Nome de Weintraub pode ser barrado no Banco Mundial

Integrantes começaram a se movimentar nos bastidores para impedir posse de ex-ministro da Educação como diretor-executivo do banco

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jornal GGN – Depois de falar que pretende sair do Brasil o mais rápido possível após sua indicação para um cargo de diretoria do Banco Mundial, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub pode ter seu nome barrado pelos próprios integrantes da instituição internacional.

Segundo fontes consultadas pelo jornal Correio Braziliense, teve início uma movimentação nos bastidores para impedir a posse de Weintraub como diretor executivo de um grupo de representantes de 189 países com ações no Banco Mundial.

A indicação de alguém com o perfil de Weintraub para o Banco Mundial é considerada uma contradição dentro da instituição, que sempre foi alvo de críticas dos bolsonaristas e que demanda de pessoas equilibradas para as negociações. Inclusive com a China, um dos maiores desafetos do ex-ministro e terceiro maior acionista do Banco Mundial.

O cargo que o presidente Jair Bolsonaro pretende encaixar Weintraub era ocupado por Fábio Kanczuk, atual diretor do Banco Central. O posto está vago desde o ano passado, e o mandato termina em 31 de outubro.

 

Leia Também
Banco Mundial diz que Weintraub fica na entidade até outubro, cumprindo atual mandato
Weintraub deixa o Ministério da Educação e assumirá diretoria no Banco Mundial
Do Banestado à Lava Jato: o passado de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

8 comentários

  1. Não vai rolar o cargo no Banco Mundial. Nenhum salário milionário será depositado na conta-corrente de Weintraub. Ele não tem mais um cargo importante. E ninguém vai protege-lo. Ele está só na porta do Tribunal, como um personagem de “Kafta”.
    https://t.co/6q4PIaBJrs

  2. Uma coisa desta espécie que só complicou com um dos maiores ministérios de um governo que é o da educação , impossível dirigir um Banco e ainda mais “mundial.” O que ele fez com o Banco Vontorantim denota um ser incapaz! Nazista, fascista, racista, demagogo,…são seus atributos principais!

  3. Isso se ele conseguir sair do país, pois um senador da REDE já entrou com pedido de apreensão de passaporte em função do inquérito que corre contra ele no supremo.
    Não tão rápido senhor bufão!

  4. Pegaram a pior época para fugir do país. Pessoalmente estão malfalados e o país sonho deles está bloqueando a entrada de brasileiros. Fala-se que vários youtubers bolsonaristas, preocupados com investigações sobre fake news, prisão da extremista Sara, Queiroz e o mito mais preocupado com os rolos da família, largando-os ao destino, andam pedindo asilo aos EUA, com fez a Sara e teve o pedido negado.

  5. O sujeito declara publicamente que pretende fugir do país para escapar da prisão.
    A resposta óbvia é a imediata apresentação da denúncia criminal (motivos há de sobra) e a apreensão do passaporte.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome