Militares ameaçam a democracia, mas a PGR dorme em berço esplendido, por Fábio de Oliveira Ribeiro

O MPF pode realmente se considerar independente ao ponto de favorecer, mediante omissão, um golpe de estado.

Marcos Correa – PR

Militares ameaçam a democracia, mas a PGR dorme em berço esplendido

por Fábio de Oliveira Ribeiro

A PGR requereu o arquivamento da denúncia feita por mim contra os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica em virtude deles estarem ameaçando o TSE e tentando interferir nas eleições presidenciais. A petição é eloquente, mas enganosa.

A normalidade democrática pressuposta na petição da PGR é uma falácia perigosa. As ameaças militares feitas contra o TSE e as tentativas dos requeridos de interferir nas eleições são uma verdade factual que se tornou reconhecida até pela imprensa internacional.

A PGR entende que não ocorreu nenhum crime. Será necessário o TSE ser cercado por tanques, destruído com mísseis ou invadido por hordas de militares e milicianos bolsonaristas para que o MPF faça alguma coisa em defesa do sistema democrático e da autonomia do Poder Judiciário?

Em sua petição, a PGR defende vigorosamente sua autonomia. Qual o significado dessa autonomia se ela é utilizada para proteger comandantes militares que ameaçam o sistema eleitoral? O MPF pode realmente se considerar independente ao ponto de favorecer, mediante omissão, um golpe de estado.

Requeri à relatora o prosseguimento do processo. Em anexo a manifestação da PGR. 

Fábio de Oliveira Ribeiro, 22/11/1964, advogado desde 1990. Inimigo do fascismo e do fundamentalismo religioso. Defensor das causas perdidas. Estudioso incansável de tudo aquilo que nos transforma em seres realmente humanos.

O texto não representa necessariamente a opinião do Jornal GGN. Concorda ou tem ponto de vista diferente? Mande seu artigo para [email protected]

manifestacao-do-MPF-29-06-2022

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fabio de Oliveira Ribeiro

- 2022-07-01 17:01:44

Hoje a Ministra Rosa Weber arquivou a denúncia que eu fiz contra os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica por causa das ameaças ao TSE e às eleições. Ao que parece o STF não está muito preocupado com o golpismo da familícia Bolsonaro e dos militares que se aliaram à milícia. Algo está ocorrendo nos bastidores do serpentário de Brasília.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador