Clipping do dia

As matérias para serem lidas e comentadas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Clipping do dia

6 comentários

  1. Li no https://twitter.com/alessandromolon

    DENÚNCIA! A proposta de Reforma da Previdência do governo ameaça os tribunais superiores. O sorrateiro movimento do Palácio do Planalto abre espaço para que a idade de aposentadoria dos magistrados seja modificada. Com isso, o presidente poderia indicar mais ministros no STF.

  2. Com a reforma da previdência, os Militares não vão perder seus privilégios previdenciários. A população pobre é que vai ter seus direitos previdenciários ainda mais reduzidos.
    De outro lado, o Caixa 2 não será aprovado, por isso o pacote do Moro foi fatiado. O governo laranjeiro sabe que se não fatiasse o pacote pró-crime policial do $érgio Moro seria rejeitado se o caixa 2 fosse criminalizado. Da mesma forma, se a reforma da previdência não fosse fatiada em relação aos Militares, eles perderiam seus privilégios. Por isso eles ficaram de fora com a desculpa de que depois eles perderão privilégios.

  3. Já que o Trump se arvora no direito de dar ordens na Venezuela, eu vou dar ordens nos EUA:

    “Fica decretado que ninguém passará fome, frio ou solidão nos EUA. Ninguém morrerá nem de indigestão nem de inanição nas fronteiras dos EUA. As necessidades básicas de todos os seres humanos, inclusive de quem não tem meios de vida não por ociosidade, mas por falta de oportunidade, serão frugalmente satisfeitas às custas da riqueza nacional estocada. O dinheiro dos bancos serão liberados às pessoas na medida das suas necessidades e na proporção do sua participação na produção da riqueza”.

    Esse decreto entra em vigor um dia antes da sua publicação, portanto, desde ontem ele já está em vigor. Se alguém dormiu ontem com fome, com frio ou na solidão, hoje ele tem direito a uma companhia, a duas refeições e a 3 camas extremamente confortáveis e a 6 cobertores bem limpos e cheirosos.

    Respeitem a auto-determinação dos povos.

  4. Estou conversando com dois direitistas conservadores Bolsonaristas. Um deles diz que acredita que Bolsonaro não se beneficiou com o dinheiro das candidatas laranjas. Eu pergunto a ele se o Bolsonaro sabia da farra laranjeira. Ele disse que acredita que o Bolsonaro sabia mas não se beneficiou com esse dinheiro.

    Então um deles diz que o Brasil está nessa situação de miséria e ignorância por causa da corrupção. Eu pergunto a eles se o problema é apenas político e não econômico. Ele desconversa. Eu digo a ele que a corrupção é consequencia da economia e enquanto o salário mínimo for tão baixo, a corrupção nunca vai acabar. Ele não concorda, diz que o salário é tão baixo por causa da corrupção e não que há corrupção por causa dos salários baixos pelos empresários.

    O outro diz que o problema do Brasil vem da impunidade e que os EUA são ricos porque lá não há impunidade. Eu falo a ele sobre o Bluesman RL Burniside:

    “In the late 1940s, RL Burnside moved to Chicago, where his father had lived since he separated from his mother, in the hope of finding better economic opportunities. He found jobs at metal and glass factories, had the company of Muddy Waters (his cousin-in-law), and enjoyed the blues scene on Maxwell Street. But things did not turn out as he had hoped; within the span of one year his father, two brothers, and two uncles were all murdered in the city.

    Three years after coming to Chicago, Burnside went back south. He married Alice Mae Taylor in 1949 or 1950, his second marriage.

    He moved several times In the 1950s, between Memphis, Tennessee, the Mississippi Delta and the hill country of northern Mississippi. During his time in the Delta, he met bluesmen Robert Lockwood Jr. and Aleck “Rice” Miller. It seems it was around that time that BURNSIDE KILLED A MAN, possibly at a craps game, was convicted of murder and incarcerated in Parchman Farm. He would later relate that HIS BOSS AT THE TIME HAD ARRANGED TO RELEASE HIM SIX MONTHS, AS HE NEEDED BURNISIDE’S SKILLS AS A TRACTOR DRIVE”.

    Então, a riqueza dos EUA e a miséria e ignorância do Brasil decorrem respectivamente da punição e da impunidade nos respectivos países?

    Claro que não.

    • Burnside would later relate that his boss at the time had arranged to release him AFTER six months, as he needed Burnside’s skills as a tractor driver”.

      Nos EUA não existe impunidade, existe semi-impunidade.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome