Preso por corrupção o delegado que algemou o Almirante Othon

É mais um capítulo da enorme degradação do sistema judicial brasileiro com a parceria pornográfica entre juízes, delegados e repórteres.

Um dos episódios mais indignos da Lava Jato foi a operação de prisão do Almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, 76 anos.

Numa ponta, um almirante com enorme folha de serviços ao país, principal responsável pelo domínio que o Brasil passou a ter sobre uma fonte de energia relevante, a nuclear.

Na outra, um delegado da Polícia Federal, Wallace Fernando Noble Santos, com o poder absoluto assegurado por uma Justiça indecentemente parcial e uma mídia que se transformara em repassadora de pré-releases da operação.

O inquérito de Othon foi aberto a partir de informações entregues à Lava Jato por uma Advogada do Departamento de Justiça americano, que até um ano antes servira ao maior escritório de advocacia que atendia a indústria nuclear americana.

O delegado chegou ao apartamento da Othon e alertou que, se não abrisse a porta, ela seria arrombada. Indignado, Othon reagiu. Com dois pontapés, Noble arrombou a porta.

Segundo ele, Othon teria avançado sobre a equipe. O valente Noble, com a ajuda de um agente, derrubou e algemou o Almirante, de 76 anos, que gritava que, na condição de vice-almirante da Marinha, deveria haver no mínimo um vice-almirante no local. Preso, algemado e era apenas uma operação de busca e apreensão.

Noble respondia ao então juiz Sérgio Moro.

Ontem, uma operação da Lava Jato Rio de Janeiro prendeu o delegado Noble, sob a acusação de vender proteção aos grandes criminosos. Advogados atuavam como intermediários, vendendo proteção a empresários e repartindo a propina com policiais como Noble.

É mais um capítulo da enorme degradação do sistema judicial brasileiro com a parceria pornográfica entre juízes, delegados e repórteres.

 

26 comentários

    • “…É mais um capítulo da enorme degradação do sistema judicial brasileiro com a parceria pornográfica entre juízes, delegados e repórteres…” André do Rap ou Almirante Othon? 8 ou 80? Duas pontas da mesma aberração. 90 anos de Estado Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista. Criminalizar e denegrir a Biografia de Autoridade com enorme peso na História e Soberania Brasileira é um absurdo. Estou falando do Almirante e não do André. Mas é a revelação destes 90 anos entre Bandidolatria e Surrealismo. Os mesmo que condenam os Militares, o uso das Forças Militares, o uso das forças e armas nucleares para fins militares, do gasto de dinheiro para equipar tais Forças Militares e desenvolvimento de conhecimento a partir de Estudos Militares, agora defendem tal posição e tal Militar. Os mesmos que fazem Leis complacentes com a Criminalidade, por entender que Criminosos são apenas Vítimas da Sociedade e que a Penas não podem ter caráter punitivo. Pobre país rico. Parem o Mundo que preciso descer. Logo ali depois de Marte. Mas de muito fácil explicação.

      4
      60
      • “Esquerdopata” já denota criatura que digita com patas eivadas de ferraduras, mas vamos lá.

        Critica-se nesse espaço (e muito comedidamente) não a existência de forças armadas. Critica-se esse bando de taifeiros entreguistas, vassalos e subordinados aos estadounidenses, regados a champagne e lagosta, com educação de quem acha que o Brasil pertence ao hemisfério norte, que temos. Critica-se essa corja que somente age por ideologia pútrida, a chamar comunista e a atacar quaisquer governos ou lideranças que prezem pelo desenvolvimento e pela soberania nacionais (e de forma concreta, não como chavão eleitoral), inclusive os que as equiparam e as tiraram da penúria, assim como você faz neste espaço. Se está tão ultrajado com o que aconteceu com o Almirante, vá falar com os lacaios estrangeiros da Lava Jato e desse atual desgoverno militar direitopata, que comum da sua torpe idiocia ideológica.

        E para o seu analfabetismo histórico: foram 502 anos de conservadorismo quasi-teocrático. A esquerda malemal governou por 13 anos, períodos de maior pujança a história do país e período em que se desenvolveu a carreira do Almirante, por haver nos governos de então recursos e incentivo para tal.

        51
        5
  1. Estamos vendo juizes do supremo( assim, com minúscula mesmo) abraçando e jantando junto com suspeitos investigados, então isto aí é café pequeno.

    31
    3
  2. “…enche de irreprimível alegria o coração de terceira categoria, além de reafirmar sua fé numa justiça poética de dimensões cósmicas, se não num Papai Noel também cósmico.”
    O coração de terceira categoria é também o meu, a citação é de J.D. Salinger, e a fé no papai noel cósmico eu não a reafirmo em mim, mas começo a compartilhar com ele, depois do episódio da bunda do senador de Roraima e agora a prisão desse delegado.

    10
  3. BRASIL, um imenso PORT ROYAL?
    Desculpem o comentário, mas a despeito da parte boa de nossa sociedade, com o domínio do poder parasita no braZil (e seus crentes associados), não se vislumbra uma solução fácil.
    Mais ou menos como a Port Royal de 1692, dominada por piratas, estimulados pela coroa inglesa para o saque de franceses e espanhóis.
    Conhecida à época como a “Sodoma do Novo Mundo” ou a “mais rica e perversa do mundo”, a cidade jamaicana foi destruída por um terremoto/maremoto em 1692, num dito “castigo Divino”.
    Aqui, a “Sodoma” é escancarada por uma poder medíocre à serviço: empresários preguiço-gananciosos, míRdia (de)(sin)formativa, igrejas empresariais, escolas idem, facções e milícias criminosas, polícias, MP’s e justiça parciais, corrompidas e/ou violentas, militares empregatícios desnacionalizados, políticos simplesmente inacreditáveis, financistas sugadores e uma classe média que sonha apenas e cada vez mais com entrada em um desses grupos. Tudo com estímulo e controle de “coroas além-mar (e terra)”.
    O que sobra?
    Qual a solução para que toda esta abençoada riqueza seja transformada em bem-estar e desenvolvimento para a grande maioria dos brasileiros, ocupando o seu devido lugar entre os os 3 a 4 países líderes em quase tudo no planeta?
    Como não temos terremotos sérios no braZil, nem queremos que ele seja destruído, fica a pergunta.
    Sugestões?

    11
  4. Os verdadeiros BANDIDOS e CORRUPTOS estão aparecendo aos montes. E justamente no meio daqueles que se diziam HONESTOS e INCORRUPTÍVEIS. Lutavam bravamente para salvar o País da corrupção e dos corruptos. Quanta hipocrisia.

    11
  5. Faltou crescentar que no apartamento debaixo ao do Almirante Othon morava, curiosamente, um agente da CIA, conforme o próprio almirante disse em entrevista antiga à Carta Capital.

    15
    • Não apenas repórteres mas tambem seus chefes e algumas “otoridades” politicas e judiciárias que participaram ativamente da maior traição vista neste país.
      A pátria é sagrada, que a justiça seja aplicada firmemente para os traidores.

      8
      1
  6. “O inquérito de Othon foi aberto a partir de informações entregues à Lasva Jato por uma Advogada do Departamento de Justiça americano, que até um ano antes servira ao maior escritório de advocacia que atendia a indústria nuclear americana.”
    A lava jato é cheia de coincidências…

    10
  7. BOMBA.
    Se Trump tomar cacete na leição de lá,Boulos ganha a de cá.
    Quem me passou está informação em absoluta primeira mão foi Pai Ambrósio,um vidente meia boca de Brasília,amigo longas datas de Nassif.

  8. Ainda faltam o Moro, o Bretas e a delgada Elika Marena, que levou o reitor ao suicidio. Estou vendo uma pontinha de esperança.

  9. Trata-se, apenas e tão somente, de uso do aparato do Estado para dizimar – não se trata de dízimos, apesar da guerra santa – antigos comparsas, hoje adversários. É nisso que dá apoiar cegamente fascistas e o fascismo. Eles, os fascistas, não respeitam qualquer limite para atingirem seus escusos objetivos e projetos entreguistas. São os verdadeiros patriotas(?) que encabrestam uma legião de patri-idiotas.

  10. Meus parabéns ao almirante e sua família. A justiça está começando a triunfar sobre o terrorismo de Estado.
    Esperamos a prisão dos agentes da Polícia Federal que organizaram as prisões arbitrárias em massa de chefes de empresas russas em Manaus. A queixa foi encaminhada da Comissão de Direitos Humanos da Câmara ao Provedor de Justiça Federal. O presidente Bolsonaro foi informado de que o lado russo insiste em uma investigação.

  11. E o Almirante não teve reparada ainda a sua honra. Canalhas da “vazarrato” seguem impunes, com a conivência de conselhos de ministério público e stf. Nojo desse judiciário vagabundo!! 🤢

  12. O jornalista, ao concluir falando de conluio entre juizes, delegados e a imprensa, esqueceu os picaretas do Ministério Público

  13. Othon é o maior cientista militar da nossa História. Paga o preço por ser o Prometeu da nacionalidade e está algemado, como o arquétipo. Saberá inspirar os patriotas q virão no pós-golpe de 16! Não nos calarão, MALDITOS!

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome