FAB envia brigadistas ao Chile

Por Paulo F.

Da Reuters/ Folha.com

FAB envia avião com brigadistas para combater incêndio no Chile

SÃO PAULO, 8 Jan (Reuters) – A Força Aérea Brasileira (FAB) enviou ao Chile um avião com 50 brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que ajudarão no combate a mais de 50 focos de incêndio naquele país, informou a FAB em comunicado neste domingo.

A aeronave C-130 Hércules decolou da Base Aérea de Brasília na noite de sábado em direção a Concepción. A cidade, que fica a cerca de 500 quilômetros ao sul da capital Santiago, faz parte da região de BíoBío, uma das mais atingidas pelos incêndios dos últimos dias.

Os brigadistas ficarão cerca de 20 dias no Chile para ajudar no combate, no planejamento e na prevenção de incêndios.

“Caso as autoridades chilenas solicitarem prorrogação, há disposição para atender”, disse o chefe do Centro Especializado do Sistema Nacional de Prevenção e Combate de Incêndios Florestais do Ibama, José Carlos Mendes de Morais, no comunicado da FAB.

O grupo leva a experiência de ter combatido incêndios florestais de grandes proporções, como os que atingiram o Estado de Roraima em 1998 e 2002.

O apoio do Brasil ao Chile conta ainda com a ajuda da Defesa Civil, que arcará com os custos de diárias para os profissionais, e com o Ministério das Relações Exteriores, que coordena as ações.

No Chile, os focos de incêndio se intensificaram nos últimos dias. Na sexta-feira, um incêndio causou seis mortes, todas de bombeiros, além de deixar quatro feridos e dois desaparecidos.

Nos últimos dez dias, mais de 50 incêndios queimaram 50 mil hectares de florestas, segundo a nota da FAB. As áreas mais afetadas, além de Bío-Bío, são Maule e Araucanie, localizadas a 500 e 700 quilômetros de Santiago.

(Reportagem de Fabio Couto e Mariane Pinho)

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome