Conselho Federal da OAB pedirá impeachment de Michel Temer

Foto – RBA

do ConJur

Conselho Federal da OAB pedirá impeachment de Michel Temer

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil decidiu apresentar o segundo pedido de impeachment contra um presidente em menos de dois anos. No mesmo período de 2016 o colegiado debatia o afastamento da então presidente Dilma Rousseff, na reunião extraordinária deste sábado (20/5), o mandatário é Michel Temer.

O pedido foi aprovado com 25 votos favoráveis e 1 contrário (Amapá). A bancada do Acre não participou por falta de voos até Brasília. O documento será elaborado com base na delação premiada do empresário Joesley Batista, da JBS. O executivo gravou uma conversa com o presidente em que relata crimes que cometeu e pede favores junto à alta administração pública. Por exemplo, solicita a Temer que atue junto ao ministro da Fazenda Henrique Meirelles visando a nomeação de um novo presidente do Cade.

O embasamento técnico partiu de um relatório elaborado pela comissão especial constituída para analisar o tema. “Houveram possíveis atos de intercessão em favor de particulares, demonstrando favorecer interesses privados em detrimento do interesse público”, diz o grupo sobre a suposta influência sobre Meirelles.

O grupo entendeu que Temer atentou contra a moral pública ao receber o empresário no Palácio do Jaburu às 22h40. Também considerou grave o encontro não ter sido registrado na agenda oficial da Presidência e o fato de o presidente ter ouvido o relato de crimes cometidos pelo empresário e nada feito sobre esse assunto.

“Ao omitir-se de prestar informações, as quais chegaram a seu conhecimento pelo cargo que exercia, e, particularmente, pela influência que tal cargo carrega nas instituições, o Presidente da República teria incidido em ato ilegal, vez que, como servidor público, lhe é exigida conduta condizente com os princípios que regem a administração”, detalha o grupo.

Mais tempo
No início da sessão deste sábado, a defesa de Temer, feita pelo advogado Gustavo Guedes e pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS), pediu a suspensão do processo para ter mais tempo e avaliar as provas. Os defensores também afirmam que a gravação foi editada e precisa passar por perícia no Supremo Tribunal Federal, onde corre um inquérito contra o presidente por corrupção passiva e organização criminosa.

Leia também:  Flávio Bolsonaro confirma reunião com Marinho, mas nega vazamento sobre Furna da Onça

Os conselheiros afirmaram que Temer terá todo o processo de impeachmentpara se defender, e que a análise feita agora trata apenas do apoio à abertura do processo de investigação para eventual afastamento.Mas os conselheiros federais e os presidentes seccionais rejeitaram a proposta. Eles argumentaram que a discussão no Conselho Federal é uma deliberação sem valor jurídico, sendo desnecessário o prazo para apresentar mais fatos.

Mais um
O pedido de abertura de processo de impeachment da OAB se unirá a outros que foram apresentados na Câmara dos Deputados assim que os áudios das gravações feitas por Joesley Batista foram divulgados pela imprensa na última quarta-feira (17/5).

O primeiro partiu do deputado Alessandro Molon (Rede). Assim como o pedido do deputado, todos os outros apresentados usam como argumentos os áudios gravados pelo empresário da JBS.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

10 comentários

  1. Fica Temer!

    Se a Globo e a OAB são pelo fora Temer, é porque é melhor ele ficar.

    O que se quer é extinguir a liderança política do país e incorporá-lo aos EUA como Porto Rico.

  2. OAB?
    A mesma OAB que ajudou no golpe e depois alguns advogados deles, os do direito trabalhista, ficaram “preocupados” com a reforma trabalhista? Até parece que eles não sabiam que isso iria acontecer. Agora querem pagar de mocinhos. Eles deveriam pedir a anulação do impeachment e devolver o cargo para a pessoa que foi eleita. Fora disso só são atores dessa grande farsa que é o sistema democrático representativo.

    • Ronaldo, quando resolvi

      Ronaldo, quando resolvi comentar li que você tirou as palavras de minha boca, endosso todo o seu comentário. Essa OAB é desprezível.

  3. Só uma palavra: a OAB é

    Só uma palavra: a OAB é pro-mercado, aliada da banca e cúmplice dos golpistas. Organização para Afundar o Brasil. 

  4. Esse empenho da Globo em

    Esse empenho da Globo em derrubar Temer estáestranho,

    muito estranho…

    Se não houver eleeições diretas cairemos em 

    uma armadilha sinistra.

    Fora Temer, mas, eleições já!

     

  5. Temer

    Quer  dizer D. Pedro que o senhor quer ver o Brasil na mesma situação de Porto Rico? A Monarquia de D. pedro II foi melhor que o governo Temer, isto não quer dizer que sou monarquista,mas admiro um homem inteligente e culto.

    • temer….

      Já falaram sobre OAB, e endosso o que falaram, mas faltou dizer que é uma instituição ditatorial e corrupta. Nossas instituições civis são todas mancomunadas com tamanha corrupção e ditatorialmente constituídas. É a nossa farsa democrática de federações e confederações. Ditaduras de monopólios, da censura, do cabresto, as carterinhas, de eleições indiretas. E teremos democracia a partir de onde? CBF’s da vida fantasiadas de OAB, CREA, CRM’s ou outras facções. Então quando é certo e definitivo o naufragio, os primeiros a abandonar tal embarcação. Deveria ser a primeira instituição a pedir perdão. Guardiã civil do cumprimento das leis e da Constituição. Pelo menos deveria ser. Temer continua seu membro e mentor. Coincidência, Antonio Fleury também? Apesar de certo Massacre. Canalhas, os intestinos da nação estão expostos. Ratos em pele de cordeiro. Não enganam mais ninguém.   

    • Não

      Isso é o que os EUA e a elite compradora nacional quer, Márcia. 

      Trata-se de um movimento de decapitação de nossa liderança política, entregando-se o país a uma ditadura jurídicopolicial, para permitir sua anexação à metrópole na condição de neocolônia.

      Entendeu?

  6. A notícia correta é: depois
    A notícia correta é: depois de ajudar congressistas mafiosos a derrubar a honesta Dilma Rousseff, a OAB parou de apoiar o corrupto Michel Temer.

  7. A OAB deveria pedir era a prisão do meu zovo

    Esse elemento devia estar na prisão, não presidindo a Bananolândia. Quando acabar os Coxinhas Bananolandeses ficam embucetados quando a gente chama o Brasil de República das Bananas.

    Mas a gente enforca os pequenos ladrões e aponta os grandes para os altos postos de comando, isso desde Esopo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome