fbpx
sexta-feira, dezembro 6, 2019
  • Carregando...
    Início Tags Maíra vasconcelos

    Tag: maíra vasconcelos

    A vida não permite outro rasgo a não ser pertencê-la, por Maíra Vasconcelos

    Ouvi dizer que para encontrar fantasia e realidade, a poesia cava com as mãos, o corpo, os olhos, principalmente.

    Palavra novinha nasce assim, a gente finge que o inverno passado nunca existiu, por...

    Ouvi dizer que todos esses movimentos absurdamente irregulares são apenas a própria pulsão.

    As ruínas de um jardim que nunca aconteceu, se as flores sempre estiveram pisadas,...

    Depois, dois ou três textos expressam aqui no jornal o que não mais irá ser visto até o próximo inverno.

    A voz do vendedor da esquina não sairia nos jornais, por Maíra Vasconcelos

    Não sei o seu nome. Ouvi dizer que a voz do vendedor da esquina foi ecoada no tempo: a família perpetuou sua memória.

    O jornal é demasiado factível, a nossa diferença é a fantasia, por Maíra Vasconcelos

    A voz literária pode virar eco no tempo. Mas nada disso é certeza alguma. A voz renasce ou também não renasce.

    E os pássaros mortos saem todos voando da frente de meus olhos, por Maíra...

    Quantas vozes cabem dentro de uma mão escritora? Quando falo de vozes também minto. A minha voz precisa mentir e desmentir muito, ir e vir, porque não há de se cultivar dependências alheias.

    Apenas sordidamente humanos com um espelho nas mãos, por Maíra Vasconcelos

    A contemporaneidade não permite apenas um rosto, de tudo o que se vê refletido, quebrado, anulado e apagado para voltar a se refazer.

    Disseram que matariam vários pássaros esta manhã, por Maíra Vasconcelos

    Estão dizendo e realmente cumprem com tudo. Já não há aquilo do que não sejam capazes, dispõem de meios cada vez mais precisos. Sempre com hora certa.

    Escrita de inverno, por Maíra Vasconcelos

    Há anos estreio neste jornal o que ainda não saiu de trás das cortinas. Não são os fantasmas que me seguram, ou talvez, sim. Existem lugares que nos permitem ver melhor.

    De uma escrita no inverno II, por Maíra Vasconcelos

    Aqui não há vivalma. Tudo se parece a um espaço enorme e cinza, ou um lugar apenas nublado como dias de inverno.

    De uma escrita no inverno, por Maíra Vasconcelos

    Achei que correndo chegaria, e foi o que aconteceu. Se repetir frases demais, o texto pode ficar pobre, dizem. Mas a falta pode ser a busca.

    Notícias de inverno, por Maíra Vasconcelos

    Dizem que entre o fim e o início das estações, algumas coisas se repetem, outras não. Durante o inverno isso poderá ser verificado.

    A vida que há VI, por Maíra Vasconcelos

    Minha vizinha diz que o melhor é não sair de casa: não se deve forçar a voz. É como ficar presa dentro de si mesma, igual pássaro dentro da gaiola. Se sai algum canto, é melancólico de dar dó.

    Ainda é outono, por Maíra Vasconcelos

    As folhas secas são tantas e contínuas cobrem a cidade inteira. Aquele outono terminaria, mais uma vez, sem nunca chegar a ser realmente apagado.

    O silêncio que fala, ainda mais, por Maíra Vasconcelos

    Dizer por favor não atire. Silenciar falar, ainda mais. Dizer por favor é necessário deixar viver, ainda mais.

    “paixão do mundo, poema”, por Maíra Vasconcelos

    Juan Gelman – como é difícil, às vezes, reencontrar o fio de atração de uma escrita que nunca deixa de estar presente

    Quando ainda é outono, por Maíra Vasconcelos

    O silêncio é aberto e inclusivo demais, e nele caberá todas as fortunas e mazelas daquilo que se observa.

    “e não escrevi esse poema do outono”, de Juan Gelman

    Enquanto as cores das folhas enchem de presença todos os lados da cidade, todos os lados que estão fora das casas.

    O poeta e o diálogo com o tempo III, por Maíra Vasconcelos

    Pensar sobre o próprio tempo pode ser também colocar-se literalmente neste entre-tempo, neste ir e vir permanentes. Isso é situação possível na vida de poetas e escritores.

    O poeta e seu diálogo com o tempo, por Maíra Vasconcelos

    A busca do poeta e do escritor junto ao tempo acontece em função da própria escrita

    Mais comentados

    Últimas notícias