Amorim: É ingênuo pensar que EUA quer restabelecer a democracia na Venezuela

Interferência ilegítima e ameaçando uso de força pelos EUA, com a colaboração do governo de Jair Bolsonaro, pode amanhã chegar no Brasil, alerta o ex-chanceler

Foto: Reprodução Redes

Jornal GGN – O ex-chanceler Celso Amorim afirmou que se hoje a interferência dos Estados Unidos para a derrubada de Nicolás Maduro na Venezuela é forçada e ilegítima, contando com o apoio do governo brasileiro de Jair Bolsonaro, amanhã essa interferência dos norte-americanos com ameaças de uso de força pode chegar no Brasil.

A declaração foi dada por Amorim ao jornalista Jamil Chade, em entrevista exclusiva. Na conversa, o ex-Itamaraty nos governos de Lula e Dilma Rousseff também tratou de outros temas e polêmicas relacionado à maneira como Bolsonaro está conduzido as Relações Exteriores do país.

Mas sobre a Venezuela, Celso Amorim lembra que por detrás desse discurso de “democracia” dos Estados Unidos há interesses claros de geopolítica:

“O Brasil não pode aceitar um projeto de ‘mudança de regime’ patrocinado pela maior superpotência, baseado em uma concepção ultrapassada de ‘segurança hemisférica’ ou numa reedição da doutrina de Monroe, objeto de referências laudatórias do primeiro Secretário de Estado norte-americano no governo Trump, Rex Tillerson. Isso não significa isentar de críticas o governo Maduro”, manifestou.

Segundo Amorim, a decisão de Trump de reconhecer o parlamentar opositor Juan Guaidó como presidente legítimo faz parte do “regime change”.

“[As mudanças políticas na Venezuela] terão que vir pelo diálogo e não por gestos unilaterais, com forte inspiração de interesses exógenos, motivada por interesses geoestratégicos. Não esqueçamos que a Venezuela, detém a maior reserva provad de petróleo do mundo. É ingênuo quem pensa que o objetivo dos Estados Unidos é o de ‘restabelecer a democracia'”, criticou.

Para ele, o fato de o Brasil estar auxiliando os EUA nessa operação de “mudança imposta ou estimulada, inclusive com a ameaça do uso da força” é ultrapassar o princípio da não intervenção e o respeito à soberania. “Também está em jogo outro princípio inscrito na Constituição: a solução de conflitos pelo diálogo e pela negociação pacífica”, acrescentou.

Leia também:  São Paulo irá sediar Conferência Brasileira de Estudos Políticos sobre os Estados Unidos

“A opção do atual governo de seguir a decisão do presidente Trump não condiz com a nossa tradição de respeito à soberania e não intervenção em assuntos internos”, concluiu.

Outros temas foram tratados na entrevista de Celso Amorim a Jamil Chade, leia no blog do jornalista.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

13 comentários

  1. Celso Amorim foi o melhor chanceler do mundo. Hoje tal posto é ocupado por… Ernesto Araújo. Na era Lula eu podia dizer que era brasileiro a qualquer pessoa do planeta de cabeça erguida. Hoje tenho vergonha.

  2. O Brasil deixou se enterrar em 88 anos de Fascismo de Esquerda. A cabeça do Mundo tornou-se em rabo. A Liderança Natural das Américas e Referência Mundial aceitou a mediocridade. Mesmo na Redemocracia, descobrimos agora que não passou de farsa medíocre. Os Nomes e Personagens deste período são estes das Páginas Policiais. E tínhamos a Venezuela na nossa fronteira? Um país bilionário em metais e petróleo, sem campos para a produção de alimentos na agropecuária. E não expandimos s Agropecuária mais fantástica e sustentável do planeta financiada a PetroDólares Venezuelanos? Como pudemos ser tão imbecis?!!!! Poucas centenas de quilômetros separando todo o Norte Brasileiro ao Caribe, suas praias e seus portos?! Meio caminho rumo ao Hemisfério Norte e não construímos ferrovias e rodovias interligando os dois países? Como pudemos ser tão imbecis?!!!! Agora estamos pensando numa intervenção que de nada nos beneficiará e ainda permitirá Tropas NorteAmericanas nas nossas fronteiras? Tropas que já fazem o cercamento juntamente ao Chile, Colômbia e Guiana Inglesa? Como podemos ser tão imbecis?!!! 40 anos de Redemocracia, replicando 88 anos de Golpe Civil-Militar Fascista Caudilhista Esquerdopata. Cabeça que vira rabo. País de muito fácil explicação. Não nos faltam nem as penas (P.S. Sr. Amorim, de merecidos elogios. Mas neste assunto também deixou muito a desejar)

  3. Os EUA de Trump não tem como bandeira implantar democracia em lugar algum do mundo.
    A questão da Venezuela hoje não é essa. Poderia ser até um governo autoritario RAZOAVEL mas
    a realidade é que a Venezuela está hoje dominada por uma MILICIA de ladrões e traficantes
    que usam como disfarce a bandeira do socialismo para se legitimar, é o regime mais corrupto do planeta, Victor Vargas Irausquin, o banqueiro do chavismo, tem seis mansões pelo mundo, a de Palm Beach na Florida ele comprou em 2009 por 70 milhões de dolares, tem dois Boeings para transportar seus cavalos de polo, sua equipe propria fica numa estancia em Sotogrande na Espanha.

    • Já os banqueiros brasileiros, todos honestos e muito humanos, que atravessaram décadas de ditadura e décadas de “redemocratização” com seus bancos lucrando pouquíssimo, até para não explorar o povo brasileiro, são bem diferentes do banqueiro do chavismo. Aqui eles nunca tiveram privilégios.
      Os nossos banqueiros, além de serem honestos, estão todos pobres… paupérrimos.
      Devem ter propriedade, se tiverem, nas periferias das grandes cidades.

  4. Já tem imbecil dizendo que Maduro tem palácios todo lugar. Aqui diziam que o filho do Lula tinha fazendas e jatinhos. Parece que tem imbecil em todo lugar

  5. KKKKK….esqueceram de dizer que o ditador trump fez fortuna construindo prédios…e agora construindo muros….

    • Guaidó é presidente do Congresso da Venezuela, Haddad não tem cargo algum, Guaidó seria o primeiro na linha de sucessão se Maduro deixar de ser presidente.

  6. Dúvida: em relação a Venezuela, Trump sonha com que modelo? Invadir como Líbia (e bancos belgas piratearem $$ líbio?), usar modelo Iraque ? ou modelo Síria ou ainda modelos Chile ou Vietam??? ou talvez Yugoslavia, Coréia, e …?
    Comentário repetido ??? não entendi.

  7. :
    : * * * * 04:13 * * * * * : Eles (Ou Mal lutar é lutar mal)

    Nunca se viu povo tão idiota
    militando contra a própria sorte!…
    Mesmo toda paciência se esgota
    quando os “fracos” idolatram o “forte”.

    E ainda esperam alguma cota…
    Coitados! Que o tempo não lhes corte
    a memória em meio à tal rota
    da vida indo ainda mais para a morte…

    ……………………………. Cláudio Carvalho Fernandes
    ……………………………. (Poeta (anarcoexistencialista))

    Poema dedicado ao eleiTORADO brasileño, no pós-eleições de 2018…
    (Se é que não houve participação ativa da maquininha caixa-preta do TSE nos resultados de 2018…)

    :.:

    Poema “Z”

    Para Dilma, Lula e o PT e todos/as os/as progressistas do mundo inteiro. Sinta-se homenageado/a, também.

    Penso

    Logo(S)

    ReXisto

    :.:

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome