Pandemia no Brasil pode acabar só em novembro, em previsão otimista

Em escala global, a pandemia de coronavírus só deve chegar ao fim em janeiro de 2021, diz estudo da Universidade de Singapura

(Andre Coelho/Bloomberg/Getty Images)

Jornal GGN – Um novo estudo feito pela Universidade de Tecnologia e Design de Singapura aponta que a pandemia de coronavírus no Brasil pode acabar só em novembro, e a previsão é bastante otimista.

Há uma semana, a mesma instituição projetou que a crise estaria amena no final de junho, mas com o avanço no número de casos confirmados e mortes, os dados foram alterados.

Os pesquisadores alertam ainda que é preciso observar os resultados com ressalvas, levando em conta a realidade específica do País, como problemas de subnotificações de casos e a adesão ao isolamento, que são variáveis que influenciam nas projeções.

Nas últimas semanas, os estados brasileiros não têm registrado taxa de distanciamento social superior a 50%, em média. Alguns locais já começaram a decretar lockdown.

Pela pesquisa, o fim da pandemia ficou para 11 de novembro no Brasil, que estaria vivendo hoje o pico da crise sanitária. A tendência de queda de casos deve ser mais acentuada a partir de julho.

Em escala global, a previsão também aumentou. Agora o fim da pandemia é marcado para janeiro de 2021. Antes, dezembro de 2020.

Segundo o monitoramento em tempo real da universidade americana Johns Hopkins, já são 4,2 milhões de casos de COVID-19 no mundo. Mais de 1,5 milhão de recuperados, e outras 284 mil mortes.

O Brasil já ocupa o 8º lugar na lista dos países com mais casos de coronavírus, com 163 mil positivos e 11,2 mil mortes.

 

O GGN vai investigar e contar a história de Sergio Moro sem os retoques da grande mídia. Saiba mais sobre o projeto aqui.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora