Hokusai e de como enxergar o que interessa, por Alfeu

Hokusai e de como enxergar o que interessa

por Alfeu

A arte do Ukiyo-e, normalmente traduzido por “Retratos do Mundo Flutuante”, se expressou através de xilogravuras retratando o cotidiano, a natureza, a beleza, enfim os detalhes da vida no Japão. Seu desenvolvimento foi durante a Era Tokugawa, assim como as outras formas artísticas, muito facilitado pela estabilidade do país unificado. A sua expansão levou a uma grande produção dessas gravuras, ao ponto de deixar muitas matrizes desgastadas fato esse que se revela nos traços interrompidos de muitas das copias. Ela também ultrapassa os limites das ilhas do Japão, chega ao Ocidente e se estabelece como um dos ingredientes que influenciou os Impressionistas. Mas teve o retorno com o Ocidente desembarcando no Japão, mas através de um expoente nativo do País do Sol Nascente, Hokusai Katsushika.

Dos diversos trabalhos de Hokusai,há uma coleção que se destaca que é as “36 Vistas do Monte Fuji”, onde a montanha aparece em várias paisagens dentro da temática do Ukiyo-e, o que mostra ser uma referencia há muito tempo. Em todos as figuras o Monte Fuji mesmo de longe é facilmente identificado, demonstrando uma solidez de um protetor onipresente. Há porém um deles “Kajikazawa, província de Kai” (ver acima) onde apenas uma tenue linha dá a forma do vulcão adormecido.

Mas o Monte Fuji que se conhece está bem em frente de nós, e com toda a sua força. A parte do pequeno relevo que se inclina para a direita, e sobe passando pelo garoto ali sentado, chegando na parte superior onde está um pescador que lançou suas linhas que se tensionam, vibram, flexíveis emitindo sinais, que pode ser apenas o movimento das correntes ou de um peixe fisgado. Mas são elas que ao descerem ainda para a direita, fecha a verdadeira imagem do Monte Fuji.

Isso é para desejar a todos que participam de todas as maneiras no Jornal GGN, que continuem a trazer o fato objetivo para ser discutido, pois é assim que conseguiremos avançar. Avançar por todo o tempo que houver daqui para frente.

 

https://www.youtube.com/watch?v=57BDD36eMrA align:center

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora