.br/bem_viver/saude/2020/03/1022974-mais-de-15-paises-querem-remedio-cubano-que-ajudou-china-a-conter-covid-19.html

    Claro, mais testes serão necessários para que nao se tome atitudes irresponsaveis como tomaram trump e seu mini-mim bozo.
    Vamos aguardar.
    Mas talvez seja a simples possibilidade de uma medicação eficax vir de Cuba que leva estes loucos a meter o dedo e rodar, como dizia o velho guerreiro.
    Mas sim. O sensato é que se mantenham as medidas radicais de contenção enquanto aguardamos orientações vindas de autoridades medicas competentes.
    Por fim, lembrando Oswaldo Cruz: “Pelos erros dos outros, o homem sensato corrige os seus”
    Sejamos sensatos, vamos fazer o certo e aprender.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome