Moro processa quem critica Bolsonaro e fecha os olhos para ataques a jornalistas

O mesmo está ocorrendo com Ministros dos tribunais superiores e qualquer pessoa que ouse enfrentar as milícias.

Bandas punk, em Belém do Pará, ironizaram o presidente da República. O Ministro da Justiça Sérgio Moro requisitou abertura de inquérito para apurar supostos crimes contra a honra do presidente.

Pelo menos três jornalistas foram atacadas por milícias digitais, seus filhos expostos, ameaçados, e Sérgio Moro nada fez. O mesmo está ocorrendo com Ministros dos tribunais superiores e qualquer pessoa que ouse enfrentar as milícias.

O silêncio obsequioso de Moro, ante os ataques das milícias digitais é a maior prova do processo de fascistização do governo.

Assim como não há a menor dúvida das relações próximas dos Bolsonaro com as milícias envolvidas com a morte de Marielle, há evidências concretas do seu controle sobre os grupos de Internet que manipulam robôs e comandam assassinatos de reputação de críticos do governo.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Nouriel Roubini: vem uma depressão pela frente?

5 comentários

  1. Depois de tantas apologias milicianas e morticidas, da gestapo silente não espanta o desmorono endossar novo arbitrio à falta de fogo aos seus juízos viviados. Um irmão perguntaria se cava masmorras aos vicios… Fosse Gregório de Matos, em vez de empalar (agora até a metáfora do saber como arma é crime contra a ignorância) teria sido menos punk mais fino, e com licença poética e cuidado para não machucar, enfiado o lápis no primeiro, e o martelo, no segundo. Tudo pelo amor e a beleza de ver essa gente prenhe de saber e justiça…

  2. Se chutarem a bunda do Bolsonaro vão acabar quebrando os dentes do $érgio Moro e se chutarem a bunda do Trump vão quebrar todos os dentes do Bolsonaro.

    Suruba!

  3. A IMPUNIDADE É UMA GRANDE PANELA DE PROTEÇÃO DO PODER JUDICIÁRIO.

    Essa foto é histórica. Se a História não mentir sobre os acontecimentos atuais do Brasil,
    essa visão desse juiz de paletó andando em veículo militar dará aos estudantes no futuro um
    excelente resumo de conhecimento do que aconteceu nesse país durante esse perído do
    qual estamos passando.

    O poder Judiciário já vinha há décadas, ou há séculos, insonso feito feudo; Um sistema arcaico
    voltado para o poder das elites; do funcionalismo público; a começar por “proteger” os próprios
    membros do poder (claro); seus magistrados, daí passando a proteção (melhor a impunidade) para a alto funcionalismo público; do legislativo ao executivo, passando pelos militares. E indo desembocar nos grandes
    empresários endinheirados do páis. É uma panela. Pense numa grande panela de proteção e
    impunidade e coloque todos dentro desse ambiente de impunidade e eles podem fazer tudo.

    Do lado de fora dessa grande panela está o povo brasileiro, os contribuintes e analfabetos dono
    do país, que devem viver obrigatoriamente dentro do princípio da legalidade.

    Quem for contra o sistema; Eis a Lei, a perseguição, a mentira e a panela ferve.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome