CFM repudia o tratamento de médicos na CPI da Pandemia

O presidente do Conselho, Mauro Ribeiro, também divulgou um vídeo afirmando que a CPI é um “ambiente tóxico” e “nada democrático”

Médica oncologista e imunologista Nise Hitomi Yamaguchi na CPI da Pandemia. | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – O Conselho Federal de Medicina publicou ontem, 2,  uma ‘moção de repúdio’ contra o tratamento de senadores da CPI da Covid em relação aos médicos convocados para depor. A entidade classificou que os profissionais estão sendo “submetidos a situações de constrangimento e humilhação”.

“O CFM, em nome dos mais 530 mil médicos brasileiros, vem publicamente manifestar sua indignação quanto às manifestações que revelam ausência de civilidade e respeito no trato de senadores com relação a depoentes e convidados médicos no âmbito da comissão parlamentar de inquérito”, diz a moção.

“O que tem sido exibido em rede nacional configura situação inaceitável e incoerente com o clima esperado em um ambiente onde as discussões devem se pautar pela transparência e idoneidade. Em lugar disso, testemunha-se situações que desmoralizam  os médicos e as médicas”, continua o texto.

Nesta quarta-feira, o presidente do Conselho, Mauro Ribeiro, também divulgou um vídeo afirmando que a CPI é um “ambiente tóxico” e “nada democrático”, em meio às críticas contra o senador Otto Alencar (PSD-BA) por sua fala no depoimento da médica Nise Yamaguchi. 

Ribeiro afirmou que irá encaminhar um ofício ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), “para que alguma coisa seja feita contra aquele ambiente tóxico, que se estabeleceu”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Claro, democrático é indicarem remédios inapropriados aos pacientes. A CFM alguma vez condenou o uso de remédios condenados pela OMS ? Alguma vez a CFM condenou os médicos que prescrevem tratamentos inapropriados ? Alguma vez a CFM protestou quanto à politica do Governo do pais, e de seu Ministério da Saúde para o combate a pandemia ? Alguma vez a CFM se manifestou quanto ao tratamento que deram aos médicos cubanos aui no país ? Mas agora surge com esse corporativismo deslavado para condenar a CPI.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome