Não pagamento de taxa de proteção pode ter motivado operação de policiais na Cracolândia

Pista para análise do Ministério Público Estadual sobre a ação do Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) na Cracolândia.
 
Segundo avaliação de analistas da Prefeitura de São Paulo, a ação do Denarc na Cracolândia deveu-se ao não pagamento de proteção.
 
A Operação Cracolândia reduziu a demanda por crack. Houve a suspensão temporária do consumo. Era certo que hoje, dia de pagamento, os dependentes iriam adquirir suas pedras de crack – já que nao se supõe que o vício possa ser extirpado da noite para o dia. Mas durante a semana houve queda sensível de venda e os traficantes não tiveram como pagar a taxa de proteção.
 
Considera-se, em círculos próximos ao prefeito Haddad, que o governador Geraldo Alckmin não foi informado da operaçao. Então, qual o motivo para tê-la endossado? A alternativa seria politicamente traumática: as demissões do Secretário de Segurança e da diretora do Denarc por incompetência e falta de controle sobre a polícia.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Petroleiros entregaram carta e fizeram apelo aos governadores do Nordeste

62 comentários

  1. Prezado Nassif -peço-lhe que

    Prezado Nassif -peço-lhe que divulgue este vídeo .

    Veja a que ponto o abuso e corrupção de certos policiais na rua pode  chega……E o Sr Governador do Paraná ? .Infelizmente , no Brasil (especialmente nas grandes cidades  como Niterói , Rio de Janeiro, São Paulo ,Curitiba, …) as ruas se transformaram em rica  fonte de “Faturamento” para a banda Podre Policial e  os caixa dois de campanhas eleitorais !!.

    http://www.fatocurioso.com/garota-se-recusa-a-ficar-com-policial-e-leva-bala/

    • Não é novidade.

      Botelho todos nós sabemos dos achaques dos PM, principalmente da Policia Civil em cima da sociedade. Hajem nas duas pontas, apavoram país de buguersinhos ameaçando prender seus filhos por diversos motivos e exigem um quebra para deixar para lá. Na outra ponta extorquem os crimisos muitas vezes até fornecendo armas ou alugando para que cometam crimes e pagar o famoso arrego.

      Quem conhece as entranhas da policia não sabe se tem mais medo de bandido ou da dita cuja!

      Todos os casos ficam na história a corregedoria irá investigar. Ali morre tudo!

      Uma coisa é simples, se um turista acha o traficante, por que a polica não o prende com anos de estudo!

  2. Assustadoramente
    Assustadoramente plausivel…

    Agora resta aos jornalistas, investigar, pq assim parece apenas algo jogado no ar, sem provas

    Mas que é provavel, é…

    Infelizmente

  3. E eu pensava

    E eu pensava que a polícia civil era mais séria. Mas eu não quero acreditar que todos policiais são desonestos.

     

     

  4. ANÁLISES E ANALISTAS

    “Segundo avaliação de analistas da Prefeitura de São Paulo, a ação do Denarc na Cracolândia deveu-se ao não pagamento de proteção”

    “Considera-se, em círculos próximos ao prefeito Haddad, que o governador Geraldo Alckmin não foi informado da operaçao. “

    Exercício de imaginação num caso hipotético:

    O governador é do PT e o prefeito é do PSDB e as conclusões acima(sobre as quais não sou contra e nem a favor) fossem publicadas no PIG. Aí?

    • Peraí!!! O tais analistas da

      Peraí!!! O tais analistas da Prefeitura sabem quem, quando e onde e não dizem?!?!

      Ou falam quem foi ou parem de fazer fofoca!

    • Tucanos criem um desenho animado com o mundo imaginário

      “Exercício de imaginação num caso hipotético:”

      Rsrrs

      quando eu era criança pequena lá em barbacena, tinha um desenho animado com o “mundo bizarro” quadrado onde tudo acontece ao contrário kkkkk

      feito em homenagem à vocês, tem até uma bandeira pulista ao contrário, é serio(0:29).

      [video:http://www.youtube.com/watch?v=uTcVBL0TafE%5D

      sejam como sempre  muito pelo contrário, nunca contra, muito menos a favor. ou não. sei lá . sei não.

      agora voltem ao planeta terra rss , aqui a tucanada desce a porrada nos programas do Haddad

    • é válida a pergunta
       
      mas não

      é válida a pergunta

       

      mas não pode ficar restrita a apenas um caso.

      pense que na suposição acima, a notícia sai na folha. você acreditaria? mesmo sendo o jornal que previu um apagão que nunca houve? que publicou a ficha falsa da dilma na capa, porque não podia comprovar que era verdadeira? que recentemente noticiou que dirceu utilizou o celular dentro da cadeia?

      nesse caso, penso, há um histórico fartamente documentado que faz o pig, assim ser denominado.

  5. Não pagamento de taxa de proteção pode ter motivado operação de

    Seja lá qual foi o motivo da ação dos policiais do DENARC, hoje Alckmin endossou a ação e afirmou que “o que não pode é fazer picuinha partidária” . Melhor desculpa para a ação terrorista policial do Estado não há. Alckmin, além de ter perdido o controle do crime organizado e policial, aderiu a ele por motivo ideológico. Depois do Pinheirinho e outras tantas ações violentas do estado de São Paulo, a história reservará ao médico Geraldo Alckmin o mesmo lugar em que está o também médico Josef Mengele.

  6. bermudas

    policial vai para rua, de bermudas, enfrentar drogrado por conta própria?

    “desce a borracha” sem ordem superior?

    interfere em ação humanitária e cidadã do prefeito sem temer represálias?

    não se acanha nem com a presença de fotógrafos?

    não tem ordem/respaldo superior?

    pode falar, eu acredito em tudo, mesmo. 

    é facil:

    os puliça que participaram são facilmente identificados nas fotos,

    é só averiguar quais deles vivem exclusivamente dos proventos da polícia.

    ………………

    essa história está parecendo a do helipóptero,

    450 kilos de cocaina e o culpado é….

    o helicóptero!

    • Tem mais!

      Identificar o “pulića” na foto é fácil. Quem é o superior dele?

      O superior também responde a um superior e um superior maior… De alguém a ordem partiu, isso é fato. O MP só tem que fazer seu trabalho UMA VEZ e perguntar “ORDENS DE QUEM?”

      Essa ordem tem que ser por escrito, como o bermudas colocou acertivamente: polícia não vai pra rua de bermudas fazer o que dá na telha. O policial não vai descer a porrada nem soltar bomba de gás lacrimogênio (que depois tem que escrever no relatório quantas soltou, onde soltou, contra quem, porquê…) se não recebeu uma ordem POR ESCRITO de alguém.

      Se queremos acabar com os maus policiais, pra comećo de história, o MP tem que deixar de ser BURRO ou de fingir que é.

  7. “Então, qual o motivo para

    “Então, qual o motivo para tê-la endossado? A alternativa seria politicamente traumática: as demissões do Secretário de Segurança e da diretora do Denarc por incompetência e falta de controle sobre a polícia”:

    Eh, mas a outra opcao eh burrice.  TODO conservador tem QI baixissimo:  se nao eh pra despedir imediatamente o secretario, a diretora, e a delegada ou delegadas, a OPCAO que ele viu foi…  foi endossar!

    Eh uma burrice monumental.

  8. Não bastasse ser o túmulo do

    Não bastasse ser o túmulo do samba,mais essa…

    Imagine legalizando as drogas  a larica  do DENARC !

    Seu Alkmin, seu Alkmin….

  9. Leviandade.

    Prezados e prezadas,

    Especulação sem provas só alimenta a fogueira de violência com a qual a truculência policial se alimenta.

    É preciso reconhecer que há policiais (a maioria) que não recebem “arrego”, mas são capazes de utilizar todo e qualquer método desumano para execução de seu ofício.

    Neste sentido o “arrego” frente a tortura e a execução extra-judicial praticada pelos “honestos” é quase um avanço civilizatório, veja bem, eu disse quase.

    A dinâmica do tráfico de drogas nas cracolândias não obedece a desta lógica conhecida de “apertar” o cerco para depois negociar preços ou cobrar atrasos.

    O tráfico de carck é totalmente diluído espacialmente, e se esparrama quando há alguma pressão em ponto específico. Sua logística é outra, e não tem a dinâmica conhecida das bocas-de-fumo, os paiois, suas “esticas”, aquilo que no RJ se chama de “movimento”, e que em outras cidades do país tem outros nomes.

    De todo modo, repito o que já disse: todas as causas são possíveis e complementares, podendo haver desde os acertos negociais da polícia, os interesses do governo, a conivência de parte da sociedade, etc.

    Mas para afirmar algo com esta gravidade é preciso um mínimo de suporte probatório.

    Saudações.

    • Caro,
      Você me parece mais

      Caro,

      Você me parece mais preocupado com as especulações do que do fato. Qual é o mais grave?

      Abs.

      Celso

      • O fato e a versão do fato.

        Celso, caro amigo,

        Como em quase todo “fato em si” (o que é isto, existe algo que exista per si? só para os discípulos de Kant, talvez nem eles) a especulação e a forma como a informação dissemina a especulação alteram a natureza daquilo que ocorreu, e mais, modifica e transforma as maneiras de abordagem do fato e sua superação.

        Não preciso te dizer que no caso das ações policiais, do combate as drogas e o relacionamento com os eixos produtores de conteúdo (mídia tradicional e alternativa) os estragos são permanentes, e costuma levar a sociedade aos limites da “paranoia delirante”.

        De todo modo, eu só acredito em fato quando ele resta provado, o que significa uma boa dose de consenso entre os interlocutores sobre aquilo que acreditam, ou pela decisão (sentença) de quem detém o poder de dizer o que é, ou não, verdade.

        Saudações.

    • É por ai!

      A questão é não politizar a questão em si. 60 pessoas foram hoje a cracrolandia protestar. Já taxaram que seriam militantes do PT e moviemntos sociais, depois da midia convocar para manifestação no local. É muito estranho não!

      Acho que deveriam ser todos reporteres esperando um quebra quebra!

      Não sei de onde parte a ordem!

      Mas incendios de onibus, saques a supermercados, a turma que saqueou o posto de gasolina a semana passada tendando ainda por fogo no posto com policiais assistindo tudo a distancia, não interessa ao PT.

      O que nos interessa é quem vem puxando esta cordinha por trás de tudo. Tudo isto me cheira a coisa planejada para criar terror na mente da sociedade.

       

       

  10. Cracolândia

    Ei cara, para de fazer propaganda política para o PT!  Isso é vergonhoso!

    O palanque da Dilma e agora do Padilha nessa coluna!!!

    O que o Gov Geraldo Alckmin tem a ver com o fato de a Prefeitura de São Paulo, ou melhor, o Haddad estar financiando o “vício do crack”, ou seja, a compra de droga prá turma da Cracolândia?

    • Sério mesmo???

      Quem é o chefe do DENARC? 

      Alckmin?

      Não parece.

      Uma operação dessa onde o “governador” não foi avisado!

      Ou não foi avisado, é um banana… ou se sabia é um sabotador…

      Não sei qual o pior…

      • resposta

        Esta operação foi uma operação de prisão de traficantes,portanto,só as pessoas mais próximas da mesma é

        que deveriam saber os detalh.Nem mesmo o gevernador precisa saber(somente o secretário).Não seria inteligente

        avisar toda a mídia sobre a operação.Os viciados,deseperados,atacaram os policiais para que seus fornecedores

        não fossem presos.O resto é baixa política.

  11. de norte a sul ninguém

    de norte a sul ninguém controla a polícia nesse país. só em são paulo são 250mil armados sem controle com permissão pra atirar…

  12. Já imaginou se o post fosse

    Já imaginou se o post fosse “Tráfico de entorpecentes foi o motivo da ida de várias pessoas do PT à Cracolândia”

    E no texto tivéssemos… “Segundo analistas do Palácio dos Bandeirantes…”

     

    Esse vc vai publicar, Nassif?

    • Então, seu argumento é

      Então, seu argumento é perguntar se o Nassif vai publicar um artigo imaginário construído na sua fantasia?

  13. Cracolândia

    Será que a turma de alunos que consomem droga no entornon das faculdades FAAP  em HIgienópolis e BELAS ARTES E ESPM na Vila Mariana estão em dia com a contribuição????

  14. > Considera-se, em círculos

    > Considera-se, em círculos próximos ao prefeito Haddad, que o governador Geraldo Alckmin não foi informado da operaçao. Então, qual o motivo para tê-la endossado?

    Ao contrário de jornalistas, supostos especialistas em segurança pública que abundam e desbundam na imprensa, intelectuais (a maioria esmagadora, petistas ou filopetistas), militantes internéticos (99% petistas), os assim chamados movimentos sociais (dizem-se apartidários e tem gente que finge acreditar nisso), palpiteiros como este que aqui escreve estas mal traçadas linhas, Alckmin é governador do Estado e o CHEFE da polícia de São Paulo. Não é a primeira vez que, claramante, se tenta fazer contra o governador de São Paulo, em várias frentes, um jogo em que, de um jeito ou de outro, ele sairá desgastado politicamente: se endossar as ações da polícia, compactua com a violência policial (que ninguém mais se importa em verificar se é justificada ou não; polícia, em São Paulo, deveria distribuir flores); se se junta ao coro dos bem pensantes que criminalizam a polícia, queima-se junto à corporação (já sob intenso cerco e bem sabemos como agem corporações nessa situação) e àquela parte do eleitorado que vem lhe garantindo folgadas eleições.

    • ahã

      Veiga,

      Tadinho do Alckmin, ele é tão bonzinho, tão inocente, tão pacifista.

      Esses diabos (99% petistas), idiotas (99% filopetistas), esquerdinhas (com certeza petistas), militantes internéticos (óbvio que petistas), quem sabe podem não ser petistas.  Apenas pessoas inteligentes que questionam os já conhecidos métodos do seu querido Governador. 

      Eu sou apartidária, mas agora não vai ter jeito, pra você eu sou (medo….muito medo) peeetisssstaaaaa.

      • O pessoal tem um sério

        O pessoal tem um sério déficit de leitura por aqui… ou talvez seja cegueira ideológica mesmo.

        Nem é meu querido governador ou nada disso, que passo longe de endeusar políticos. Só que Alckmin não é burro, apesar da cara de tonto. Como todo político, ele acena pra todo mundo, afinal, faz bem ganhar uns votinhos aqui e ali de quem normalmente não votaria nele. Só que ele (assim como Lula, Dilma, todos!) sabe bem quem é o seu eleitorado cativo, com que votos ele pode contar em outubro. E não são os votos dessa galera “descolada”, “progressista”, “defensora dos direitos humanos”, etc. Alckmin é um dos poucos políticos eleitoralmente viáveis que assumiu seu eleitorado conservador sem medo nem culpa. Como tal, ele quer votos, não aplausos. Aplausous ele deixa pro Cláudio Lembo, um conservador que é muito aplaudido pela esquerda mas que não ganha dela um voto sequer.

    • Claro, como sempre, a culpa é

      Claro, como sempre, a culpa é do PT (ou da esquerda). Incrível…

      Tenho “colecionado” (literalmente), centenas de notícias “abonadoras” da imensa incompetência dos governos do PSDB (em especial, a dupla Serra/Alckmin), com destaque para a segurança pública… Atingimos o fundo do poço há muito tempo, e muitas pessoas, “cegas” pelo poderoso filtro do PIG, continuam achando que o Alckmin é a melhor opção.

      Vamos falar de novo: intimidação, autoritarismo, achaques, envolvimento pesado com tráfico de drogas, ciladas para atrair traficantes internacionais para o Brasil, “sequestro” de traficantes, extorsão de famílias de traficantes, expulsão de famílias, assassinato de policiais militares que denunciam os grupos de extermínio (vide caso Pesseghini), máfias de todos os tipos, assassinatos, chacinas (a maior chacina da história de Campinas, ocorrida neste começo de 2014).

      Isso para não falar da corrupção, e das centenas (ou milhares) de investigações “engavetadas” – inclusive na ALESP.

      Quanto ao jogo “pesado” das denúncias por parte de “blogs sujos”, isso não é nada mais que uma reação ou um contraponto ao que o PIG faz (vide apoio declarado do jornal Estado de S. Paulo ao Serra em 2010 – jornal impresso em que aliás, só se vê propaganda de carros de luxo e imóveis de luxo… Alguém pensou na palavra caos no trânsito ?).

      De mais a mais, esse é o jogo da política: em várias frentes, a incompetência do Alckmin será sim denunciada e explorada… Ele deveria saber que isso é parte do jogo. Não aguenta ? Pede pra sair (já iria tarde…).

  15. Cracolândia
    Já passou da hora de parar de passar a mão na cabeça desses drogados. O centro de São Paulo que eu frequentava, “acabou” por conta desses drogados e os políticos não tem coragem de tomar alguma atitude concreta. Deveriam se espelhar no anterior prefeito de Nova York que estabeleceu “violencia 0” na cidade e conseguiu diminuir drasticamente o índice de violência na cidade e, sem receber salário. O centro virou um lixo e o Haddad vem com essa de dar dinheiro para que eles comprem mais drogas, só aqui mesmo. Droga é crime.

    • violencia zero

      Jomar, você está se contradizendo. 

      Quer violência zero, mas que logo que esses drogados desapareçam com mágica.

      O que Haddad está fazendo é o movimento mais inteligente até agora feito desde que o problema da cracolandia existe.

      A partir do momento em que o usuário é reconhecido, atendido, cuidado, e tem dinheiro na mão para poder comprar a droga, pois ele é doente (não controla), ele sai de um círculo antes sem saída, onde ele teria que praticar algum crime para sustentar o vício.  Se você se informar de programas similares na Europa, verá que os resultados são muito significativos.  Muitos usuários voltam a se integrar a sociedade, porque eles não estão sendo ‘exterminados’ e jogados em algum buraco, mas eles estão sendo tratados.

      O tratamento não violência é assim mesmo. 

      • Valentina, perfeito seu

        Valentina, perfeito seu comentário. Endosso-o por inteiro.

        (Cliquei na estrela máxima e a escolha não foi registrada. É comum essa ocorrência)

      • New York resolveu.

        Caríssima Valentina, a melhor política contra o uso do crack foi a de New York, a mais eficiente e inteligente, ao contrário do que Haddad faz agora por aqui, e o que outros governantes já fizeram, políticas populistas que resolvem apenas pequena parte do problema. O crack simplesmente acabou por lá, não foi uma política populista, higienista, e nem violenta. Aparentemente estes doentes não são tão doentes assim, pelo menos os de lá. Informe-se.

    • O programa lá era chamado

      O programa lá era chamado “tolerância zero” na verdade…

      Droga em si não é crime… Tráfico sim é crime… Vamos então investigar os verdadeiros criminosos, muitos deles parte da tropa do Alckmin: estão agindo como uma perfeita máfia: achaques, cobrança de proteção, intimidação, chacinas !!!

      O centro de são Paulo não acabou por causa dos drogados… Na verdade, é o contrário: eles estão lá, porque o centro “acabou”… O arquiteto Paulo Mendes da Rocha certa vez falou sobre como a má especulação imobiliária foi levando para cada vez mais longe o centro financeiro e suas empresas, e os bairros “nobres” onde moravam os que ali trabalhavam, deixando para trás regiões abandonadas e desvalorizadas.

      Estas regiões entraram em decadência e foram sendo ocupadas de outras maneiras – chegando ao cúmulo com a “cracolândia”.

      Agora, se for para culpar políticos por causa desta situação, é bom lembrar do envolvimento da dupla Serra/Kassab com a má especulação imobiliária: Aref, máfias dos fiscais do ISS, superfaturamentos, etc. Muita gente ganhou dinheiro, para construir prédios enormes em outras áreas, deixando para trás imensas áreas desvalorizadas, e pior, “roubando” dinheiro de impostos da prefeitura, que poderiam ser usados para cuidar do centro.

  16. Cracolandia

    Sr.  tenho que discordar de sua opinião, digo uma coisa as transações de drogar são realizadas nos bares com as drogas quase a vista, estas negociações são feitas por angolanos e nigerianos atraves de celulares, e a moeda utilizada são euro e o dolar, quando a policia faz a aborgem eles utilizam a sua lingua nativa, onde os policiais não entendem o que eles estão falando porém estão se comunicando para informar aos outros o que devem fazer, posteriormente o que a policia vai fazer com os angolanos e os nigerianos levar para a policia federal?, o Sr. não sabe a burocracia e o desconforto como o policial e o seu chefe imediato, este chefe não irá gostar e usará a força do regulamento para o policial seja desmotivado. Infelizmente e com todo o respeito o Sr. não conhece como funciona o trafico de drogas e a situação de incapacidade do policial, caso queira investigar o que acontece na região da cracolandia estou a sua disposição para monstrar os bares, os moteis, comercio de sexo por crianças, a distribuição, quem são os traficantes grandes e pequenos, a ação da policia politica, os desmanches de motos. Sabe o que e a sensação de segurança e o policial ficar parado nos locais pré-determinados fazendo o rodizio com os horários pré-determinados e ainda são fiscalizados para o cumprimento dos horários e locais caso segue atrasado terá que se explicar conforme o regulamento da policia e será punido, estão a sensação de segurança e o cidadão passar pelo local e ver o policial ali parado as ruas principais, porém tudo acontece ao seu redor, para o policial e melhor ficar quieto cumprindo horário do que indispor com o chefe e ainda ser punido, aquele velho ditado obedece quem tem juizo.

    • cracolandia

      Marcos Eduardo, fiquei interessada no seu depoimento, mas sua redação é tão confusa que é muito difícil achar coerência nela.

      “Sabe o que e a sensação de segurança e o policial ficar parado nos locais pré-determinados fazendo o rodizio com os horários pré-determinados e ainda são fiscalizados para o cumprimento dos horários e locais caso segue atrasado terá que se explicar conforme o regulamento da policia e será punido,”

       

      não tem condições.

  17. Santa inocência Nassif

    Acredtar que a ação da prefeitura reduziu a demanda de crack a ponto de traficantes não poderem pagar propinas… vide título do comentário.

    A ação da prefeitura é excelente, pois visa dar dignidade a usuários TERMINAIS de crack. São estes os usuários que habitam a cracolândia. Pra cada pessoa neste estágio existem 10 ou mais que usam crack com certa regularidade, muitos comprando na cracolândia, e levam uma vida “normal”. Tem onde morar, emprego e/ou estudam. Achar que todo usuário de crack vira zumbi é a visão dos desinformados. Estes não percebem seu filho usando, seu vizinho usando, seu colega de trabalho usando.A grande maioria dos usuários de crack o usam de forma relativamente controlada, aos fins de semana, ou então no happy hour, ou em casos menos controlados, como estimulante pro trabalho. Quem trabalha na construção civil sabe do que estou falando. Portanto, esta hipotese do post é de uma inocência completa.

  18. Mais um caso envolvendo

    Mais um caso envolvendo policiais do Denarc na venda de drogas, agora no RS:

    Policiais presos com droga no RS alegam que a usariam como isca

    ‘Disseram que droga era de informante, para prender traficante’, contou.

    Pesagem apontou 1,7 kg de cocaína; eles ainda tinham arma ilegal.

    Presos no Palácio da Polícia, em Porto Alegre, os dois agentes do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) prestaram depoimento durante a madrugada deste sábado (25) após serem flagrados com cocaína e uma arma com numeração raspada em Guaíba, na Região Metropolitana, na noite de sexta (24). Segundo o delegado D’Artagnan Tubino, os policiais alegaram que a mercadoria não era deles, e seria usada como isca.

    Matéria do G1. Íntegra aqui.

    É, o Abadia sabia do que falava!

    • Nossos policiais estão

      Nossos policiais estão começando a ficar inteligentes. Teve um que, surpreendido pela esposa com vários pertences feminos dentro do carro (calcinha, sultiâ, saia e brincos), falou para a patroa: “Num isquenta muié, isso tudo são pertences de uma muié agredida pelo marido e eu guardei tudo como provas.” Não é que a mulher acreditou?

  19. contato

    Presado Jornalista Nascife, sou um admirador de suas matérias em jornais, eu acho você muito parecido com um companheiro de trabalho quando trabalhei na Expresso de luxo setor de carga em Belém -PA, eu era motorista na época, e esta pessoa que acho parecido com voce trabalhava no setor de visita aos clientes, voce ja morou em Belem? esta pessoa saiu para trabalhar como jornalista em brasilia,  acho que era voce, o gerente da empresa na época era Mauro,  eu era do setor de Teresina-Pi. desculpe se estou enganado abraço

  20. O que fazer de um país onde
    O que fazer de um país onde policiais recebem pagamento do tráfico de drogas, que tal um golpe militar e começar tudo de novo.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome