Damares premia DPF que atacou vigília Lula Livre, por Marcelo Auler

Schefer Neto ganhou seus 15 minutos de fama ao destruir a aparelhagem de som da Vigília Lula Livre, em Curitiba

Damares premia DPF que atacou vigília Lula Livre

por Marcelo Auler

em seu site 

Depois de conquistar seus 15 minutos de fama ao atacar, em 4 de maio de 2018, a Vigília Lula Livre, montada em frente da sede da Polícia Federal de Curitiba, o delegado federal Gastão Schefer Neto conseguiu um novo emprego.

Em portaria assinada no dia 19 passado, o Ministério de Justiça liberou o policial para tornar-se assessor do ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela ministra/pastora Damares Alves. Uma espécie de prêmio.

Schefer Neto ficou famoso em maio do ano passado ao destruir a aparelhagem de som montada na Vigília Lula Livre, 27 dias depois da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Morador no bairro de Santa Cândida, onde fica a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, alegou que o barulho da perturbava o sossego de sua casa e não permitia o sono de seu filho. Com isso, mostrando-se totalmente sem equilíbrio, partiu para a violência.

Como noticiamos na época na postagem DPF que atacou vigília pró-Lula levou bomba no psicotécnico, ele já era considerado “um perturbado” por seus próprios colegas da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Por duas vezes foi reprovado em exames psicotécnicos da própria Polícia Federal ao tentar o ingresso inicialmente como Agente de Polícia e depois como Delegado. Em ambos os casos garantiu a vaga através de ações judiciais.

Continue lendo…

2 comentários

  1. Continuam dando espaço para distrações promovidas pelo (DES)governo do bozo.
    Tanto a louca da goiabeira como o cidadão laureado nao têm a menor relevância.
    Relevante será a elucidação dos assassinatos de Anderson e Mariele. Importante será apontar os responsáveis pelas fake news que colocaram este desastre no executivo. Terá relevância ações judiciais que minimizem os estupros à previdência, às relações trabalhistas e que punam os crimes de lesa-patria que estão sendo cometidos contra o país. Fundamental será mostrar para a população a verdadeira origem do óleo que polui as praias pelo brasil. Também relevante será punir os criminosos responsáveis pelas queimadas e desmatamento de nossas florestas. Tmbém, para o bem do pais, precisamos conter a onda fascista que veio a reboque da extrema direita e do fundamentalismo religioso.
    Enfim, tanta atrocidade a ser elucidada e combatida que não se pode perder tempo com questões menores como entrega de premios que, há muito, nao significam absolutamente nada.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome