Por que a mídia não noticiou que o Papa Francisco mandou um terço para Lula?, por Alexandre Tambelli

Foto Vaticano

Por que o Jornal Nacional e assemelhados não noticiaram que o Papa Francisco mandou um terço para Lula?

por Alexandre Tambelli

O Sistema tem sua lógica. O ponto central dele está na Educação.

Precisamos entender que o Sistema = o Capital: Império Norte-Americano, Wall Street, grandes corporações e grandes grupos midiáticos controlados pelo Capital busca controlar as mentes, o não-pensamento e a não-reflexão para moldar indivíduos reprodutores exclusivos da sua Ideologia e ela deve ser difundida com alguns pressupostos básicos:

1) A ideia do único Sistema econômico possível e único democrático: o Capitalismo de mercado, alicerçado no consumo de bens materiais, tão somente.

2) A propagação de uma cultura que seja moldada pela má-qualidade da Arte (Literatura, Música, Teatro, Cinema, etc.) e sempre uma Arte que não gere dissidências do modo de pensar e agir pró-Sistema, que não emocione, que não nos leve a amar o próximo como a nós mesmos.

3) Todo o Sistema é voltado para a fabricação do EU, ou seja, todas as vitórias/realizações devem partir do indivíduo, incutidas no indivíduo como frutos do seu próprio mérito e o Sistema não mede esforços para impedir de se querer uma sociedade coletivizada em busca do bem comum.

4) A sociedade deve ser educada para a competição e a aceitação plena de que as desigualdades sociais são frutos da incompetência do indivíduo e não um problema estrutural da concentração de renda, da distribuição desigual das riquezas geradas pelo trabalho, do Capitalismo de mercado.

Quando surge um Lula ou um Papa Francisco o Sistema não tem controle absoluto dos seus atos, pois, são eles, os dois líderes antissistema mais importantes do Século XXI e capazes de dar voltas no Sistema e atingir multidões com seus carismas, inteligência e ideias e ações revolucionárias.

Leia também:  Agência desmente vídeo que Lula "confessa" que PT é organização criminosa

Lula e o Papa Francisco falam em nome da coletividade, falam em nome de um mundo socioeconômico menos desigual e trabalham no caminho oposto do Capitalismo de mercado e ameaçam o Sistema no seu sentido mais básico, o de ruir a estrutura de desigualdade, onde o 0,001%, ou seja, 70 mil pessoas relegam mais de 7 bilhões de seres humanos a um segundo patamar de direitos e deveres na sociedade atual, praticamente, buscando escravizar a todos que não pertencem a este seleto grupo de pessoas.

Por isto o Sistema não pode divulgar em seus meios de comunicação, no Brasil um oligopólio, nos telejornais locais das emissoras cooptadas pelo Sistema, um gesto cristão do Papa Francisco ao preso político Lula: o gesto de lhe enviar um terço com uma cartinha escrita de próprio punho.

O Papa Francisco é o Chefe máximo da Igreja Católica, tem uma força extra de comunicação que vai além do Sistema e não podem aprisiona-lo, o que podem e tentam é esconder seus gestos considerados subversivos, quando estes vão de encontro às questões de crítica ao Sistema e seu Capitalismo de mercado ou de solidariedade aos antissistema como Lula.

Como Lula é a referência máxima ou símbolo mundial na Política e nas ações sociais antissistema, aquele que pode construir uma emancipação sociocultural e reflexiva dos pobres e ruir com a sociedade dos 70 mil ele não pode ser notícia positiva, nem quando a figura religiosa de maior vulto no mundo e Chefe de Estado do Vaticano lhe manda um terço.

Leia também:  E se Lula tivesse formado chapa como fez Cristina Kirchner?

Uma notícia que mostra o apreço do Papa Francisco por Lula não virar notícia no JN?

O Papa não entrega terços para todo mundo certo?

Dois personagens da História mundial e antissistema juntos em gestos de apreço mútuos nunca vão virar notícia importante na Globo & Cia. Ela é a propagadora do Sistema, seu  braço “educacional”, a emissora chefe na defesa do Capitalismo de mercado, da sociedade dos 70 mil, do Sistema capitaneado pelo Império Norte-Americano, seu departamento de Estado e sua Wall Street, das grandes corporações no Brasil. Lembrando que os donos da Globo são bilionários e defendem o Sistema por seus próprios interesses, eles são parte integrante da Elite do Sistema. 

Divulgar a notícia: Papa Francisco manda emissário entregar um terço com cartinha de próprio punho para Lula na prisão é balançar o pilar da imagem que o Sistema via Globo & velha mídia busca construir de Lula, a imagem de um grande corrupto e gera uma pergunta, uma dúvida no telespectador dessas mídias: por que o Papa Francisco envia um terço para Lula? É um processo reflexivo, foge da neutralidade e do Jornalismo de guerra, inadmissível ao Sistema esta possibilidade hoje. Foge da desumanização de Lula e dos defensores dos pobres e dos anticapitalistas que o Sistema busca empreender através dos meios de comunicação e da Arte por ele patrocinada.

Agora, se fosse qualquer Papa mandando um terço de presente com carta de próprio punho para, por exemplo, FHC a notícia seria destacada à exaustão na Globo e nos principais meios de comunicação do Brasil, porque seria uma forma de mostrar o Papa enviando um terço a um dos pilares do Sistema na esfera política brasileira que é o tucano FHC.

Leia também:  Diplomacia brasileira: antes e depois

Seria notícia importante por corroborar com a ideia de que o Capitalismo de mercado é valorizado pelo Papa, que FHC é amigo do Papa, que o Sistema é cristão e viraria tudo uma grande celebração.

26 comentários

  1. Mandou ou não mandou

    Afinal, papa mandou ou não mandou o terço? Vários sites uol/g1/estadão disseram q não enviou. 

    O mais impressionante disso que notei foi  que em vários grupos q participo no Whattsapp todos correram pra ver se era fake news. Mas quando era notc que prejudicava Lula ninguém se importava em saber se era verdade ou não.

  2. Quem tem um sinal do

    Quem tem um sinal do pensamento de um novo sistema?

    Se existe alguém com esta resposta, sabe como será dominada ou quem a domonará.

    Difícel para quem não sabe que pensa como burgues, gasolima baratam, patrão bonzinho, que mídia diz a verdade e exite para informar o pobre.

    Enquanto isto o burgues dorme despreocupado.

     

  3. Ou GGN é contra o Fakenews,

    Ou GGN é contra o Fakenews, ou continua plublicando artigos como esse. Os dois, não dá… 

  4. É isso aí!

    Nassif: é que, além de ser argentino e torcer para o Boca Junior, esse Papa não reza pelo terço dos corruptos e ladrões. E por isto não serve ao pessoal do Jardim Botânico e da grande mídia.

  5. chocado mas não surpreso

    Segundo ouvi nos canais alternativos, agora os “jornalistas” (melhor dizendo, propagandistas) da globo não podem se manifestar nas redes sociais.

    Argumenta a globo que é para manter a neutralidade, a isenção.

    Curioso que quando os “propagandistas” da globo faziam videos e audios contra o PT, esquerda e Lula podia.

    A globo forçou tanto a barra que até um alienado já descobriu que aquilo é um lixo só.

     

  6. O homem na lua

    E tome rede social devastando a credibilidade da imprensa já  severamente arranhada desde seus primórdios.Notícias espetaculares , sensacionalistas, carregadas de emotividade, quase sempre são um ponto fora da curva do jornalismo.

  7. A mídia é velhaca.

    Triste saber que nossa imprensa é tocada por pessoas de má fé. Faturar, não importa como, é o objetivo desses vendilhões da Pátria. 

  8. Tá mas não foi o PT que ..

    Tá mas não foi o PT que criticou a nomeação de Bergoglio !?

    Na onda de dona Cristina lembro eu , posso estar caduco.

    A página do Vaticano diz que o rosário é um presente para presos em geral , nada especial.

    E lembre , um verdadeiro cristão é humilde …

     

     

  9. https://odia.ig.com.br/brasil
    https://odia.ig.com.br/brasil/2018/06/5548522-vaticano-diz-que-rosario-entregue-a-lula-na-prisao-nao-e-presente-do-papa.html

    BRASIL
    Vaticano diz que rosário entregue a Lula na prisão não é presente do Papa
    O Partido dos Trabalhadores disse em suas redes sociais que o artigo teria sido enviado por Francisco ao ex-presidente
    Por ESTADÃO CONTEÚDO

    Publicado às 18p7 de 12/06/2018 – Atualizado às 18p7 de 12/06/2018


    Twitter de Lula informou que o papa Francisco enviou um rosário ao ex-presidente Lula; Vaticano nega – Claudio Kbene/Reprodução/Twitter
    Vaticano – Após o Partido dos Trabalhadores publicar em suas redes sociais imagens de um rosário que teria sido enviado pelo Papa Francisco ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato, o Vaticano manifestou-se nesta terça-feira negando a versão do partido.

    O Vaticano esclareceu que o terço entregue na carceragem da Polícia Federal não era em nome do Papa Francisco, mas sim um presente pessoal do advogado argentino Juan Grabois. “Como tantos outros, é um terço abençoado e distribuído em inúmeras ocasiões. A visita era pessoal e não em nome do Papa”, afirma.

    Lula tem recebido aconselhamento religioso às segundas-feiras e já teve visitas de figuras como Leonardo Boff e Frei Betto. A justificativa para impedir Grabois de ser o convidado da semana na cela de Lula foi que ele não foi consagrado sacerdote – e, portanto, não poderia dar orientação espiritual para o ex-presidente.

    Em abril, as visitas de amigos, aliados e apoiadores de Lula foram proibidas pela juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal. A magistrada decidiu que, enquanto o ex-presidente estiver encarcerado na unidade policial onde começou a Operação Lava Jato, só serão permitidas visitações da família e dos advogados – regra da unidade para os demais presos.

  10. O terço não é do Papa mas de
    O terço não é do Papa mas de um advogado argentino.

    https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2018-06/precisacao-sobre-caso-grabois-lula.html

    Precisação sobre o caso Grabois-Lula
    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros.
    Cidade do Vaticano

    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros. Abaixo apresentamos a notícia correta.

    O advogado argentino Juan Gabrois é Consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz, que passou a fazer parte do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.

    Grabois concedeu uma entrevista (https://youtu.be/A7F-C1Bi5Q0) depois de ter sido impedido de visitar o ex-presidente Lula no Cárcere de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois definiu inexplicável a rejeição de não ter podido se encontrar com Lula a quem queria levar um Terço abençoado pelo Papa, as palavras do Santo Padre e as suas reflexões com os movimentos sociais e discutir assuntos espirituais com o ex-chefe de Estado.

    Grabois disse que está muito preocupado com a situação política no Brasil e em vários países da América Latina. Enfim, disse estar muito triste pela proibição de realizar esta visita, mas que o importante é ter conseguido levar a Lula o Terço.

  11. Um pequeno comentário e

    Um pequeno comentário e retificação.

    Quando vi a notícia sobre o Terço na página de Lula no Facebook estava escrito que o Papa Francisco envia um rosário para Lula. Ao checar a polêmica do envio e não envio voltei na pastogem original e lá diz: O presidente Lula recebeu nesta segunda-feira (11) um Rosário abençoado pelo Papa Francisco.

    Segui a notícia inicial. O que não invalida a proposta do texto em dizer que não virou notícia a negativa da presença do Assessor e a entrega do Rosário abençoado pelo Papa por terceiros e deveria ser notícia importante, penso eu. Se fosse o Rosário abençoado entregue para FHC por um Emissário do Papa seria notícia e não teríamos questionada a autenticidade do Juan Grabois como Emissário do Papa. 

    Quanto ao Emissário do Papa sigamos a informação do Mauro Lopes do Brasil 247, que é um profundo conhecedor da Igreja Católica:

    “O jornalista Mauro Lopes participou do programa “Giro das 11” desta segunda-feira (12), comentando a visita negada pela Polícia Federal ao assessor do Papa, Juan Grabois, e as tentativas da ala da direita do Vaticano em negar que o assessor tenha relação com o pontificado.  

    Mauro Lopes explica a origem de Juan. “O assessor do Papa, Juan Grabois, é argentino é tem tido um protagonismo no pontificado, pois é um dos organizadores dos encontros mundiais de movimentos populares com o Papa e tem grande intimidade com o pontifício”, explica. 

    Ele condena os reflexos do Estado de Exceção. “Negar visita ao Lula é típico da mesquinhez das ditaduras. Ver as arbitrariedades em Curitiba é como se sentir nos anos 70, avalia. 

    Mauro contra argumenta a informação divulgada pelo Vaticano dizendo que a visita foi pessoal, não representando o Vaticano. “Há uma luta violenta dentro do Vaticano entre setores progressistas ligados ao Papa e os segmentos conservadores da direita”, ressalta.

    Ele relembra um episódio ocorrido onde ocorreu a interferência do  Vaticano. “O serviço brasileiro de informação é controlado pela ala conservadora da igreja, e o órgão repetiu a mesma atitude com o assassinato de Marielle Franco. Logo após o Papa Francisco telefonar para a família da vereadora, o vaticano desmentiu que tivesse ocorrido qualquer telefonema por parte do Papa”, relata.”

    https://www.brasil247.com/pt/247/mundo/358156/Mauro-ala-direita-do-Vaticano-tenta-abafar-visita-de-assessor-do-Papa.htm

      • Rodrigo!

        Foi sintomático ver que a velha mídia criou uma situação singular, onde a notícia não é notícia mas o “desmentido” da notícia é avidamente notícia.

        Fiquemos no nosso campo progressista e com a mídia alternativa.

        Abraço,

        Alexandre!

         

        • Mais sintomático ainda
          Prezado Alexandre,

          Concordo com você.

          Só que, mais sintomático, ainda, é o fato de hoje, com o desmentido do Vaticano News, a mídia corporativa haver passado batida pelo assunto batucado ontem.

          Ou seja, para os oligarcas mafiosos do PIG, fica a herança da fake new sobre a “fake new” que ao cabo era verdadeira.

          Os oligarcas da informação não têm mesmo nenhum caráter.

          Fiquemos com nosso campo progressista!

          Abraço

  12. Texto de entrevista do Renato Rovai na Fórum

    Grabois sabe mais do que o Papa pensa de Lula do que qualquer cardeal brasileiro, afirma sociólogo argentino

    (…) “Mas o Papa poderia ter mandado um rosário para o Lula tendo como porta voz o jovem Juan Grabois, pergunta o blogueiro. Gentili garante que sim. “Se o Grabois veio visitar o Lula, certamente ele tinha alguma mensagem ou algum recado do Papa. Ele não se movimentaria por iniciativa própria”.”(…). 

    https://www.revistaforum.com.br/grabois-sabe-mais-do-que-o-papa-pensa-de-lula-do-que-qualquer-cardeal-brasileiro-afirma-sociologo-argentino/

     

  13. VATICANO CONFIRMA

    VATICANO CONFIRMA GRABOIS

     

    https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2018-06/precisacao-sobre-caso-grabois-lula.html
     

    Correção sobre o caso Grabois-Lula – Vatican News

     

    Correção sobre o caso Grabois-Lula

    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros.

    Cidade do Vaticano

    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros. Abaixo apresentamos a notícia correta.

    O advogado argentino Juan Gabrois é Consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz, que passou a fazer parte do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.

    Grabois concedeu uma entrevista (https://youtu.be/A7F-C1Bi5Q0) depois de ter sido impedido de visitar o ex-presidente Lula no Cárcere de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois definiu inexplicável a rejeição de não ter podido se encontrar com Lula a quem queria levar um Terço abençoado pelo Papa, as palavras do Santo Padre e as suas reflexões com os movimentos sociais e discutir assuntos espirituais com o ex-chefe de Estado.

    Grabois disse que está muito preocupado com a situação política no Brasil e em vários países da América Latina. Enfim, disse estar muito triste pela proibição de realizar esta visita, mas que o importante é ter conseguido levar a Lula o Terço.

    13 junho 2018, 00:51 

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome