newsletter

Evaldo Braga, o cantor que partiu cedo

Nassif!

Vou postar o documentário sobre a Vida de um dos nossos maiores cantores, que tragicamente faleceu em acidente automobilístico em 1973, Evaldo Braga, conhecido como o Ídolo Negro.

Evaldo Braga (Campos dos Goytacazes, 1948 — Três Rios, 31 de janeiro de 1973) foi um cantor e compositor brasileiro do estilo popular.

[editar] Biografia

Evaldo Braga não teve pais conhecidos, tendo sido criado em um orfanato fluminense, juntamente com o ex-jogador Dadá Maravilha. Sua mãe, uma prostituta da cidade de Campos, o abandonou numa lata de lixo. Foi nela que se inspirou para compor seu maior sucesso, "Eu Não Sou Lixo". Boêmio, alcoólatra, morreu em um acidente automobilístico na BR-3 (Rio-Juiz de Fora), ocupando um Volkswagen TL, após tentativa de ultrapassagem forçada segundo populares. Importante ressaltar que no momento do acidente, Evaldo Braga não dirigia o carro, mas seu motorista. Seu túmulo é um dos mais visitados no feriado de Finados no Cemitério do Caju, Rio de Janeiro.

Trabalhou por muito tempo como engraxate, nas portas de rádios e gravadoras. Com esta ocupação conheceu diversos artistas; entre os quais Nilton César, que ofereceu-lhe a primeira chance de emprego no meio artístico, como seu divulgador. Com isso, conheceu Edson Wander e apareceu pela primeira vez no ramo musical, compondo "Areia no meu Caminho" juntamente com Reginaldo José Ulisses. A música foi gravada pelo cantor Edson Wander em seu primeiro disco, "Canto ao Canto de Edson Wander", em 1968, e estourou nas paradas brasileiras, chegando a superar artistas do porte de Roberto Carlos. Com isso conheceu o produtor e compositor Osmar Navarro, que o convidou para gravar um disco na gravadora Polydor. Posteriormente teve músicas gravadas por Paulo Sérgio, um dos artistas que muito o ajudou no mercado musical.

Na música, celebrizou-se em 1969, no estilo "dor-de-cotovelo", tendo firmado parceria com compositores como Carmem Lúcia, Pantera, Isaías Souza e outros. Apresentava-se frequentemente no programa a Discoteca do Chacrinha. Seus maiores sucessos foram "Eu Não Sou Lixo", "Nunca Mais", "A Cruz que Carrego", "Mentira", "Sorria, Sorria", entre outros.

Foi homenageado com um disco em que artistas como Flor, Canarinhas de Petrópolis dentre outros, faziam duetos com o proprio de cujus.

Fonte: Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Evaldo_Braga 

Vídeos

Veja o vídeo
Veja o vídeo
Veja o vídeo
Média: 5 (6 votos)

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Francisco Viana
Francisco Viana

Evaldo Braga, nosso eterno ídolo negro

Meu nome é Francisco Viana, moro em Campinas. Sou um dos milhões de fãs que o Evaldo deixou, sofrendo de muita saudade... o Ìdolo Negro nos deixou quando eu ainda era criança, mas até hoje, com 51 anos de idade, lamento essa perda irreparável para a cultura popular do nosso país e para a nossa música, visto que Evaldo, mesmo ainda não tendo muita noção da sua importância para nossa música, pois seu sucesso foi rápido e intenso como um cometa, nos fez muito felizes e deu à música brasileira um novo estilo, amado e adorado pelo povo de todo nosso país.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
+35 comentários

Obrigado mesmo, saber saber que existe muita gente que se lembra deste cantor, pois realmente êle era o nosso ídolo, nos encantou com suas canções, pena que faleceu muito cedo, mas deixou para nós suas canções imortalizadas. Por tanto Evaldo sempre será lembrado por nós.

 

Se Desejar publicar. sinta-se a vontade. sou menino, tenho 45 anos anos, estou escrevendo ouvindo EVALDO BRAGA no último volume. ''NÃO VOU CHORAR' a vida é efémera e todos nós nascemos da terra  ALGUNS FORAM CRIADOS POR PAIS E MÃES OUTORS POR BONDOSAS FREIRAS, E BOAS MÃES OUTROS EU NÃO SEI, oque quero falar é simples a vida é passageira DEUS ASSIM QUIS E EU RESPEITO SUA VONTADE, temos que ser útil pois o tempo é demais pequeno, obrigado

 

Eu sou cantor, e gosto muito de interpretar Evaldo Braga. Nos shows, sou muito aplaudido, quando canto as músicas desse gênio.  Do qual, sou admirador número um. 

 

Gostaria de parabenizar a todos que se envolveram para trazer ao povo Brasileiro, o documentário de Evaldo Braga. Estou muito feliz com a matéria, e fiquei muito emocionado sobre sua vida e sua trajetória de vida.Tinha Dez anos de idade na época, quando soube da trajédia. Chorei muito neste dia, pois a pequena cidade de Pão de Açucar no Estado das Alagoas, curtiam bastante.Talvez ele não tivesse irmão, e parentes por perto no dia do seu enterro. Mas as lágrimas a tristeza de todos os seus fãs, foi a resposta de verdadeiros irmãos que ele deixou. Suas músicas até hoje, faz atravessar corações e emocionar a quem de fato gosta de uma verdadeira letra. De fato concordo com o amigo que disse que na época era grande sucesso, e que hoje é considerado brega, mas é muito melhor brega do que letras compostas hoje em dia, que para mim é verdadeiramente um LIXO.Que Deus conceda a graça de Evaldo estar,na presença dos anjos e santos recebendo o Amor, Carinho, Alegria e Paz do qual tentou encontrar aqui na terra. Enquanto eu viver,ouvirei sempre suas músicas, passarei para meus filhos e netos, dos quais já curtem!!!  Beijos no coraçao a todos fãs...

 
 

 Incomparavel!!!!!!!!!!nao existirá outro igual que saudades,saurades...........

 

um cantor unico .que canta com seu sentimento expresado na suas musicas .tenho 46 anos .tem hora ouvindo suas musicas .me mociono ;pelo o que passou na sua carrera .[que foi curta. mais si na vida que levou quando criança. e  muito triste e ele levava para sua vida e transformava letras para suas musicas fique com deus evaldo .............. 

 

Eu fico muito gratificante como se Evaldo Braga fosse uma pessoa de minha família, não por se tornar uma pessoa famosa! E sim, por um passado de infância tão triste e que  soube superar. Quanto aos elogios e mensagens postados aqui, para comentar sob uma vida que se foi há 39 anos atrás, mas continua viva na memória de todos nós, e também daqueles que não tiveram oportunidade de alcançar, mas também reconhecem através de suas lindas musica que escutam bem pouco  no rádio. É pena que que este cantor se acabou tão jovem encurtando toda sua trajetória o que hoje estaria contando uma grande historia de sua vida profissional, se tivesse vivo.

 

Evaldo Braga, começou a cantar ainda muito jovem, mas a sua carreira foi interrompida por uma tragédia que abalou o país. O Brasil perdeu um de seus maiores cantores. Não consigo entender porque eles partem tão jovem:Evaldo Braga, Gonzaguinha, Cel. Ludugero, Paulo Sérgio, Marcio greik, etc.

Outros grandes artistas deixaram a vida artistica: Carlos Gonzaga, Nelson Ned. Outros desmontaram seu grupo: Trio Mossoró, os Incríveis, etc.

Quem não sente saudades de Waldique Soriano, Luiz Gonzaga, Teixeirinha, Altemar Dutra, Núbia Lafayete, Nelson Gonçalves, Marinês, Zé Gonzaga, e tantos outros.

Muitos novos artistas tem surgido, mas sem muita qualidade musical. Quando cantam bem, a música não presta. Por isto, nossos grandes ídolos continuam insubistituieis.

Outro problema é que as rádios as TVs dificilmente divulgam estes artistas fazendo com que eles caim no esquecimento mais sedo do que o esperado. Lamentável.

Antonio dos Santos de Oliveira Lima

Radialista/Rádio FM Comunitária 6 de Abril/Cruz-CE

 

neste momento estou escutando-o, o duro é hoje ouvir estas porcarias de funk, hoje qualquer mané é cantor, música é letra e arranjo como as de evaldo braga, DEUS O TENHA.

 

ME LEMBRO VAGAMENTE DESTE CANTOR.....EI TINHA UNS 3 4 ANOS QUANDO MINHA AVÓ,QUE ERA FEIRANTE OUVIA SUAS MUSICAS,,,,,E HOJE OUÇO AS MUSICAS DO MESMO.NÃO SABIA DA SUA HISTORIA TRAGICA,,,E É UMA PENA ESTAS MUSICAS NÃO SEREM REGRAVADA....PARABÉNS PELA INFORMAÇÃO;

 

sou fãn do Inesquecivel Jessé

e tenho 16 disco que ele fez muito sucessos

ate os tempos de hoje que pena que foi tao cedo

 

    a que saúdade daquela musica chamando se porto solidao foi seu maior sucessos

mais cada um tem seus idolos prediretos isso eu admiro muito meus parabens

continua sempre assim ok

 

que Deus abençoa todos precipalmente os nossos idolos

do passado que nunca mais vai volta amem

 

oi tenho 37 não conheci Evaldo Braga meu pai fala que ele seri um sucesso pena que partiu muito cedo .

 Hoje  eu escuto  agumas musica dele no meu computador elas são lindas .

 

Tenho 30 anos e não conheci o Evaldo Braga. Mais adoro suas musicas porque minha mãe até hoje é sua  fã, ela sempre teve vontade de conhece-lo pena que isso jamais vai acontecer só resta a saudade e continuar ouvindo as suas otimas musicas, que devia passa no rádio para que as novas gerações podecem ouvi e sentir tocar na alma o que diz as letras das musicas SAUDADE ETERMA !!! meu nome é Eliane de Muritiba Bahia

 

Evaldo Braga era mesmo um grande cantor que pena que morrreu cedo demais tenho 33 anos não conheci o Evaldo braga somente através dos discos antigos que minha mãe tem dele ate hoje mesmo assim vejo que era um otimo cantor que tinha uma linda voz ate hoje não apareceu um cantoe como ele gostaria de ver a história de Evaldo braga sendo encenada na telwvisão para que muitos que não po conheceram venham a conhecer

 

Tenho 47 anos de idade, sou um grande admirador deste " Diamante Negro" o inesquecível Evaldo Braga. Me emociono ao ouvir as suas música, as quais  tem letras........................!

 

 Meu nome por coincidencia é Evaldo também, me recordo quando criança ainda minha mãe ouvia Evaldo Braga no rádio e dizia que era me chará. Cresci e nunca me esqueci disso, até comprei um cd de Evaldo Braga e passei a gostar e admirar mais ainda sua voz e sua musica. É realmente uma voz espetacular, comparo sua voz a de Nelson Gonçalves também. Hoje tenho 43 e defendo os artistas de epóvas passadas como Evaldo Braga e outros. Viva os prepulsores da boa musica!!!!

 

tenho  53 anos desde quando ouvir as musicas de o maior cantor que                                          

canta cantava sua vida na realidade a minha foi péssima mais a dele foi pior 

que a minha abandonado numa lata de lixo quando começei te ouvir tinha

13 anos obrigado Evaldo por deixado tantas coisas boas pra gente 

ouvir ate hoje.

          meu nome 

 

           Geraldo ferreira da silva

             Minas novas Mg

 

Tenho 53 anos desde quando ouvir as musicas de o maior cantor que canta cantava sua vida na realidade a minha foi péssima mais a dele foi pior que a minha abandonado numa lata de lixo quando começei te ouvir tinha 13 anos obrigado Evaldo por deixado tantas coisas boas pra gente ouvir ate hoje. meu nome Geraldo ferreira da silva Minas novas Mg.

 

Evaldo Braga, apesar de ter falecido muito novo, para mim foi um dos maiores cantores que já apareceram até hoje, é do meu tempo de jovem guarda, tinha um timbre de vóz que acho que nenhum cantor conseguiu até hoje. uma pena ter morrido cedo demais, porque sem duvida nenhuma foi um idolo, admirado pelos cantores da epoca.

 

Lembro-me de trabalhar ouvindo Evaldo Braga no ultimo volume, era fã incondicional. chorei muito

na morte dele. Sinto muita saudades.!!!!!!

 

Evaldo braga foi e sera um iconi da musica brasileira

adoro todas as suas musicas,foi e deichou muitas saudades!!!

saudoso evaldo eu te adorava!!

 

Moro atualmente no Rio de Janeiro, mas sou do interior de Pernembuco da cidade de Surubim.

Quando criança, ouvia muito o Evaldo Braga nas festas de São Sebastião, das quais sinto muita saudade!

Aprendi a cantar praticamente todas as suas músicas e mesmo prestes a completar (50) anos de idade, consigo lembar de todas.

Quanta falta tudo isso me faz!!

Ah se o tempo podesse voltar...!!!!

Abs. a todos que curtem como eu.

Edivane

 

olá, sou um dos realizadores do documentário, foi nosso projeto final de faculdade (rádio&tv-ufmg)

na época tinhamos feito também uma web, e dado o sucesso recente do documentário no youtube (média das 3 partes: 47 mil exibições)   decidi reciclar todo o material da nossa pesquisa e fazer um site 2.0

bueno, cá está: www.evaldobraga.com

valeu Alexandre, valeu Nassif

saludo a todos

 

gostava de ir ao parque,e tanbem no circos, só pra ouvir a musicas de Evaldo..

 

evaldo  deichou  muinta  saudade  eu  tinha  apenas  9  anos  e ja  ouvia  musica dele  jamais  vai  aparecer outro  candor  brega  iqual  a  ele  

 

pra  mim  evaldo  foi e  sempre   sera  o  maior  cantor  da  musica  brega  do  brasil  deichou   saudades   quando  ele   morreu  eu  tinha  apenas    9 anos  e  ja  curia  as musicas  dele

 

Lembro do Evaldo Braga no início da década de 70, fazendo sucesso, eu de passagem da infância para a adolescência, adorava suas músicas, aliás as escuto até hoje, músicas que mexem com os nossos sentimentos, lamentável que tenha morrido tão cedo, de forma tão trágica.... Sua voz era bem afinada, combinava com as melodias.... Gosto de todas suas músicas, tenho CDs no carro e sempre que saio não canso de escutá-las, principalmente Só quero e Sorria, sorria.... Serei eternamente seu fã.

 

me chamo jorge Lopes e tenho 28 anos e comecei a escutar as musicas de Evaldo Braga a 3 anos atrás.

O Cantos tinha uma das mais lindas vozes, fora é exemplo de superação para muitos que hoje em dia reclamam da vida.

Infelizmente concordo com o comentário dos amigos sobre a musica popular Brasileira.

O Estilo Romantico foi colocado como Brega pela geração atual, porém as pessoas esquecem que estas pessoas consideradas "Bregas" abriram as portas para os demais que hoje estão na mídia.

A Música Popular Brasileira esta ridicularizada com toda essa poluição sonora!

Parabéns ao criado do tópico e pela homenagem prestada

 

Meu nome é Márcio,tenho 34 anos,sou músico,gosto muito de MPB e o que posso dizer no dia de hoje -08/08/2010 - o cara era fantástico.Se levar-mos em conta que na epoca não existia muitos recursos de eletronicos em estudios ou mesmo fora deles.O cara ere o exemplo de dom,exemplo de qualidade.

A qualidade vocal do Evaldo era algo tremendo,uma voz poderosa mas super afinada,um timbre  bonito e diferenciado.

E uma pena que não teremos chance nunca mais de ouvir alguma música nova deste otimo artista.

 

Conheci o Evaldo sob a alcunha de "O Rei Negro" através de um tio que cresceu em Mariana, MG. Diz ele que a boemia da cidade, leia-se: os bordéis, ficou com cara de velório na ocasião da morte do Evaldo, e não teve peão que não sentiu uma fisgada no peito, que foi uma tristeza só. Meu tio é operário da construção civil e a identificação dele com o músico é tamanha, que até hoje que ele jura e defende batendo no peito que o Evaldo põe cantor de hoje no chinelo, inclusive o Rei Branco, Roberto Carlos.

Acho que ele era mais próximo e identificava muito mais essa gente do que um Simonal, por exemplo.

 

Ouvia no "coreto" da cidade onde nasci e cresci.

Voz boa.

Soube que morreu num acidente.

Vi até a foto no jornal.

Uma TL que bateu numa carreta.

Que voz boa e como sabia cantar.

Morreu muito cedo.

 

 

Lembro dele cantando 'SORRIA".

 

Uma voz bonita, fez muito sucesso, e um fim trágico.

 

Uma pena.

 

Nassif e pessoal!

     Emociona-me muito a história de superação de homem deste grande cantor brasileiro! Ser rejeitado pela mãe, viver em um orfanato e tornar-se um ídolo popular no Brasil em seu tempo.

     Pena que muitos nomes da nossa música popular sejam relegados ao ostracismo, esquecidos de todo da mídia e do brasileiro mais novo. Muitas vezes ouvimos dizer que atualmente não tem mais músicas bonitas, músicas que tocam o coração da gente e penso: será verdade ou será que músicas que tocam o coração não são mais do interesse dos programas de rádio e tv?

     Ouvimos músicas com letras, melodia e gosto duvidoso nos dias de hoje.  Onde ficam os talentos musicais de outrora e os de agora? Existem muitos por ai, sejam cantores populares, sejam cantores mais refinados ou eruditos, apenas com falta de espaço para expressarem sua arte para o povo brasileiro.     

     Legal que postou o documentário de Evaldo Braga, o Ídolo Negro!

     Abraço,

     Alexandre!

    

    

 

Como tantos outros artistas populares do Brasil, Evaldo Braga foi (e é) estigmatizado como brega.

Era um trágico, na vida e na obra, infelizmente curtas.