TV GGN: A lavagem de provas pela Lava Jato, por Luis Nassif

Como Dallagnol tentou legalizar provas irregulares e foi desmascarado pela Vaza Jato. E, agora, investem contra os críticos reiterando abusos.

Jornal GGN – Como Dallagnol tentou legalizar provas irregulares e foi desmascarado pela Vaza Jato. E, agora, investem contra os críticos reiterando abusos. A selvageria foi instalada no país. Se Rodrigo Janot tem sua casa revirada pela Polícia Federal, está experimentando de seu próprio remédio ou os abusos continuam no país? Não adianta fazer com que os abusos agora sejam cometidos por quem os cometeu anteriormente, é preciso que o país recupere seu rumo de respeito às garantias e leis. Um bando de irresponsáveis tomou conta do cenário nacional, agora é tempo de retornar à normalidade.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  MPF em Curitiba força elo entre sítio e Oi para justificar ação contra Lulinha

14 comentários

  1. De fato!
    Se lavar dinheiro de origem ilícita é crime, lavar e esquentar prova obtida ilicitamente do exterior, fato praticado por agente estatal que veste uma beca, é uma baita e criminosa fraude administrativa e processual. Esses caras sao de uma torpeza absurda; é evidente que, sob o argumento do combate à corrupção, eles mesmos eram os maiores corruptos a procura de mais poder. São pessoas que, por se acharem superiores, se veem com carta branca pra fraudar, corromper; convenientemente acreditam que suas ambições são sempre legítimas, já que se apresentam como salvadores da pátria, embora adorem salvar milhares de “K” pro próprio bolso…

    13
  2. O líder da lava jato é o sentimento do ódio, difuso porem, apesar do endeusamento do moro não existe chefe, imprensa mp força tarefa podem dissociar-se a qualquer mudança e ameaça.
    Janot, aquele que era a esperança descartado e defendido apenas por quem preza o estado de direito, cadê os seus de um tempo recente?
    O tipo de imprensa politiqueira e venal a fingir que nada teve de corresponsabilidade.
    A justiça, cega nas conveniência troca as conveniências.
    Pergunto eu: quem determina os próximos passos a não ser: SALVE-SE QUEM PUDER?

  3. Pra mim este sabotador da pátria deu foi um tiro no pé. Estava morto de saudades de aparecer na mídia que se embrulhou todo ao confessar o seu crime. Acontece que eu acho que nem o crime que confessou ele cometeu. Este calhorda covarde ao cúmulo não te coragem pra fazer que disse que fez. Quis aparecer e se deu mal. que ele tenha coragem de dar um tiro no Gilmar, até pode ser. Mas se suicidar, nem a pau, Juvenal. que vá es exibir assim na cadeia que sempre mereceu.

  4. O ódio disseminado em nosso país tem raizes lá atrás citando como exemplo o futebol que passou a ter torcida única por conta disso. Não creio que se possa mudar isso tão cedo até porque os exemplos não são bons. Não há luz no fim do túnel em nosso país.

  5. Lava jato, Sérgio Moro, Delatan Dallagnol e procuradores, “O FEITTIÇO VIROU CONTRA OS FETICEIROS”, tudo está vindo a tona, principalmente depois das declarações de Rodrigo Janot, ou seja, tudo foi armado por esta quadrilha, ainda temos um ministro da injustiça no governo Bolsonaro.

  6. Apergunta é: QUAL FOI O CRIME QUE A QUADRILHA moro, dalagnol, globo NÃO COMETEU?
    Tudo ali foi criminoso.
    Tudo para destruir o enorme LULA, entregar a Petrobras e destruir empreiteiras que concorriam com construtoras americanas.
    Destruíram o judiciário.
    Prejuízo de trilhões de reais ao país.
    Qual o crime que está quadrilha não cometeu?

  7. Pra mim, ele está lavando provas e relatórios incriminadores para membros de algum grupo (o próprio judiciário?). Quer prova mais dentro da legalidade que aquela apreendida por mandato judicial? Alguém consegue imaginar o conteúdo dos computares/ e-mails do Janot? Pode ser eventualmente acusado de haver prevaricado, mas para isso também há saídas. Pra mim, se ele não estiver trelelé de tanto tomar gin e whisky, ainda esta jogando…

  8. Como disse o Nassif: ” A tranquilidade que o Janot manifesta ao falar que ia matar alguém dentro do STF, um ano depois do que seria a tentativa, é o que assusta mais, porque quer dizer que mesmo pensando melhor, o cara assumiu como natural e muito decente o ato que pretendia praticar. E aparentemente o mesmo se dá com todos aqueles pilantras da Lava Jato, porque nenhum deles manifesta qualquer atitude de conserto para o que fizeram. Ao contrário, parecem estar colocando ainda mais lenha na fogueira. Sobretudo o evangélico carola com nome de purgante. A sociedade parece estar caminhando para uma profunda desagregação e isso não resulta nunca em coisa boa

  9. Li, no blog 247, onde infelizmente não consigo fazer publicar comentários e nem vejo comentários de outros, que o filho de Teori Zavaski está duvidando que a morte de seu pai tenha sido causada por um acidente…tudo porque o Janota confessou que queria matar o Gilmar. Bem, é até lógico seu raciocínio: se confessou-se a intenção de matar um ministro, por que não matariam outro que, no caso, provavelmente seria empecilho para que Moro continuasse usando métodos delinquentes para perseguir petistas, especialmente Lula. Métodos delinquentes contestados até pela Interpol, diga-se de passagem. Afinal, se Teori deu um puxão de orelhas público em Moro, dizendo que foi crime gravar e vazar conversa telefônica entre a Presidenta da República e Lula, e se Moro pediu desculpas por tal crime, reconhecendo que agiu criminosamente, eis que não contestou Teori, era óbvio ululante que Moro não poderia continuar delinquindo e Teori tinha que sair de cena para que Moro não viesse a ser afastado da lavajato. E daí aconteceu o (ENTRE ASPAS) “ACIDENTE”…E MORO PÔDE CONTINUAR DELINQUINDO AO PONTO DE CONDENAR LULA COM AQUELA SENTENÇA PORCARIA QUE O ENCARDIDO MORO RABISCOU. Ou seja: como ensinado pelo idiota dalagnol, não é preciso ter prova pois basta convicção, mas tenho convicção de que alguém mandou matar Teori. E daí, quem foi o grande beneficiado com a morte de Teori? Moro, claro. Quem continuou delinquindo? Moro, claro….e vai ficar tudo por isso mesmo? Se o verme já foi chamado de criminoso tanto por Teori como pelo também ministro Marco Aurélio, POR QUE NÃO PODERIA SER CHAMADO TAMBÉM DE ASSASSINO? Afinal…

  10. Isso é muito bonito, mas, não tem efetividade nenhuma. O STF que teria o poder de acabar de vez com essa quadrilha, nem ao menos se move e quando se move, é como tartaruga, alguns deles fazem críticas ao sistema dessa ORCRIM, mas, fica nisso. O próprio presidente dos capas pretas, já está achando “jurisprudência”, ou sei lá o cambalacho jurídico que irá encontrar, para que tudo seja mexido e que fique tudo como sempre esteve, assim como escreve Lampedusa, sobre o príncipe Falconeri em Gatopardo, brilhantemente encenado por Luchino Visconti. Um dos melhores filmes feito no século passado, e que deixa claro as intenções maquiavélicas de que o mal deve-se fazer de uma só vez, arrebatador, e o bem, ao poucos, bem aos poucos, ou quase nada. Estamos esperando o quê, gente! Apodrecermos? Bacurau está ai para ensinar e como fazê-lo, basta vontade e atitude. Na base do diálogo com esse bando de parlapatões, não se vai chegar a lugar nenhum, que me desculpe o nosso grande Nassif, que aliás, tenho uma consideração notável como leitor que sou de suas colunas, ou comentários.

  11. A selvageria só vai terminar na hora que as massas organizadas entrarem em cena como ator político. Enquanto ficarmos em acertos “de cúpula” essa situação perdurará.

    A pauta é óbvia: FORA BOLSONARO, LULA LIVRE, FORA WITZEL, FIM DA PM.

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome