Resistência, por quê?, por Rui Daher

Resistência, por quê?, por Rui Daher

Querem Lula preso por ter recebido favores valendo-se do cargo de presidente da República. Ninguém sabe muito bem quais. Já usaram sítio com pedalinhos, apartamento vizinho ao seu em São Bernardo do Campo, propina na Petrobras, presentes que ganhou durante seus mandatos, a cachaça, seus desafios a quem caga para a inserção social, muitas vezes mais pobres do que ele foi, ou filhos, netos e bisnetos de metalúrgicos do ABCD que, hoje em dia, se empoderam pois têm acesso a um sanduíche do McDonald’s.

Nada colou, nada se provou. Imbecis ignoram o princípio secular de presunção de culpa, apelam para delações premiadas, não ouvem ou, se ouvem, não reconhecem nenhuma apelação da defesa e, assim, de instância em instância, de vazamentos em vazamentos, proibidos por lei, conseguiram colocar a pecha de que Lula é ladrão.

Apesar disto ir se espalhando pelo País, sobretudo nos guetos da riqueza, não sei como, apesar de mensalão e desvarios vários, esse pernambucano saiu da presidência com a maior aprovação da “história deste país” e, ainda hoje em dia, lidera todas as pesquisas, seja lá qual o cenário, para as eleições de 2018.

Mas assim, espontaneamente? Claro que não. Das últimas emissões, que o determinam ladrão, se encarregam as televisivas, impressas e digitais famílias, proprietárias das salas de jantar onde a democracia é eviscerada de seus órgãos vitais.

E os imbecis que nelas acreditam e repetem: Lula é ladrão, Lula é ladrão. Quem são eles? Fácil: iletrados funcionais em ciências sociais, economistas do mercado rentista, donos de prostíbulos ilícitos, patrões que só sabem ser competitivos reduzindo empregos e cortando direitos trabalhistas.   

Leia também:  Moro x Bolsonaro: Leia a transcrição do vídeo da reunião ministerial divulgada pelo STF

O que é Moro, comparado a um estadista brasileiro que tirou 40 milhões da linha de pobreza (reconhecido no planeta), eliminou nossa dívida externa, deu acesso educacional aos pobres, e levantou a cabeça de nossa soberania, juntando-se às América Latina e África?

Respondo: um cabeça oca, que mal conhece as ortografia e gramática brasileiras, vaidoso, revanchista, e só não falo a soldo de alguém por não ter provas ou delações, como os artifícios que ele pratica contra Lula.

Espanta-me ao centro (Ciro e Álvaro) e à direita (não sujo meu teclado), coonestando a prisão de Lula, como se larápio fosse. O silêncio de Fernando “Paris” Henrique. Restaram-me Jânio, Laura, Vladimir e Gregório, na Folha, CartaCapital e GGN, onde escrevo, e alguns blogs progressistas corajosos.

No mais, uma cambada de servos de patrões poltrões, até o momento de faturarem sobre a imprecisão de seus lacaios jornalistas.

O que são as lacraias da Globo News? Nem precisamos chegar ao patético Merval, paremos no confuso Camarotti e na “Lo Prete”, que se faz bonitinha, mas cujos trejeitos nunca alcançarão Lollobrigida. E o dono do JN, William Bonner? Circunspecto ou malandro? Escolham.

Teríamos mais, muitos mais, papagaios a garantir o acordo secular de elites, a fazerem dinheiro abaixando as calças a seus patrões, indignando a pretensão de milhares de jovens a seguirem a profissão de jornalistas.

Sinto informar-lhes. Pouco espaço para a dignidade e rabo escancarado para a desonestidade com sua profissão.

Dou um exemplo que na sexta-feira, ontem, me exasperou. Pergunta-me o motorista da Uber: “E Lula”. Respondi: “o melhor presidente que o Brasil já teve”. Calou-se e manteve o rádio num noticiário da Jovem Pan, onde opinavam Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo (a todo momento, mencionando ter sido de esquerda, na Convergência Socialista, e se desculpando dos despautérios que enunciava), além de bostas menos evidentes, ou seja, líquidas, de quem nunca lembrarei o nome, pois insignificantes.

Leia também:  Contrariando Moro, MPF não vê crime em fala de Lula que associa Bolsonaro a milicianos

Atualmente, a quem pertence esse prostíbulo radiofônico? À família Carvalho? Sou do tempo da Rádio Panamericana, cujos locutores e comentaristas me ensinaram a paixão pelo futebol. Ouvia-os num radinho de pilhas. Viraram o quê?

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. Prezado Rui Daher, um texto

    Prezado Rui Daher, um texto equilibrado, embora o Brasil progressista e de esquerda esteja dando uma demonstração de incompetência e covardia. Assim é que é.

    Permita-me o lugar comum e dizer que ninguem é insusbstituível, mas nesse momento, queira-se ou não, o ex-presidente Lula é, mesmo com muitos de seus erros, mas os acertos foram maiores para quem sabe o que é pobreza e miséria num país como Brasil.

    O fascismo caboclo venceru, essa é a verdade. E não adianta tapar o sol com peneira? O dia de ontem começou com grande possibilidade de uma desobediência civil exitosa e no meio dela o senhor Ciro Gomes diz que não foi ao ABC porque “não é um puxadinho do PT”. Esse homem é mais do mesmo. Oportunista e boquirroto, tipo machao nordestino.

    Dou esse exemplo para ver a nossa indigência política.

    Não é por acaso que os fascistas estão comemorando a vitória contra uma figura como Lula num prostíbulo paulista.

    • E o Ciro ainda é considerado a opção. A única que temos

      E muitos pensadores (????) embarcam agora nessa canoa…

      Ele “voltou” para o campo de onde nunca saiu.

      Um pouquinho mais de atenção e isso não era difícil de perceber.

      É um bom nome pra “presidir” o Brasil pós golpe.

      Igual aos demais que sobraram após impedimento e prisão do Lula, aceitos pela “turma”.

      Apenas com um pouco mais de lustre.

      Pode até ser “eleito”.

  2. brasil minúsculo

    O brasil (minúsculo mesmo) é um corpo doente, em estado de falência múltipla de seus orgãos institucionais, carcomidos pela hipocrisia de células cancerígenas, jaz agora em metastase, na UTI desfalecido e a depender de um milagre improvável. 

     

  3. Valeu Rui. O crime organizado

    Valeu Rui. O crime organizado pela banca, protegida pelos milicos, juízes e mídia. tomou o poder e prendeu o único líder popular. Nossa obrigação mínima agora, é enfrentar os zumbis nas mesas de restaurantes, bares, nos balcões de padarias, nos táxis, nas casas de “amigos” coxinhas.  Vamos soltar o verbo que ainda é livre.

  4. Resistência….

    Pelo Amor de Deus (para quem Nele acredita), construamos um País, uma Nação, um Estado. E não mais uma farsa. Novamente 40 anos desperdiçados. O Estado Brasileiro é este que esta aí mancomunado com 40 anos Redemocratas. 15 dos quais petistas. A tal Elite Esquerdopata, deitou e rolou. Onde estão a defender seu Mestre? Franklin e Leitão a ‘dolarizar’ e ‘americanizar’ mentiras como se fossem verdades. Ciro esperando ver o que cai do pé. Kfouri e Trajano a cuspir nos tais Barões da Mídia, trabalhando por meio século para Fria’s, Civitta’s ou Marinho’s. Vacarezza a legitimar sua fortuna escondida, após alguns ‘anos de cana’ e sua abnegação a Kassab. Marta jurando lealdade a Channel e Dior, em sua nova Pátria. Marina entre Vieira Souto e Europa, em Jatinho Cessna C ita(u)tion…E Nós, continuando no Transporte Público-Senzala Lotado de Baratas e Lavouras, na extorsão de quatro reais e cinquenta centavos, sem poder abrir o bico. Bico calado por defesa intransigente de Haddad’s, Dória’s, Mende’s, desta maravilha de serviço de locomoção/sauna/academia de ginástica. 40 anos de Melhorias. Para nosso bem, é claro. Nós que não entendemos a mensagem. (P.S. não venham com não saber aproveitar da ‘merda’ em que vivemos, só por que antes não tinha ‘merda’ para todo mundo) abs. 

  5. Rajadas nos Pés

    Ciro Gomes, Wanderley e PHA, pensando-se as últimas bolachas do pacote de ‘esperteza & inteligência política’, do Brasil, comportam-se piores que adestradores e adestrados, fascistas amarelos CBF-Globo, nesse triste papel de lépidos oportunistas de ocasião, que resolveram representar.

    Coitados, não aprenderam nada.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome