Interino na Saúde, general Pazuello defende cloroquina e isolamento social

Pazuello usa como exemplo a própria família para fazer propaganda a favor da cloroquina

Jornal GGN – O general Eduardo Pazuello concorda com Jair Bolsonaro e acha que a cloroquina pode ser incorporada ao tratamento contra coronavírus, mesmo sem existência de estudos científicos comprovando sua eficácia.

Segundo informações do Painel da Folha desta terça (19), Pazuello usa como exemplo a própria família para fazer propaganda a favor da cloroquina. “Uma irmã e um sobrinho, com menos de 20 anos, tiveram Covid-19 e foram tratados com o medicamento.”

Apesar disso, Pazuello tem defendido o isolamento social como a melhor forma para evitar o colapso do sistema de saúde.

Painel ainda revela que Pazuello se comportou como ministro da Saúde mesmo quando era o número 2 da Pasta, ao lado do ex-ministro Nelson Teich – que saiu do governo semana passada, justamente por recursar-se a assinar um protocolo que impõe a cloroquina no tratamento contra covid-19.

“Segundo secretários estaduais, o general já se comportava como ministro e falava diretamente com alguns, atropelando Nelson Teich.”

Ministério da Saúde confirma general Pazuello como interino

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora