Moro é a figura mais perigosa para a democracia, diz Kennedy Alencar

"A miséria política e intelectual do país cresceu demais nos últimos tempos", e Moro e Abraham Weintraub são a expressão disso, diz jornalista

Foto: Divulgação/PR

Jornal GGN – Sergio Moro “é a figura mais perigosa para a democracia brasileira.” Ele é autoritário, não tolera críticas, tem pensamento regressivo na área de segurança pública e tem visão atrasada a respeito do projeto para o Brasil. A avaliação é do jornalista Kennedy Alencar.

Kennedy criticou em seu último artigo a negativa de Moro em receber o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Crítico do trabalho do ex-juiz da Lava Jato e do atual governo, Felipe foi chamado por Moro de “militante político-partidário” e ainda afirmou que só irá recebê-lo quando ele “abandonar” as críticas a Jair Bolsonaro.

“É inacreditável que um ministro de Estado imponha condições de abandono de suposta atitude de ‘militante político-partidário’ para receber o presidente da OAB. A manifestação é de um autoritarismo enorme”, escreveu Kennedy.

“É aquela coisa: a ideologia está sempre nos outros, a militância está sempre nos outros. Moro não é um ideólogo de direita autoritário, não é um militante de um projeto regressivo para o Brasil”, ironizou.

Para o jornalista, Moro usa a mesma estratégia de Bolsonaro, para “minar a credibilidade das instituições e dos críticos a fim de impor medidas autoritárias paulatinamente, normalizando absurdos.”

O ex-juiz “exibe visão medíocre sobre o exercício da função pública, como se o cargo fosse propriedade privada dele.” Ele “está ministro, mas não tem compreensão da função pública. Demonstra visão estreita do cargo e propaga um mantra autoritário contra os críticos.”

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, é outro exemplo da “miséria intelectual e política” que vive o País.

Leia também:  A Tragédia dos 100.000 Mortos e “Vamos Tocar a Vida”, por Arnobio Rocha

“É um cidadão que não tem condição de comandar a Educação. Fala mal e porcamente o português. Pensa mal. Espalha fake news. Repetindo: ocupa o Ministério da Educação uma pessoa que não tem gabarito para a função”, disparou Kennedy no artigo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. A avaliação é do jornalista Kennedy Alencar é verdadeira, ou seja, além de não tolerar críticas; pensamento regressivo na área de segurança pública e com visão atrasada a respeito do projeto para o Brasil, após as denúncias da vaza-jato eu ainda acrescentaria que o Sr. Sérgio Moro possui intensões suspeitas para ocupar cargos públicos pagos pelos contribuintes deste país.

  2. No autoritarismo a inteligência deixa de ser a base para a tomada de decisões…
    vejam que até agora nenhum ministro de Bolsonaro baseou suas decisões na inteligência, no real conhecimento dos fatos ou de tudo que ocorre em suas respectivas áreas

    decidem apenas para agradar o chefe

    Realmente o maior perigo para a Democracia

  3. A guinada do ministro para o governo e seu tamo junto com Bolsonaro pode indicar que ele poderia ter algo que o perturba. O que seria?

  4. Um Moro cada vez mais sem máscaras é sinal que as peças se movem no tabuleiro eleitoral. Moro acuado pelas revelações agora mostras as garras e se torna um candidato definitivamente. Movimenta seus comandados da tal Força tarefa, que agora se esmeram em usar seus cargos no judiciário e muitas vezes o dinheiro publico para açoes eleitorais, e ou perseguições de quem quer que faça crítica.

  5. Concordo plenamente com o jornalista quando este afirma que “Moro usa a mesma estratégia de Bolsonaro, para minar a credibilidade das instituições e dos críticos a fim de impor medidas autoritárias paulatinamente, normalizando absurdos.”
    O que me espanta é a parte idiotizada da populacao que homologa estes absurdos. Nao falo dos interessados diretamente (exemplo link abaixo), estes só engordam suas contas bancarias. Falo do povo, que só tem perdido com este grupo infame.

    Vejam abaixo que tapa na cara do povo!
    https://www.jb.com.br/pais/justica/2019/12/1020851-remuneracao-a-juiza-do-tj-pe-chega-a-mais-de-r–1-milhao-em-novembro.html

    A população está sendo lesada por este bando com o beneplacito do congresso, o que é evidenciado quando, por exemplo, comparamos o estupro da previdência desta população com o que foi aprovado para as classes privilegiadas.

  6. A OAB só deveria receber o desMoronado se ele abandonasse a política… Esse desMoronado é o bolsonazi piorado em canalhices.

  7. Mr Moro não deixa de ser uma surpresa, mas é uma serpente esperando pra dar o bote!

    ele tem na pasta dele varias cartas na manga contra os Bolsonaro, senão vejamos:

    -se investigar Queiroz, prende um dos filhos do Bolsonaro

    -se investigar a morte da Mariele, prende outro

    -se investigar o nebuloso caso da cocaina no avião, provavelmente prende o terceiro dos filhos de Bolsonario

    ou seja: o clã dos Bolsonaro está literalmente com o pescoço nas mãos de raposa do Moro…

    agora, a questão é: qual a carta que o Bolsonaro tem contra o Moro que mantem o Moro na coleira, caladinho, submisso e engolindo as humilhações???

    e olhe que coisas contra o próprio Bolsonaro não falta…

    esta é pergunta que precisa ser desvendada…

    Neste jogo, acho que o Moro está só esperando o momento certo para derrubar o Bolsonaro e assumir o poder ele mesmo, como representação de uma força suprema de combate a corrupção, que nos livrou dos governos corruptos do PT e do PSL, que prendeu o Lula e os Bolsonaro…

    Os Bolsonaros que se cuidem! Eles morrem de medo não é do Lula não, que o Lula/PT é bozinho, e fazem o jogo dentro das regras.

    Eles morrem de medo é de um poder que não tem vergonha e nem excrupulos de pisar na cabeça dos seus adversários. E hoje quem representa este poder é o Moro.

  8. O nazi do grupo não é Bozo, esse é apenas miliciano. Moro e sua conja (a encarnação da mulher de Goebbels) são o núcleo duro do nazi tropical.
    Muito bem observado pelo jornalista.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome