Igreja de Eduardo Cunha ajudará a coletar assinaturas para partido de Bolsonaro

Além da Sara Nossa Terra, a Assembleia de Deus, do deputado Silas Câmara, também participará da empreitada

Jornal GGN – A Igreja que Eduardo Cunha – deputado cassado e preso por corrupção – costumava frequentar nas últimas décadas, a Sara Nossa Terra, agora ajudará a coletar assinaturas para Jair Bolsonaro oficializar a fundação de seu novo partido, o Aliança pelo Brasil.

Segundo o jornal O Globo desta quarta (18), o bispo Robson Rodovalho, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, confirmou que a Sara Nossa Terra usará sua estrutura (são 2 milhões de fiéis espalhados por 1,2 mil templos pelo País) para coletar parte das 491 mil assinaturas que Bolsonaro precisa.

Rodovalho disse que consversou “com alguns líderes [de outras igrejas evangélicas] que se disponibilizaram. Não são muitos, mas não encontrei ninguém reticente. Eu acredito que a Assembleia de Deus, do pastor Silas Câmara, também faria com bom coração.”

Silvas é deputado federal pelo Amazonas. Ao O Globo, ele afirmou que “se convocado para ajudar na criação do Aliança, vai trabalhar a favor da coleta.”

O Aliança pelo Brasil começa nesta semana a coletar assinaturas para sua fundação. “O desafio é justamente o prazo curto no calendário: a sigla precisa de todas as assinaturas até 4 de abril do ano que vem para ter o registro homologado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e assim lançar candidatos aos cargos de prefeito e vereador.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. A fé remove montanhas (de dinheiro)
    A fé promove o bem (do pastor e dos políticos)
    Foi a fé que elegeu o bozo que com fé quer governar.
    Então tá.
    Nós, bules ( de pouca fé) vamos amargando essa” bênção”

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome