Qualquer diplomata sabe que não se mexe com eleições estrangeiras

Além do mais, o apoio de Bolsonaro à reeleição de Maurício Macri só "prejudica" o candidato, uma vez que a defesa do brasileiro sobre o regime militar não cai bem entre os argentinos

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Guga Chacra publicou em O Globo nesta quinta (15) que Jair Bolsonaro está mal assessorado. Não tem um chanceler capacitado para lhe dizer algumas verdades como, por exemplo, que não é inteligente se meter em eleições estrangeiras, como o presidente brasileiro já fez em Israel e, agora, repete com a Argentina. “Qualquer diplomata sabe que não se deve interferir”, apontou.

“Há uma sucessão de gols contra cometidos por seu governo que poderiam ter sido impedidos se houvesse uma figura capacitada no comando do Itamaraty”, comentou o jornalista.

Na quarta (14), Bolsonaro disparou que “bandidos de esquerda” estão voltando ao poder na Argentina, após as eleições primárias darem conta de que Alberto Fernández, com a sua vice Cristina Kirchner, devem sair vitoriosos da disputa final, em outubro.

“Bolsonaro inevitavelmente terá de trabalhar com ele [Fernández], caso seja eleito, por ser membro do Mercosul em um momento de finalização do acordo com a União Europeia. Também se trata de um parceiro geopolítico e comercial fundamental para os brasileiros.”

Além do mais, o apoio de Bolsonaro à reeleição de Maurício Macri só “prejudica” o candidato, uma vez que a defesa do brasileiro sobre o regime militar não cai bem entre os argentinos.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Pelo que já vimos…
    quando um país é entregue pelo seu governante de mão beijada a outro mais poderoso e interessado em estender o seu domínio aos países vizinhos, a primeira coisa que se quebra é o pacifismo diplomático anterior

    e geralmente acontece após terem conseguido quebrar o pacifismo jurídico

    Historicamente sempre foi de responsabilidade pessoal, do governante da vez e não do Estado

  2. Em termos estritamente geneticos… a familia inteirinha de Bolsonaro fervida em oleo diesel e destilada… nao tem sequer um quarto de “diplomata ” nela…

  3. Nassif: o daBala anda e caga (perdão, faz cocô) pra essa de diplomacia. Em Israel, por exemplo, ele ameaçou Palestinos e outros árabes que se Bibi não ganhasse eles teriam que se haver com a multidão de VerdeSauvas que seriam destacados pra lá. A Síria e o Irã ficaram temerosos e mandaram que a AlFath suspendesse qualquer ato que pudesse ser interpretado por Brasilia como terrorista. Num deu outra, o candidado do Planalto emplacou. A mesma coisa vai acontecer com esses hermanos, se não tomarem tento. Os batalhões sulistas já estão engraxando as metralhas. Sob a batuta da QuerênciaDeCruzAlta hão de fazer charque de portenhos. Vão dançar tango em ritmo de samba. Realengo e Deodoro, outro reduto militar do grupo, ficará na reserva, sob comando da PraiaVermelha. E olhe, eu até adimiro essa lealdade dos caras à bandeira norteamericana. Demonstração absoluta de patriotismo. Trump está até dormindo melhor, sabendo que seus perdigueiros estão vigiando o quintal. A coisa tá bem encaminhada. Macri eleito será mestresala da escola de samba dos milícos, no desfile da Sapucai. Só esses kummunistas não conseguem entender.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome