GGN Covid Brasil 04.09: curva de casos continua caindo muito lentamente

Na análise por regiões geográficas, repetem-se os dados dos últimos dias: Norte e Nordeste em queda, Sudeste em queda (com exceção de Minas Gerais), Sul e Sudeste em alta.

O Brasil voltou para a casa dos 41 mil casos diários, na média semanal, mostrando o vai-e-vem de uma queda lenta da pandemia. Também houve aumento na média diária semanal de óbitos, com 888 novos óbitos contra 834 do dia anterior.

A curva com a média diária semanal mostra um acomodamento em casos e óbitos.

No entanto, há grandes saltos em estados como Santa Catarina (+269,1% de novos casos) e Amazonas (+122,6% de novos óbitos). Mas, em ambos os casos, são ajustes estatísticos.

Esses ajustes ficam mais claro no gráfico de linhas com os estados que registraram maiores altas, como é o caso de Goiás e Santa Catarina.

Na análise por regiões geográficas, repetem-se os dados dos últimos dias: Norte e Nordeste em queda, Sudeste em queda (com exceção de Minas Gerais), Sul e Sudeste em alta.

Nas variações dos Estados nos últimos 14 dias, percebem-se altas expressivas em Santa Catarina, Ceará e Rio Grande do Sul. E quedas substanciais em Sergipe e Alagoas.

Nos dados de óbitos, aumento expressivo do Amazonas, Tocantins e Roraima. E quedas expressivas no Rio Grande do NOrte e Sergipe

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora