Descoberta feita por universidade galesa pode ajudar a combater câncer

Célula destrói doença em órgãos como próstata, mama e pulmão; trabalho está em estágio inicial e tem potencial para uso em humanos

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Uma descoberta recente de uma equipe de cientistas da Universidade de Cardiff, no País de Gales, pode ajudar no tratamento de todos os tipos de câncer.

A pesquisa consiste de um método em laboratório que destrói tipos de câncer, como de mama, próstata e pulmão. Embora a descoberta ainda não tenha sido testada em humanos, especialistas consideram que o trabalho é promissor.

Segundo informações da BBC News, a equipe da universidade galesa buscava novas formas de fazer com que o sistema imunológico atacasse tumores, e foi encontrada uma célula-T (o chamado linfócito T) com um novo tipo de “receptor” que detecta e ataca células cancerosas, ignorando as células saudáveis.

A diferença de tal célula é que ela pode varrer o corpo atrás de ameaças a serem eliminadas, abrindo espaço para o ataque de uma série de cânceres – os pesquisadores verificaram que essa célula e seu respectivo receptor podem encontrar e destruir células cancerígenas no pulmão, na pele, no sangue, no cólon, na mama, nos ossos, na próstata, no ovário, no rim e na coluna cervical, sem comprometer os tecidos saudáveis. A forma como isso acontece está em estudos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Doria anuncia R$ 50 milhões para hospitais de campanha contra coronavírus

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome