Governo Central tem superávit primário de R$ 28,8 bilhões

Jornal GGN – O Governo Central apresentou superávit primário de R$ 28,8 bilhões em novembro. NO mês anterior o superávit foi de R$ 5,6 bilhões. Os dados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional.

No Governo Central estão reunidas as contas do Tesouro Nacional, INSS e Banco Central. Graças a este resultado o superávit acumulado no ano está em R$ 62,418 bilhões. Um aumento de 3,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com a divulgação esta melhora foi favorecida pelo ingresso de receitas do Refis (parcelamento de débitos tributários) que somaram R$20,3 bilhões e o bônus de assinatura do leilão do campo de Libra no valor de R$ 15 bilhões.  Com este resultado as contas do Tesouro tiveram superávit de R$ 34,179 bilhões e no acumulado do ano o resultado positivo é de R$ 118,758 bilhões.

Em contrapartida, a Previdência teve déficit primário de R$ 4,983 bilhões em novembro e acumula no ano déficit de R$ 55,309 bilhões.

As contas do Banco Central também fecharam em déficit em novembro com resultado negativo de R$ 346 milhões e no acumulado do ano o déficit é de R$ 1,030 bilhão.

O esforço fiscal do Governo Central caiu de 1,50% do PIB de janeiro a novembro de 2012 para 1,43% do PIB no mesmo período deste ano.

Em relação ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), os investimentos somaram R$ 40,2 bilhões no acumulado do ano até novembro. Houve um crescimento de 12,8% em relação ao mesmo período de 2012. Já os investimentos globais estão num ritmo menor, somaram R$ 58,4 bilhões de janeiro a novembro, o que representa uma alta de 6,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome